História Um amor por acaso (yoonseok/mpreg) *-* - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 215
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe os erros.
Boa leitura!

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Um amor por acaso (yoonseok/mpreg) *-* - Capítulo 12 - Capítulo 12

-como assim!?

-está furioso?

-lógico que não, por que você não me disse antes?

-eu esqueci - jin deu um sorriso mucho.

-você tem o número dele?

-tenho, quer falar com ele?

-por favor!

Nós saímos do banheiro e caminhamos ate namjoon, jin pegou seu celular que estava com o mesmo e discou o número e me entregou.

-alô! - alguem com a voz rouca me atendeu.

-alô!

-jin oi pode falar oque quer, e por que diabos está me ligando 1:00 da manhã?

-eh não é o jin hope mas me desculpa estar ligando a essa hora é que realmente importante!

-namjoon?

-é o yoongi!

-ah mas oque de tão importante aconteceu pro meu mozao me ligar?
-hobi é sério... O jin falou que você tem sangue O negativo, procede?

-sim eu tenho mas por que tanta pergunta?

-bom minha avó sofreu um acidente e bom eu não posso doar pra ela porque... Bom não vem ao caso agora, mas enfim você pode doar pra ela eu... Eu ficaria extremamente grato!

-nossa é muita informação! Mas antes faremos um acordo, pode ser?

-você quer dinheiro se quiser é só falar!

-não é isso tolinho só quero uma coisa, bom eu dou meu sangue pra sua avó se você fizer tudo que eu quiser por uma semana... Pode ser?

Não respondi nada apenas fiquei pensando nas consequências.

-eh yoongi você ainda está ai?

-tudo bem eu aceito o acordo mas vem logo aqui por favor minha avó precisa muito!

-ok me manda o endereço do hospital por mensagem que em uns vinte minutos estou ai ok?

-ta tchau!

-tchau mozao!

Desliguei e fiquei pensando "oque será que ele vai fazer comigo?" enviei a mensagem com o endereço do hospital e devolvi o celular do jin.

Depois de um tempo hope chegou e doou o sangue dele, o médico veio até nos e falou que minha avó já estava melhor, e que talvez em uma semana se nada acontecesse ela poderia ir embora. 
Fiquei mais aliviado, jin foi embora com namjoon eles tinham madrugado no hospital e precisavam descansar, yuna chegou no hospital agora pois ela não pode ficar no hospital mais cedo.
-como está yoongi? - yuna me perguntou.

-bem... Mas você não me disse o que aconteceu com meu avô! Ele está bem?

-então yoongi ele... Bom ele sumiu!

-espera como assim sumiu?

-isso mesmo sumiu, sua avó sofreu o acidente quando ela voltava da delegacia, ela tinha ido na delegacia pra falar do desaparecimento de seu avô.

-haa entendo... Quando isso tudo passar eu vou na delegacia pra ver se eles já tem alguma noticia de meu avô.

-relaxa suga vai dar tudo certo ok? - hope se sentou ao meu lado me dando um abraço.

-ok hoseok agora pode me soltar? - perguntei.

-aish por que não me chama de hope ou hobi denovo?

-como assim denovo? Eu nunca te chamei assim!

-ha chamou! - ele disse fazendo cara convencida.

-ok ok agora me larga por obséquio!

-ok não te abraço mais - hope se aproximou de mim e parou bem pertinho da minha orelha - ha não ser que você queira seu daddy - ele deu um beijo no lóbulo da minha orelha.

Eu me arrepiei todo mas não ia dar esse gostinho pra ele, ele não pode  achar que eu sou tão fraco assim.
Cheguei bem perto de seu ouvido e falei bem baixinho como um gemido.

-fuck-me daddy - e dei um beijinho na sua nuca.

Vi ele se arrepiar confesso "adogo" fiquei com muita vontade de rir mas me controlei ao máximo pois estava no hospital.

Hope se levantou - gente eu preciso ir quase não dormi direito - deu uma pausa - depois eu volto yoongi - ele deu um beijo em minha bochecha e cochichou no meu ouvido - vai ter volta - ele passou a mão pela calça e notei que ele estava excitado.

O doutor apareceu na sala me fazendo tirar a atenção daquele ser na minha frente.

-doutor eu posso ver minha avó?

-claro ela acabou de acordar então não faça muita pergunta e também não deixe ela fazer esforço!

-ok - o doutor me guiou até a sala dela.

Entrei e ela estava ali deitada na cama com alguns canos enfiados em suas veias, ela estava mais branca que o normal e aparentava estar muito cansada apesar de ter dormido muito pode se dizer assim.

-oi meu neto - ela sorri ao me ver entrando.

-oi vó! Esta se sentindo bem?

-já estive melhor - ela fez uma cara engraçada e eu dei uma leve risada.

-meu neto posso te pedir uma coisa?

-claro vó qualquer coisa!

-não volta pra lá! Por favor!

-pra lá aonde vó?

-new York não volte lá por mim!

-ok... não entendo o porque disso mas já que a senhora está pedindo eu fico aqui com você está bem?

-me sinto melhor com essas palavras!

-descanse vó a senhora está cansada, vejo pelos seus olhinhos.

-eu vou descansar se você me prometer que vai pra casa descansar também!

-mais vó eu quero ficar cuidando de você!

-nada disso yoongi vá pra casa e descanse eu já estou bem ham?

-tabom eu vou mas depois eu volto ok?

-ok.

Depois de um tempinho minha avó acabou caindo no sono, como o prometido vou pra casa, saiu da sala dela e me deparo com hoseok ainda ali.

-oque ainda faz aqui? - perguntei pra ele.

-estava te esperando!

-você sabe que não precisa né?

-eu sei mas por você eu espero oque for!

-bom eu já vou embora estou cansado!

-quer uma carona?

-adoraria.

Fui até a garagem do hospital com hope sem me dirigir uma palavra a ele, nos entramos no carro e fomos pra minha casa.

-hope você quer entrar?

-não estaria encomendando?

-não, vem pode entrar!

Entramos em casa e já fui direto pro meu quarto, peguei umas roupas pra tomar banho e deixei hoseok deitado na minha cama.
Tomei um banho rápido e quando voltei ele estava dormindo igual a um anjinho, não queria acorda-lo então deitei em seu lado e dentro de alguns segundos já estava dormindo ao seu lado também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...