História Um amor por acaso (yoonseok/mpreg) *-* - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 266
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe os erros ortográficos.
Boa leitura!!

Capítulo 15 - Capítulo 15


Fanfic / Fanfiction Um amor por acaso (yoonseok/mpreg) *-* - Capítulo 15 - Capítulo 15

~yoongi on~

-ho-hobi quis dizer jung hoseok o que faz aqui? - pergunto.

-yoongi vou te perguntar algo, mas quero que você seja bem sincero e me diga a verdade ok?

-desde de quando não falei a verdade? Mas fale qual sua pergunta?

-e-esse fi-filho é meu? - hoseok pergunta gaguejando pelo nervosismo.

Respiro fundo e fecho os olhos - s-sim esse filho é seu hoseok! - quando abri os olhos o mesmo estava boquiaberta chorando, não sei bem qual vai ser sua reação.

Ele ficou quieto por um bom tempo e isso já estava me incomodando muito.

-jin poderia nos deixar a sós um pouco por favor! - hoseok se manifestou lembrando a presença de jin que eu nem sabia que estava mais ali.

-claro! - jin me da um abraço e sai da sala nos deixando sozinhos.

-suga por que não me falou antes?
-bom você tinha feito uma aposta com o nam se lembra? Você não gosta de mim ao menos achava isso, eu achei que não gostaria e tentaria fazer algo comigo pra mim tirar meu filho... Eu... Eu fiquei com medo hoseok desculpe.

-como pode achar que eu faria algo com você e meu filho?!

-ah! Sei lá hoseok... - fui interrompido.

-yoongi - ele chegou bem perto de mim e segurou minhas mãos - eu nunca mais nunca faria algo que machucasse você e meu filho! Yoongi eu... Te a- deu uma pausa - eu gosto de você yoongi!

Por um momento meu peito se encheu de alegria pois achava que hope falaria que me ama, mas não, ele não falou.

-mas você já me machucou bem aqui - digo levando minha mão até meu peito esquerdo - oque me garantia que você não faria isso novamente?

-confesso que no começo meio que foi uma aposta mesmo mas... Eu comecei a gostar de você yoongi pode até parecer estranho mas eu gosto até do seu jeito bruto de me tratar as vezes... Yoongi estou completamente apaixonado por você e agora saber que você espera um filho... E esse filho é meu é uma das coisas mais maravilhosas que me aconteceu yoongi - calei sua boca dando-o um beijo necessitado e apaixonado, ele pediu passagem com a lingua e eu cedi, nossas línguas estavam em pura sintonia mas a maldita falta de ar se fez presente e nos tivemos que parar.
-me desculpa não ter falado antes?

-só desculpo se você me der mais um beijinho! - hope fala fazendo um biquinho muito fofo com os lábios.

Nem esperei o outro falar mais algo, e ataquei seus lábios, dessa vez foi delicado e calmo como se quisesse decorar cada cantinho de sua boca.
Parei o beijo dando vário selinhos no mesmo.

O médico adentra na sala. - olha vejo que já está melhor mim . yoongi, e é sobre isso que vim falar, você já pode ir embora recebeu alta, eu tinha esquecido de avisar desculpe... - o médico diz ficando envergonhado.

-não tem problema! - digo dando meu melhor sorriso - pode chamar um taxi pra mim? por favor!

-nem pensar eu te levo! - hoseok fala.

-não precisa hoseok! Não quero incomodar!

-bom não quero atrapalhar... Mas eu chamo ou não o taxi?

Eu disse "sim" e hope disse "não" ao mesmo tempo. Nos olhamos e ele sorriu de lado abaixando a cabeça.

-pode deixar doutor! Meu noivo é muito cabeça dura mesmo! Ele vai ir comigo! - hoseok fala se referindo a mim.

-ok então com licença tenho mais alguns pacientes pra atender! - o doutor sai da sala.

~quebra de tempo ~

Eu já estava deitado em minha linda e confortável cama - HOBII! - grito o chamando.

Em questões de segundos o mesmo apareceu afoito no quarto - oque ouve ta se sentindo bem? Ta com dor? Precisa ir no médico?

-na verdade eu só to com fome! -digo rindo de sua preocupação - aquela lavagem de hospital não me desceu!

-quer comer algo em especial?

-na verdade eu estava morrendo de vontade de comer manga com pipoca!

-espera oque?

-ue você perguntou eu respondi!

-ok vou no mercado já volto - o mesmo me da um selinho e sai.

Fiquei pensando em tudo que aconteceu nesse meio tempo e só agora me caiu a ficha que hope falou que eu era seu noivo para o médico do hospital, mas ele nem me pediu em casamento, ele nem me pediu em namoro! Ele está achando que é quem pra sair por ai espalhando coisas pros outros.

~hoseok on~

Sai por seul desesperado procurando uma manga, fui ao mercado comprei a pipoca mais nada de achar a manga.
Fui em um sacolão onde vendia muitas frutas e adivinha, pro meu azar também não tinha.
'oque vou fazer agora?'pensei.
Dai me lembrei que na antiga casa de meus pais tinha um pé de manga.
Fui na tal casa e pra minha sorte o pé de manga ainda estava intacto.
Toquei a campainha e nada ninguém me atendeu, toquei novamente e nada.
Eu não podia ficar esperando meu suga pediu meu suga vai ter!
Pulei o muro e subi na árvore com muita dificuldade quase caindo, consegui pegar duas mangas e coloquei dentro da sacola da pipoca, desci da árvore com muito cuidado e olha só que sorte tinha um cachorro enorme me olhando.

~yoongi on~

Hoseok estava demorando muito então peguei uma manga que estava dentro da minha geladeira e comecei a comer enquanto o outro não chegava com a pipoca.

Comi a manga assisti um pouco de tv e finalmente aleluia ele chegou.

Hope estava com as roupas toda rasgada e com os joelhos um pouco ralado.

-Hope oque ouve com você? - digo preocupado.

-eu consegui pegar a manga! - ele diz me dando um sorriso.

-aí meu deus nunca mais faça isso! Tinha manga na geladeira! - digo rindo da sua cara.

Ele me olha incrédulo - não acredito! Por que não me falou?

-você não perguntou, então eu não falei!

-nossa valeu!

-denada noivo!

-como é? - ele pergunta franzindo o cenho .

-quem quer explicações sou eu! - digo o olhando bos olhos.


Notas Finais


Até o próximo capítulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...