História Um amor pra vida toda - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Drama, Estados Unidos, Festas, Romance, Sexo
Exibições 29
Palavras 915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Galera, a Jenny é irmã mais velha do Petter ok !

Capítulo 4 - A festa


Fanfic / Fanfiction Um amor pra vida toda - Capítulo 4 - A festa


*Petter on:* 
Jenny : Uuuuh, parece que meu irmãzinho vai sair com uma garota sexta ?
- Cale a boca Jenny, isso é tão patético 
Jenny : Patético ? Isso é um milagre, você vai sair com alguém 
- MÃÃE MANDE A JENNY SAIR DO MEU QUARTO POR FAVOR 
*Minha mãe grita lá da sala* 
-JENNY DEIXE SEU IRMÃO EM PAZ POR FAVOR 
Jenny : *blá blá blá*
- Sai fora Jenny !!!!! 
Jenny : Aaaaah já to saindo 
  Eu ainda não estava acreditando que eu ia conseguir sair com Brianna, ela era linda de mais pra mim, mais não queria ter que perder aquela oportunidade única....
*Recebo um sms*
"Philip: Heeeeey cara, ta rolando uma festa na casa da Amber agora mesmo. Bora ?''
*Respondi aquela mensagem em instantes*
"-Claro cara, já to me trocando" 
Me troquei o mais rápido que eu consegui e fui até a casa de Philip, que estava me esperando
Philip: Aaaaaah graças a deus né. Pensei que ia demorar mais um pouco 
-Engracadinho, vamos logo.
Philip: Nem posso esperar para poder beijar as universitárias naquela festa ... Você vai me acompanhar né ?
- E-eu ? Aaaah claro. 
Philip: Que bom, ainda bem que Amber tem várias amizades na universidade, posso pedir uns contatos pra ela. Posso pedir uns pra você também.
- Pra mim ? Aaah vou adorar 
*Chegamos na festa* 
*Garotas on:* 
Amber: Meninas, quero que vocês fiquem gatas, porque hoje vamos transar muito 
Sarah: Urruuul, parece que faz uma eternidade que não transo com alguém 
Brianna: Meninas, parem com isso. Fico envergonhada 
Amber: Envergonhada com o que ? Fala sério Bri
Brianna: Sarah me ajuda com o vestido aqui por favor 
*Brianna on* 
Eu estava com o cabelo solto, um vestido azul marinho um pouco pra cima do joelho, e com um sapatinho de salto fino de uns 12 cm, pra me ajudar na altura. Minha maquiagem estava favorável com a noite (vestido igual o da capa). Até parecia que a festa era minha ...! Eu não fazia idéia de quem iria naquela festa, bem provavelmente que iriam só os maconheiros e transantes do colégio. Então nos arrumamos e decemos pra festa, já estavam todos lá, a festa tava linda, era uma festa de quintal, mais a decoração estava super bem feita. Fiquei quieta no meu canto por um instante, até que eu o avistei. Ele estava lindo, com o cabelo meio bagunçado, uma calça jeans azul clara, uma camisa social azul marinha, e um tipo paletó meio acinzentado e com um sapatenis cor de creme (igual o da foto). Ele me olhou e deu um sorrisinho, e eu retribui. Então ele veio na minha direção, minha barriga gelou, senti o sorrinho ir embora, e senti a sensação de vergonha me dominando. 
Petter: Olá Brianna, que surpresa !
- Surpresa mesmo, quem diria, você aqui ! 
Petter : Pois é, fui pego de surpresa. 
- Sério ? Meu deus, acho que o Philip te avisou da festa bem em cima da hora, não ?
Petter: Com certeza. Muito em cima da hora
-Mas você está muito bem, pra quem saiu as pressas de casa. Muito bem arrumado
Petter: Não posso dizer o mesmo de você
*OQUE ? COMO ASSIM*
Petter: Parece que te avisaram uns 3 dias antes, pois, parece que você teve toda a delicadeza do mundo de ir no cabeleireiro, essas coisas. Você esta linda ! 
*Aaaaaaah*
-A-aa-ah, q-que isso. Fui pega de surpresa também, só que fui avisa uma hora antes da festa acontecer, então consegui me arrumar.
Petter: Ta parecendo uma boneca, de tão meiga que você esta 
 Eu sentia meu rosto ficar vermelho, eu estava morrendo de vergonha. 
-Para Petty, to ficando com vergonha já 
Petter: Vergonha de que ? Vamo sair um pouco e andar ?
- Claro, vamos ! 
  Eu e ele fomos para um lugar "privado" sem muitas pessoas ao redor, ou seja, na varanda da Amber. Ficamos conversando lá um bom tempo
Petter: Onde sera que o Philip se meteu ? 
-Faço a mesma pergunta para a Amber e Sarah
Petter: Bom, isso não importa agora, certo ? 
- C-certo 
  Algo não estava normal, ele estava me olhando de um jeito tão doce, e eu o retribuia com o mesmo olhar. A gente se olhava tão fixo, que esquecemos do mundo ao redor. Então ele foi se aproximando, ele tocou meu rosto e o levou para mais perto dele, então em poucos segundos nossos lábios se tocaram. Ele segurava meu rosto com uma mão e minha cintura com a outra, ele me colocou contra a parede e me beija tão delicadamente que eu até perdi o folego. Estava tudo perfeito. Tudo tão bom ... Eu entrelacei meus dedos nos cabelos bagunçados dele e o prendi bem junto do meu corpo, eu sentia a respiração ofegante dele e seu coração com a pulsação mais forte que o normal. Era o melhor beijo da minha vida. 
 Eu não queria que ninguém nos visse juntos, então resolvi ir embora. Ele me levou embora naquela noite. Estava um pouco frio então ele me emprestou o "peletó" dele. Um verdadeiro cavalheiro.
  Cheguei em casa tarde naquela noite, então fiz o minimo de barulho o possível para não acordar meus pais, subi no meu quarto, coloquei meu pijama e me joguei na cama. Fiquei lembrando do nosso beijo, o melhor beijo. Fiquei lembrando daqueles lábios macios, daquela mão macia percorrendo minha cintura..... Pensei tanto no beijo que acabei caindo no sono.
  *Despertador toca* 
 


Notas Finais


Gostaram ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...