História Um amor proibido - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela, Angélica Vale, Jaime Camil
Personagens Angélica Vale, Jaime Camil
Tags Angélica Vale, Jaime Camil, Valecamil
Visualizações 44
Palavras 825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E ai gente to voltando a escrever depois de uma semana kkk espero que curtão esse capítulo muitas coisas estão por mudar nos próximos capítulos que pretendem dar um agitada na história.

Capítulo 6 - Conflitos do passado


Fanfic / Fanfiction Um amor proibido - Capítulo 6 - Conflitos do passado

Olhei nos olhos dele respirei  fundo e falei :
-Olha isso que aconteceu hoje não pode mais acontecer , só isso que tenho para falar  se me der licença tenho que preparar a comida para as crianças.
- Isso o que meu Deus ? Os beijos? Angélica quando você vai aceitar que fomos feitos um para o outro . Ta certo eu errei e admito meus erros mas  você também já errou nos dois tivemos culpas e inseguranças que acabaram com nossa relação. Mas não somos felizes com as pessoas que estamos . Tem coragem de falar para mim que está feliz? Se estiver feliz eu juro que não te incomodo mais .
- Mas o que isso interessa a você? Nós dois não temos nada , nem amigos próximos somos mais , nós vimos de vez em quando por que nossos filhos estudam na mesma escola e somos praticamente vizinhos. Então acho que isso não te da o direito de se meter na minha vida.
- Não foi isso que você demonstrou  mais cedo quando me beijou  no carro e depois me beijou de novo na frente da quela fã por que estava morrendo de ciúmes .
- Em primeiro lugar você é que me  colocou contra o carro e me beijou e em segundo em relação a fã foi só uma desculpa para ela se desgrudar de você as crianças estavam inquietas no carro e eu queria vir para casa de uma vez.
- E quanto a ligação que você disse que me ama .
- Eu não disse nada acho que você está ficando paranóico ou está ficando surdo  .
- Ata além de louco e surdo o que eu sou mais ? Por que está tão  braba comigo ?! Para de inventar desculpas e seja direta.
- Quer saber o que você é ? CÍNICO,  MULHERENGO E  CAFAJESTES . ( Nessa hora já tinha elevado meu tom de voz e perdido minha paciência com Jaime )
- Você vem me chamar de meu amor e disser que fomos feitos um para outro depois de dar em cima daquela garota ? Além de estar casado e com filhos com outra mulher . Que tipo de mulher você acha que eu sou ? Eu não sou do tipo dessas suas amiguinhas que ficam com você uma noite,  que se prestam ao papel de amante. Você acha que eu não sei que você já traiu a Heidi diversas vezes , agora quer que eu seja a próxima da lista.
- Como assim da onde você tirou isso ? Olha só eu admito já trai sim a Heidi várias vezes por que eu tentava sempre mudar e na minha cabeça outras mulheres uma diferente em cada dia poderiam tentar  oculpar o vazio que você deixou na minha vida  que Heidi tentou oculpar mas nunca conseguiu . No passado nossa relação não deu certo exatamente por isso pela insegurança que você sentia quando outras mulheres estavam comigo e acredite eu te entendo devia ter te colocado mais como minha mulher perto das outras fui um idiota devia ter gritado aos quatro ventos que você  era o amor da minha vida devia ter te valorizado mais . Meu amor você também  tem que entender que você é e sempre será a ÚNICA mulher que eu amei e vou amar e tem que confiar em mim . Eu nunca senti nada pela Heidi por um erro meu de ter ficado com ela uma noite sem preservativo  enquanto estavamos brigados botei nossa relação a perder no passado mas desse erro nasceu a Elena e eu não me arrependo por que você e  ela são as mulheres da minha vida . Na quele dia do seu casamento você me deu uma " facada no coração" quando nós brigamos e eu te propôs a largar tudo e ficar comigo e você disse que não .
-Como eu iria largar Otto que era super carinhoso comigo , sempre esteve ao meu lado , para ficar com você que iria ter uma filha  com outra eu não poderia ser feliz, com peso na consciência de Elena não conviver todo tempo com o pai .
- Eu entendo  suas razões  meu amor e sei como é sou filho de pais separados mas eu não iria abandonar Elena.
-  Na quela época eu também não tinha confiança em você por tudo que acabou de falar . Mas você tem razão nós dois éramos e acabamos com nossa relação.
- É eu sei mas ela ainda não acabou  deixa eu te mostrar que eu mudei e que tudo que sinto por você nunca foi passageiro , deixa eu te mostrar o quanto eu te amo , o quanto amo seu sorisso , seus olhos , sou corpo como você é perfeita para mim , e que sempre fui seu só seu , posso ter feito sexo com muitas mulheres mas amor eu só fiz com você.




Notas Finais


Será que a Angélica vai dar essa segunda chance o que acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...