História Um amor perigoso - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Lysandre, Nina, Priya, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Exibições 38
Palavras 821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Musical (Songfic), Policial, Violência
Avisos: Álcool, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Descobertas


Fanfic / Fanfiction Um amor perigoso - Capítulo 3 - Descobertas

quando  chegamos na casa de campo  nuca tinha pensado que ele era rico..

mel: eii se você e fico por que mata as pessoas ??

lyss:  a matança de pessoas e passada por geração  em  em geração  em nossa família..

mel: então que está tentando me matar ??

lyss: eu não sei quem mando mais sei que foi uma garota de cabelo loiro e tambe parece que é  rica...

mel: você deve estar falando  da cobra.

lyss :por que voce chama ela de cobra 

mel: o nome dela de verdade e amber  e  como não  sou Boa em dar apelidos voce já deve saber....

lyss: da para ver.. ( ela pega e me dar um sorriso)

mel: vamos entra... ( eu pego e saio puxando para dentro da casa  o lugar era bem grande e limpo mais não  tinha nenhuma empregados )...

lyss: você pode ficar aqui até que eu resolvo o problema de sua morte  e tambem a empregada vem limpar aqui uma vez na semana...

mel: eii  se eu tiver que mudar meu nome eu não quero...

lyss: e por que não??

mel: esse nome foi o meu pai  que me deu quando ele morreu...

lyss: me desculpe  eu não sabia...

mel: não tem problema.. mais mudando de assunto como  nos estamos sozinhos vamos fazer oque?

lyss: que tal algo para comer??

mel: por mim tudo bem  mais quem chegar por último  e a mulher do padre que vai fazer a comida...

nos dois foi correndo para a cozinha mais quem ganho foi ele como eu não  conhecia a casa...

castiel on

eu tentava ligar no celular de lyss mais não conseguia

castiel: merda ele não atende.... eii me conta mais sobre essa tal de mel... ( eu estava apontando uma arma para ele )

polícia: oque eu sei é que ela matou o seu próprio  pai s.. ( interopido )

castiel: agora fala como ela o matou ???

polícia: eu não sei quando chegam na casa  ela estava segurando  uma faça então imaginamosque ela tinha sido obrigada aquilo mais nos estava enganada, quando tentamos pegar ela já tinha matado  os meus companheiro eu já te contei tudo  agora por favor não me mar eu ten......

castiel: todos dos a mesmas coisa  ( pego e atiro em sua cabeça ) que tem  uma familia( eu pego e saio do local do crime ) agora presiso lugar para o lyss para avisar sobre a garota..

lyss on

mel : e ai como está

lyss: esta o.. (  o meu celular toca mais uma vez  e era o castiel ) ....

mel : acho melhor voce atender...

lyss: você está certa..( eu pego e atendo  o celular )

celular on

lyss: castiel aconteceu alguma coisa??

castiel: me diga a garota que você pegou esta amarada??.

lyss: é claro por que essa pergunta??

castiel: por que ela e como no...eii lyss voce Est.. ( interopido )

mel: parece que você descobriu algo que não era para descobrir...

castiel: sua vagabunda a onde está o lyss ??

mel :.....ele está desmaiado no Chão...

castiel : se você fizer al...

mel : alguma coisa com ele eu estou morta certo...

castiel: que bom que você sabe... agora me fala oque você está  pretendendo fazer com ele sua vaca??

mel: não  vou fazer na ou eu vou eu não  sei agora xau xau.. ( eu pego e desligo o telefone)

castiel: eii esp.. ( ela já tinha desligado o telefone )

mel on

mel : como ela é  pesado... ( tanto levar ele para a cadeira mais próxima.  )  e agora o que vamos fazer com voce???

eu pego e Amaro a suas mão com um pano...

lyss:....(quando eu acordo estava amarado  em uma cadeira   tanto me soltar  mais não consigo)

mel:ohh então você acordou...

lyss: mel oque você está fazendo??

mel: nada demais sô pensei que eu poderia te tortura... ( eu estava segurando uma faça de cozinha )

lyss: mel voce não é  assim e eu sei disso..

mel: você já ouvio falar da criança que é suspeita de matar 10 polícia e o seu próprio pai ...

lyss: sim já ouvi mais que eu sei  que eles encontra em o verdadeiro assasino....

mel: ela não  era o verdadeiro assasino e só uma pessoa que meteu o nariz a onde não deveria então  eu jogei a culpa nele e tambem deixei um  polícia vivo ou ele deveria está vivo..

lyss:não me diga que a criança  de 10 anos era você??

mel:isso mesmo mais não se preucupe  eu não vou te matar sô quero dar um susto no seu amigo que matou o policial...

lyss: e com pretende fazer isso ??

mel : ainda não sei você  quer me ajudar ou não??

lyss: por mim tudo bem mais depois quero ouvir essa história direto entendeu...

mel : por mim tudo bem...

eu e lyss começamos a planejar uma brincadeira  com o amigo dele ...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...