História Um amor por acaso (yoonseok/mpreg) *-* - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 234
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente desculpe mesmo pela demora eu estava sem net esse tempo todo :-(
masss pra recompensar vou postar mais três capítulos em seguida.
E desculpe os erros ortográficos. Boa leitura!

Capítulo 11 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Um amor por acaso (yoonseok/mpreg) *-* - Capítulo 11 - Capítulo 11

~yoongi on ~

Dois meses se passaram e eu ainda estou aqui em New York está cada vez mais difícil ficar longe da minha avó - nunca pensei que sentiria tanta falta dela assim - e do ho... jin que era meu melhor amigo.
Depois daquele dia que eu tranzei com a clara não falei mais com ela e nem ela comigo pois a demite, tenho minhas razões pra isso.
Jhon estava cada vez mais próximo de mim, posso até dizer que estamos namorando? , ele sabe que eu estou esperando um filho de outro, mas como ele é um amor de pessoa ele disse que quer assumir esse filho.
Se eu aceitei? É claro que não! Tenho minha dignidade e assim que meu filho nascer ele vai saber quem é o pai dele, e se ele quiser conhece-lo ai talvez será um problema mas não vou proibir ele de nada, é direito dele.
Sou retirado de meus pensamentos com meu celular tocando.

-alô - atendo sem olhar quem era.

-oi amor tudo bem?e o bebê?

-oi tudo sim! E você como está?

-bem mas... Estou com saudades!

-você sabe onde é minha casa, e também sabe que hoje é meu dia de folga, por que não vem aqui?

-estava esperando você me chamar.
-então tchau até!

-tchau!

Nossa o jhon é um amor mesmo, não sei como posso ter o jhon e fico aqui pensando naquele ser chamado hoseok!, Eu sou muito burro mesmo, apesar que meu coração não escolhe quem ama... Quis dizer quem gosta... Quis dizer ahhh não sei está tudo muito embaralhado, sei que ele não gosta de mim, então por que ficar me enganando nisso?
Meu celular toca novamente.

-Oi jhon esqueceu algo? - atendo novamente sem olhar.

-eh... yoongi aqui é yuna empregada da sua avó! 

-está tudo bem?

-não!

-oque tem ela, ela está bem?

-então... Yoongi ela sofreu um acidente de carro e está muito mal!

Nesse momento parece que meu mundo desabou eu mal me aguentava em pé - e.. E ela... Ela - sou interrompido.

-yoongi por favor vem pra cá o mais rápido possível - deu uma pausa - seus amigos estão desesperados sem saber oque fazer!

-e meu avô?

-então... Yoongi vem pra cá que conversamos aqui ok?!

-me fala por favor aconteceu algo com ele?

-só vem por favor! O médico está vindo dar noticias, tchau depois a gente se fala.

-tá já estou indo tchau!-dei uma pausa-espera que amigos? -ela desligou na minha cara.

Vou para meu quarto e pego minhas malas, enfiei todas minhas roupas dentro da mesma.
Peguei meu notebook e comprei uma passagem pra seul daqui a duas horas (que era a hora mais próxima que tinha).

Já ia saindo de casa com as malas quando jhon me para na porta.

-ei ei onde pensa que vai yoongi?
-desculpa jhon mas vou ter que voltar pra seul minha avó não está muito bem preciso vê-la! - minhas lágrimas já voltavam a descer.

-mas você ia me abandonar sem falar nada? Poxa magoou!

-ahh jhon vai fazer manha pra outro! Eu estou aqui falando da minha avó uma das únicas pessoas que eu tenho na vida está mau e você fica ai se fazendo de coitadinho ahh me faça o favor né! - sai empurrando ele sem ouvir sua resposta.

Peguei o taxi e cheguei no aeroporto faltando 20 minutos pro meu vôo, depois de sentar em meu banco dentro do avião acabei pegando no sono.

-senhor... Senhor - acordei com alguem me chamando.

-ah já chegamos? - perguntei.

-sim!

Me levantei peguei minhas malas e fui pra casa da minha avó, deixei as malas lá, mandei uma mensagem pra yuna, e ela me avisou que hospital minha avó estava, então peguei novamente um taxi e fui pro hospital.

Chego no corredor do quarto da minha avó e vejo jin sentado em uma cadeira chorando e namjoon o abraçando, quando ele me vê se levanta correndo e vem em minha direção me dar um abraço, não me aguento e começo a chorar novamente.

-ji-in c-como ela está? - falei tentando me acalmar.

-yoongi... Ela... Vai precisar de transfusão de sangue... E nós não temos o tipo sanguíneo dela!

-qual é o tipo sanguíneo dela?

-O negativo!

-eu... meu sangue eu vou doar pra ela, meu sangue é compatível!

-ok vamos falar com o médico!

Falamos com o médico e o jin me deixou a sós com ele para que o médico possa tirar meu sangue.

Doutor: então min yoongi antes que possamos tirar seu sangue você tem alguma doença ou algo que não nos contou?

-eh... Bom não sei se isso vai atrapalhar mas eu... Eu estou grávido! - falei coçando minha nuca.

Doutor: nesse caso desculpe mas teremos que esperar outro doador! Me desculpe!  

Sai da sala muito abalado, me sentei na cadeira na sala de espera em que os meninos estavam.
-deu certo yoongi? - namjoon me perguntou.

-in-infelizmente n-não - falei deixando mais lágrimas rolarem.

-mas por que? Você não tem nem uma doença! Não que eu saiba! Yoongi você esqueceu de me contar algo? - jin me perguntava me fuzilando com os olhos.

-jin de- fui interrompido por uma vontade enorme de vomitar, sai correndo e entrei no primeiro banheiro que vi.

-ta tudo bem yoongi? - jin falou assim que terminei de vomitar.

-eu pareço bem?!

-porr* yoongi tô te dando maior apoio, vai me fala o que está acontecendo?

Puxei ele pra dentro do banheiro e tranquei a porta - jin eu vou te falar, mas se você abrir a boca pra qualquer um... eu paro de falar contigo entendeu!?

-claro agora fala! Vai yoongi!

-e-eu to g-gravido - falei gaguejando.

-GRAVIDO! - Ele arregalou os olhos - como assim yoongi? De quem é esse filho?

-do h-hoseok - abaixei a cabeça esperando outro grito mas não apareceu.

Olhei pra Ele e ele estava me olhando de um jeito malicioso.

-então quer dizer que você e o hope já passaram de nível e nem pra vocês me contarem neh!

-eu e o hope não temos nada e nunca vamos ter e outra ele não sabe desse filho e nem vai saber! Não por agora.

-mas como assim me explica isso direito!

Eu expliquei tudo pro jin des da aposta até o jhon, ele ficou boquiaberta com oque eu falei ele nunca pensou que o hobi fosse capaz de fazer isto ainda mais com o nam envolvido no meio.

-então tá explicado a forma estranha que você e o hope estavam agindo - deu uma pausa - mas espera você só viajou por causa dele? Por que queria esquece-lo?

-também, eu sempre quis ir pra lá e minha avó - foi só falar nele que me lembrei de tudo que estava acontecendo - jin não tem ninguém mesmo que você conhece que tenha o sangue compatível com de minha avó?

-acabei de me lembrar de uma mas não sei se você vai gostar!

-fala logo, é por minha avó, por ela eu faço tudo!

-bom já que é assim o J-HOPE tem o sangue compatível!


Notas Finais


Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...