História Um amor probido - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello
Tags Alren, Fifth Harmy
Visualizações 28
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia
Avisos: Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


mais um pra vcs espero que gostem

Capítulo 13 - O aniversario da ally


Fanfic / Fanfiction Um amor probido - Capítulo 13 - O aniversario da ally

NARRADOR ON

as meninas estavam organizando uma festa pra ally  ja que seu aniversario estava chegando seria na casa dos jauregui porque a mae de lluren insistiu  alias depois que ela descobriu sobre seus netos avia se aproximado  muito nao so dos netos mais de ally e ela faria de tudo para juntar essas duas nao apenas pelas crianças  mais clara via o amor entre as duas por mais que so brigassem ultimamente   falando em briga lauren estava brava com a mae pois ela nao entedia essa amizade repentina  entre sua mae e sua ex  falando em lauren estava confusa em relaçao a seu casamento ela sabi que nao poderia amar  a futara esposa como ela amava ally mais ela nao iria voltar atraz  por dois motivos primeiro ,nao era justo com julia  que nesses anos avia ficado ao seu lado  segundo ,se ela estava casando com outra a culpa era so da ally que sem motivo bricou e a largou

NARRADOR OFF 

LAUREN

o que minha mae tinha na cabeça fazer uma festa de aniversario pra ally aqui e muita provocaçao julia ficou uma fera quando soube da festa e auase quebrou um vaso em mim quando eu disee que  ela naoi ria mais eu teria que participar ,< COMO ASSIM VC VAI AQUELA FESTA JAUREGUI > ela gritou eu apenas me  esquivava  dos tapas < amor eu nao tenho culpa vou ter que ajudar meu pai nao e como seu fosse convidada de honrra > falei tentendo acalmala < mais lauren vc sabe que ela sempre deu em cima de vc promete que nao vai ficar perto dela e nem dos filhos dela> quando ela citou os meninos  me subiu uma raiva que nao sei de inde veio < julia quantas vezes tenho que pedir nao fale sim deles > ela ficou irrada < vai mesmo defender ate os filhos dela com alguem que vc nao sabe quem e quer saber eu vou embora me procura qundo  o circo for embora ta  >  ela saiu batendo a porta  pronto vou aguentar o mau humor dela por semanas brigada mae   disse arremesando  mue travisero  na parede  nisso ouvi batidas na porta < entra > vejo minha mae entrando  no quarto < diga a sua noiva para se comportar melhor , ah dessa a aniversariante chegou va fazer sala > < mais mae porque e....> dona clara me deu ima olhada mortal < to indo > ela sorri < nao demore >

ALLY

eu so podia estar louca quando aceitei essa festa deixai as crinças com a beth  ela foi passar o fim de semana com os pais e os gemeos foram com ela  estou usando um vestido vermelho bem curto cabelos presos em um rabo de cavalo  maquiagem leve  um batom vermelho

XXXXXXXX

a festa esta otima as  meninas estao dançando a clara fez tudo com carrinho e eu e a lauren por incrivel que pareça nao brigamos a noite inteira  isso e bom de mais eu estava me servindo mais uma dose  de caipirinha quando < nao deveria estar bebendo tanto > ouvi aquela voz rouca < e vc nao deveria estar cuidando da sua noivinha> respondi ela respirou fundo < ally eu nao quero brigar mais estou cansada disso > nessa hora quase derriti < eu tambem nao quero lolo > vi ela arregalar os olhos < desculpe lauren euvou embora esta tarde .> me virei quase cai so nao cai poque ela me segurou pelo braço<nada disso eu levo vc nao esta em condiçaes  de dirigir >me despedi das meninas

LAUREN

tinha acabado de colocar a ally na cama ela estava tao bebada que eu tive que trocala  foi dificil resistir mais eu resisti nao ia fazer nada com ela naquele estado ela estava quase pegando no sono eu estava indo embora quando  ela me puxa < deita aqui comigo so me abraça  por favor > nao resisti deitei na cama abraçando ela por traz ficando de conchinha ela e caio no sono assim agarrada a unica mulher da minha vida


Notas Finais


ai esta mais um


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...