História Mitw- Um amor prisioneiro - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Luiz Felipe (Luiz 1227), Marco Tulio "AuthenticGames", Maria Luiza Ramos (MoonKase), Matheus Neves "Pk Regular Game", Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "LubaTV", Marco Tulio "AuthenticGames", Matheus Neves, MoonKase, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes
Tags Fbi, Gangues, Lemon, Mike, Mitw, Pac, Prisão, Sexo, Tazercraft, Treta, Youtubers
Visualizações 142
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Lírica, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora. Eu tenho dado mais valor as fanfics Anjos e Demônios e Eu Te Amo? do que essa e a Meu Gatinho. Mas elas vão voltar com tudo.

Amo vocês ❤❤❤

Capítulo 19 - Próximo de mim


Mike

 

Já estou aqui no aeroporto, já faz umas três horas que eu liguei para o Rezende. Ele já deve estar chegando.

Estou com uma roupa normal, para não chamar atenção. É uma roupa tipo, de barman, mas, pelo menos, não chama a atenção.

Mikhael!!!! — Ouvi a voz dele. 

Olhei a direção que a voz veio e vi ele. Rezende.

Ele veio correndo até mim, com as malas em mãos.

Mike, a quanto tempo! — Ele falou com um sorriso no rosto

Pode parar com esses sorrisinhos falsos, Rezende, eu já sei de tudo! — Falei

Rezende me olhou, incrédulo e confuso, como se não soubesse do que estava falando.

C-como assim? — Ele perguntou

Eu já sei do Pac! 

 

Rezende

 

Eu já sei do Pac! 

Que? Como assim? Como ele descobriu? Desde quando ele sabe? Tipo, ahhhhhh!!!!!

Meu olhar confuso se transformou em odeio total.

Como você sabe do Pac? — Minha voz estava com puro tom de ódio

Digamos que eu e ele estivemos nos falando... — Ele abre um sorriso maldoso, mas logo o desfaz — Por que nunca me contou dele, Rezende? 

Eu não sabia o que dizer.

Desde que conheci Mikhael, vi que ele tinha uma certa paixão por um ex-amigo dele, mas nunca mais o encontrou. Seu nome, eu não sabia, mas seu apelido... Era Pac.

Então, um dia que eu fui para um internato, e nesse Internato, eu conheci o menino mais lindo e fofo que já vi na vida. Seu nome era Tarik Pacagnan, mas, seu apelido, era Pac.

Eu achei que tudo era apenas uma grande coincidência, mas, agora, descobri que não é.

Não te devo sastifações da minha vida, Mikhael. — O respondi, já me irritando

Me virei de costas, e quando eu ia começar a andar, senti algo segurar o meu pulso. 

Era ele.

Mikhael, não me obriga a...— Ele me interrompe

Cala a boca!!! — Ele praticamente gritou, e todos ao redor focaram em nossa briga — VOCÊ VAI ME EXPLICAR TUDO DIREITINHO, OK, PEDRO AFONSO REZ... — Quando ele ia falar o meu sobrenome, eu tapei sua boca com minha mão

Ta bom, mas vamos falar disso em outro lugar, ok? — Olhei em volta, vendo cada pessoa que nos observava, com olhares curiosos

Mikhael percebeu o que eu quis dizer e acentiu.

Então, saimos do aeroporto,e fomos na direção de sua casa. 

Estou a fim de ter uma bela conversa com ele, agora.

 

Mike

 

Chegamos na minha casa, e entramos. Fomos na direção da sala, e uma de minhas empregadas, a Maria, nos recebeu.

Vão querer alguma coisa, senhores? —Ela perguntou

Queremos nada não, Maria. Por favor, retirasse. — Ela acentiu e foi embora

Olhei na direção de Rezende, e esse estava me encarando com raiva.

Como você sabe do Pac? — Ele perguntou para mim

Ora, Rezende.  Mas do que todos você devia saber. É claro que um passarinho me contou. — Soltei um sorriso cínico

Agora não é hora paras as suas brincadeirinhas, Mikhael. — Rezende falou sério, e logo desfiz o meu sorriso — Me conte AGORA como você sabe sobre ele e eu.

Eu fiquei em silêncio, com minha postura seria e olhos grudados nos seus.

Não é você quem faz as perguntas, Rezende. — Falei — Eu que o chamei aqui em busca de respostas, e não o contrário.

Então, pergunte logo, que tenho horário pra voltar. — Ele falou

Ok, então. — Me sentei na minha poltrona, do lado do grande sofá em formado de L — Se sente, Rezende. — Apontei para o sofá

Ele se sentou no sofá, na ponta próxima a minha poltrona.

Agora, Rezende... — Comecei a falar — Você vai responder todas as minhas perguntas.

 

Pac

 

O QUE EU EU FAÇO? O QUE EU FAÇO? O QUE EU FAÇO?!?!?

Mikhael saiu daqui faz um tempinho, e eu não sei como sair desse maldito lugar!

Sei que o que Mikhael me falou não era mentira. Ele é uma das pessoas mais procuradas no mundo, tanto pelo governo e tanto pelos outros mafiosos.

Com certeza ele vai ter seguranças ao redor de sua casa. Ele não é burro.

E eu já vasculhei aquela solitária, e tinha muitas câmeras. Agora, imagina no resto desse lugar? Deve ter centenas delas!

Eu não sei o que fazer!

Quero voltar para o FBI.

Quero voltar a ver meus amigos.

Quero voltar para casa.

Quero voltar para os braços de meu namorado.

Ah, Rezende...

Eu sinto sua falta...

Sinto sua falta não desde que eu vim parar aqui. Sinto sua falta desde que você teve que partir. Ir pra longe de mim. Eu entendo que somos de caminhos diferentes, mas... eu te amo tanto.

Namoramos escondidos de tudo e de todos. Nem meu melhor amigo, Cellbit, sabe sobre você.

Ninguém sabe sobre nós, retirando nós mesmo.

Mas... Eu sinto que nos veremos em breve... Sinto que você está próximo de mim... Sinto isso...

E fico feliz com isso.


Notas Finais


#Suspense #TodynhoEhVida #Bilenix

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS, GALERA!!!!

Então, foi isso, ktchau! Bjs de Berg!!! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...