História Um amor quase impossivel - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~jessica84

Exibições 86
Palavras 880
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom esse é o ultimo cap por favor leiam escutando
full moon-eternal snow
é só isso a segunda temporada vai estar lá em baixo nas notas finais boa leitura

Capítulo 24 - Então issó...é o "fim'' FINAL


Fanfic / Fanfiction Um amor quase impossivel - Capítulo 24 - Então issó...é o "fim'' FINAL

Derrepente uma luz envolve marinette transformando suas veses igual a de chat noir (tipo o traje de ladybug) os cabelos de marinette ficam soltos a luz é tão forte que natanael foi pra traz, fazendo marinette ir junto aos outros eles se olharam e partiram para cima de natanael o atacando ele se defendia mais não era tão forte marinette invoca um poder incrivel fazendo ele bater as costas na parede todos acertavam ele, ele estava quase desacordado quando ele consegue se afastar e estende a mão fazendo aparecer um arco e flecha e começou a atirar neles eles tentavam se esquivar mais ele era muito rapido e conseguiu acertar de raspão o braço de marinette a fazendo soltar um grito de dor.

Adrien: marinette!-ele foi em direção a ela mas natanael lançou uma flecha na direção de adrien mais como ele estava de chat seus sentidos felinos fez ele recuar para traz.

Natanael: não adianta o lugar machucado vai ficar dormente e vai perder o movimento mesmo que tenha pegado só um pouco ainda sim ela não vai conseguir mais mexer o braço, mais isso não é nada eu quero acertar essa fecha no coração porque se eu conseguir acertar o coração vai paralisar e ela vai morrer

Adrien: EU NÃO VOU DEIXAR!- disse indo pra cima dele natanael tentava atirar nele só que não conseguia adrien conseguia desviar muito bem dos ataques, e as roupas de chat noir que adrien vestia não era mais preta e sim brancas e seus olhos estavam vermelhos como sangue, ele correu em direção ao natanael não dando tempo dele fazer nada e o puxou pelo pescoço-AGORA!-ele gritou e misaki pegou sua katana e correu em direção ao natanael e decepou a cabeça dele.

Tudo estava acabado

Jessica: bom eu.. vou ir embora não vou mais voltar para o acampamento sinto que devo começar minha nova vida sozinha mais foi um prazer conhecer vocês com licença-ela se retirou e logo em seguida saiu junto dizendo que foi uma honra ter conhecido eles e lutado ao seu lado e saiu sem dizer aonde iria e só sobraram três pessoas o Cavaleiro, Adrien e Marinette.

Cavaleiro: esta na hora de cumprir nosso trato certo?-disse ele com uma voz assustadora

Adrien:que trato marinette?-disse adrien a encarando

Marinette:......-ela não falou pois ficou com medo de qual seria sua reação

Cavaleiro:bom ela concordou que se natanael morrese ela daria sua alma para mim(Jéssica:referencias a supernatural e DEAN É GOSTOSO PRA PORR/Jessica: cala boca e escreve/Jéssica: Okay *~*)

Adrien: não ela não vai fazer isso!-ele estava irritado

Cavaleiro:Então faça no lugar dela e ela vai poder criar esse filho que carrega na barriga

Adrien: fechado!-disse apertando a mão do cavaleiro

Marinette:Adrien NÃO!-ela disse chorando adrien se aproximou e beijou marinette

Adrien:quero que você viva e crie nosso filho e viva por mim uma vida com paz e tranquilidade me promete?-ele disse segurando suas mãos

Marinette:P-prometo- ela disse confiante quando ele ia se levantar ela o puxa-Eu te amo-disse abraçando ele e chorando com todas as forças que tinha

Adrien: eu tambem te amo My Lady- ele deu um selinho rapido nela e foi para perto do cavaleiro.

O cavaleiro tocou o rosto de Adrien e uma luz negra começou a sair do corpo de adrien e derrepente ele caiu no chão morto, o cavaleiro se aproximou de marinette

Cavaleiro:agora é sua vez-ele foi se aproximando mais ela se afastava mais e mais

Marinette:C-como assim ? e-ele m-morreu por nada?-ela já estava sentindo as lagrimas com mais força, o cavaleiro a incurralou na parede e se abaixou

Cavaleiro:não foi por nada ele me alimentou agora você ja deu seu sangue e não pode voltar atraz- ele disse com uma voz de quem estava se divertindo com a situação ele tocou o rosto dela e ela sentiu toda a energia sendo sugada do seu corpo e tudo ficou escuro.

 

 

 

Pensamento da marinette

Que lugar é essa por que esta tudo escuro?

Começei a caminhar mais não dava em lugar algum até que paro e derrepente vejo uma luz forte vindo em minha direção.

quanto mais ela vai se aproximando mais percebo que não é uma luz e sim uma mulher palida com longos cabelospretos e um vestido branco.

Lua: Eu te concedo o desejo de viver com seu amado vá minha criança

a mulher se aproxima de mim e beija minha testa e tudo fica claro abro meus olhos e vejo que estou deitada numa cama de hospital com varios tubos em volta de mim

EU: o que aconteceu?-minha cabeça doi e meu corpo tambem minha voz esta fraca

Alya: amiga você acordou que bom-disse Alya me abraçando soltei um gemido de dor que fez ela recuar-desculpa

Eu: tudo bem mais o que aconteceu?-disse confusa não me lembro de nada

Alya: você saiu mês passado e foi comprar um livro chamado "Um amor quase impossivel" quando foi atropelada pelo Adrien aquele filho de papai, ai se eu pego ele eu arrebento, mais qual sono tão bom você tava tendo que não queria acordar?-ela me encarou confusa

Eu: não me lembro de nada que eu sonhei-o estranho é que eu não me lembro mesmo mais só tenho uma coisa a dizer "Mudo real eu Voltei".......

Continua na segunda temporada.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...