História Um amor por acaso - Capítulo 41


Escrita por: ~

Exibições 193
Palavras 1.730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu atrasei com esse capítulo porque estou em semana de provas na escola. Desculpa mesmo. Eu tenho ido super mal nas matérias por conta de conversa. Eu não consigo prestar atenção nas explicações e me fodo no final. Minha mãe já me avisou que se eu reprovar, eu vou ficar 1 anos sem celular e sem computador. Então se eu demorar muito pra postar vocês já sabem...

Boa leitura ❤🍃🌈

Capítulo 41 - Surpresa. Parte 1.



Assim que o táxi para em frente à minha casa, pego minha carteira e dou um valor maior do que deveria ser pago.

 

-Fica com o troco. -Ele apenas sorri de lado e diz um: "Tenha uma boa noite". A madrugada está fria e silenciosa, idêntica a um filme de terror ou suspense. Adoro quando o clima fica assim. 

 

-Oque aconteceu, Lauren? -Minha mãe me pergunta assim que entro em casa. Meu rosto está queimando e eu vim chorando o caminho todo. Nem sei porque ela estava acordada, mas não toquei no assunto.

 

-Mama... a Camila... -Sinto seus braços ao meu redor e enterro minha cabeça em seu pescoço. Novamente as lágrimas descem. 

 

-Diga pra mim, filha. Aconteceu alguma coisa com a Camila? -Nego. -Ela fez alguma coisa com você? -Nego novamente. 

 

-Eu estava na balada com as minhas amigas e nós conhecemos umas garotas. Uma delas me apresentou à uma loira e ela me beijou e colou meu corpo no dela. A outra tirou foto e mandou pra Camila. Não sei como ela conseguiu o número dela, mas a Camila pediu um tempo para pensar. -Desabafar aquilo tudo fez um peso sair das minhas costas. 

 

-Querida... todos os relacionamentos tem brigas. Ninguém é perfeito o suficiente para não arrumar motivos para uma discussão. Uma hora ou outra isso aconteceria. Você já tentou explicar oque aconteceu? 

 

-Mama, foi a primeira coisa que eu fiz quando ela me mostrou a foto. Ela disse que precisava esfriar a cabeça e...

 

-Lauren, faça o seguinte, tome um banho e escove os dentes. Você está com o cheiro de todas as bebidas na boca. Desça até aqui e converse sobre isso com os seus irmãos. Eles te darão um conselho. Agora suba, vou os acordar. Ah... e pode trazer os seus travesseiros e seu cobertor. Vocês vão dormir aqui na sala hoje. 

 

-Por quê? -Perguntei meio enrolada.

 

-O sofá-cama tem mais espaço pra vocês três. Quero que você durma com eles essa noite. Sei que dorme rápido quando tem alguém para abraçar. - Assinto e faço oque me foi mandado. Vesti uma regata qualquer de basquete e peguei meu casaco da Adidas. Ele é bem confortável para um dia frio. Pego minha calça "Korova" que comprei quando fui ao Brasil. Lá é bem quente, então comprei pensando no frio daqui. Se bem que Miami não é bem assim...

 

-Mama? -Chamo assim que desço as escadas. 

 

-Ei, Lolo. -Chris me abraça e me põe nas costas. Ele corre até o sofá e se joga comigo junto. 

 

-Irmão porquinho... -Não é por ele ser porco ou sujo, é porque eu adoro ver desenhos e filmes de animação, então digo que somos os três porquinhos. 

 

-Irmã porca. -Christopher gruda em mim qyando viro de barriga pra baixo. Logo sinto outro peso sob meu quadril.

 

-Laur, a mama disse que você quer conversar com a gente. -Assenti me virando e me sentando no sofá.

 

-Eu dei um tempo no meu relacionamento com a Camila. -Seus olhos claros se arregalaram instantaneamente. -Uma garota me agarrou na balada e outra tirou uma foto e mandou pra Camila. 

 

-Você já explicou isso pra ela? -Assinto pela milésima vez naquele dia. 

 

-Já, mas ela insiste em dar um tempo para pensar. 

 

-Bem, ela não está certa nem errada. Eu faria a mesma coisa, mas daria ouvidos à pessoa primeiro. Iria... tirar satisfação com a tal garota. 

 

-Mas eu provavelmente não vou ver ela pro resto da minha vida. 

 

-Respeite a decisão dela, Lauren. -Jogo minhas costas contra o sofá. -Faça uma surpresa para ela. Mulheres não são 100% safadeza e muito menos 100% coração de pedra. 

 

-Você fala como se eu fosse um homem.

 

-Quase isso... -Solto uma risada diante de sua piadinha sem graça. -Brincadeira... mas se for seguir o meu conselho, compre flores e... -Para pra pensar. -Ela te deu alguma cópia da chave da casa dela? -Nego. -Droga. Você vai ter que combinar com a Sinu e com o Alejandro pra eles te ligarem quando a Camila sair pra algumas lugar. Eu te ajudo a enfeitar o quarto dela e a te arrumar também. 

 

-Oque tem de errado com as roupas que eu escolho? 

 

-Lauren, por favor né. Calça "Korova"? Casaco da Adidas? Que tipo de conjunto é esse? Vai começar a dançar funk também? -Reviro os olhos. Como pode? Mas as roupas juntas ficam legais. 

 

-Ok, Taylor, você vai escolher as minhas roupas. -Ela bate palmas enquanto grita sem emitir som nenhum. 

 

-Seguinte, nós vamos lá fazer a surpresa antes dela decidir oque vai fazer com o relacionamento de vocês. 

 

-Mas el...

 

-Shhh! Dependendo da decisão dela, ela pode mudá-la ao ver oque você vai fazer.

 

-Ok, mas oque diabos eu vou fazer pra ela? -Pergunto impaciente.

 

-Não vai ter tema, minha querida. Você vai levar algumas comidas que ela gosta e vários presentes. E AS ALIANÇAS QUE VOCÊ NÃO DEU AINDA PRA ELA! 

 

-Grita mais que eu acho que a mama não escutou! -Digo. 

 

-Há há há. -Ri forçadamente. -Mas é sério. Eu tenho certeza que a Camila quer mostrar pra todo mundo que namora. 

 

-Os chupões não servem? -Brinquei.

 

-Desnecessário, maninha. Desnecessário... -Gargalho.

 

-Agora vamos dormir. Taylor faz conchinha comigo até pegar no sono. A propósito, Chris tinha adormecido a muito tempo. 

 

{☆☆☆}

 


Acordei com a merda da claridade por conta da cortina aberta. Ainda bem. Não tinha colocado o despertador para tocar. 

 

Dou um pulo da cama e subo para o meu quarto. Tomo um banho rápido, vou para o closet e pego a minha preciosidade. Minha jaqueta de couro. Pego também uma regata cinza sem malha, uma calça skinny de Couro preta e meus coturnos. Por último, minha mochila. 

 

Meus irmãos vão mais tarde que eu, por isso vou deixá-los dormindo um pouco. 

 

Assim que passo no criado-mudo, sinto meus olhos lacrimejarem. Tinha uma foto minha e da Camila, estávamos rindo de um desenho que passava na televisão. Taylor que tirou a foto, alegando que era o casal que ela mais "Shippava". 

 

-Que saudade de você, minha Camz... -Passo o dedo por cima da foto. -Se você soubesse como eu te amo... eu não queria que fosse desse jeito, você tinha que me ouvir. -Começo a soluçar pelo choro. 

 

Seco as lágrimas e desço para a cozinha. Preparo o meu café da manhã e o dos meus irmãos. 

 

-Taylor... Christopher... -Pulo no meio dos dois e cutuco a costela de cada um. 

 

-Ai, porra... -Minha irmã resmunga e revida o cutucão. 

 

-Está na hora de levantarem. Anda, Taylor. Vocês tem escola. Fiz o café de vocês dois. Acorda o Chris e vai se arrumar. Já estou indo. -Lhe dou um beijo no canto da boca e beijo a testa do meu irmão. 

 

Saio de casa e sigo até a escola. O caminho todo vou pensando em Camila e nos meus filhos. Quero logo que tudo se conserte e eu possa dormir abraçada com os meus amores. 

 

-Laurenzo! -Harry me cumprimenta assim que eu entro na escola. -Por quê vocês faltaram todos esses dias? -Louis chega logo depois. 

 

-Oi, Lauren. -Sorrio. 

 

-Eu não vim porque não queria deixar a Camila sozinha. Ela... está grávida! -Em conjunto, eles arregalam os olhos. 

 

-VOCÊ ENGR... -Corro e tampo sua boca, impedindo que ele faça alguma besteira. -Você engravidou a Camila? -O puxo para um canto qualquer.

 

-Harry, você tem quem me prometer que não vai contar pra ninguém. -Imploro. -Eu tive uma discussão com ela e ela me pediu um tempo. -Minha voz começa a embargar.

 

-Eu vou lá na casa dela hoje. Quero ver quem é a minha sobrinha. -Solto uma risada e uma lágrima escorre. -Ei! Pare de chorar, vou me emocionar aqui também...

 

-Seus sobrinhos... É um casal. -Ele dá pulinhos de alegria. -Você não sabe a vontade que eu tenho de voltar a pelo menos andar de mãos dadas com ela. -Suspirei pesadamente. 

 

-Eu tenho certeza de que ela não vai resistir por muito tempo. Vocês andavam muito juntas. Logo logo ela volta pra você. -Envolvo seu corpo em um abraço apertado que logo foi prolongado por Louis. 

 

-Vem, vamos entrar logo. A professora de História vai me matar se eu faltar mais uma aula dela. 

 

{☆☆☆}

 

Harry E. Styles

 

Toco a campainha da mansão dos Cabello's logo sendo recebido pela empregada. 

 

-Olá, Rose. A Camila está? -Pergunto e dou um sorriso fraco.

 

-Oh, olá, Sr. Styles, ela está sim. Assim que você entrar vai achá-la na sala. -Assenti e adentrei os portões.

 

Como dito, lá estava ela no sofá da grande sala, mexendo em seu celular, mas assim que me viu, veio correndo e pulou em meu colo. 

 

-E aí, bunda de tanajura? Tudo bem?

 

-Harry... -Aspira meu perfume em meu pescoço. -Que saudade. 

 

-Pois é né. A pessoa inventa de ficar grávida e esquece das amizades e da escola. -Ela arregala os olhos.

 

-Como soube?

 

-Lauren me contou. -Vejo uma careta se formar em seu rosto, denunciando que ela ainda estava incomodada com o acontecido. -Dá uma chance pra ela, Mila. Eu gosto tanto de vocês duas juntas... se você soubesse a falta que você faz pra ela... -Soltamos suspiros "sincronizados". 

 

-Eu pensei bastante nesse dia que ficamos sem se falar. Acho que vou dar outra chance para ela, mas vou deixar bem claro que se acontecer de novo, vou terminar de vez. 

 

-Dependendo! Você tem que aprender a ouví-la também, Camila. 

 

-A Demi e a Selena me ligaram e disseram que a garota agarrou ela, mas... sei lá, Harry. Doeu muito ver ela beijar outra pessoa. 

 

{1 Semana Depois}

 

Lauren M. J. Morgado

 

Já fazem 8 dias que eu não falo com a Camila, e de acordo com Taylor, vai ser hoje que eu vou fazer a surpresa. Camila saiu para almoçar com o Harry, Louis, Normani e Dinah. 

 

Já estamos na frente da casa dos meus sogros. Com a ajuda de Alejandro, Sinu, Taylor e Sofia, preparei tudo no quarto da Camz. Tive a idéia de apagar todas as luzes do quarto dela e deixar apenas com alguns "pisca-piscas" iluminando o local.

 

-Prontinho, Laur. -Minha sogra diz assim que acaba de ajeitar as pequenas luzinhas coloridas. -Tudo pronto, pessoal. Vamos descer e deixar que Lauren faça mais alguns ajustes se quiser. Já já a Camila chega. -Ela me dá um beijo na testa e sai do quarto, acompanhada de Taylor, Alejandro e Sofi. 

 

Eu só espero que tudo ocorra bem...


Notas Finais


Até o próximo! 🌚🍃🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...