História Um amor que enfrenta barreiras (Yoonseok/Sope) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Sope, Vkook, Vkookmin, Vmin, Yoonseok
Visualizações 178
Palavras 1.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Entooon galera (khe)

Era pro capítulo ter saído ontem ou anteontem, mas eu não consegui terminar

Desculpa o capítulo bosta, eu realmente tô sem imaginação e tinha uns Bang pra fazer.

Fiquei com o otp

60 favoritos ♥

PS: desculpem qualquer erro

Capítulo 9 - Atitude inesperada


Pov Hoseok

 

Fazem exatos dois meses que eu conheci um cara e comecei a ficar com ele, foram sensação diferentes e o medo reina até agora, medo de meus pais descobrirem.

 

Falando em meus pais, eles vieram com atitudes estranhas ultimamente e falaram que não queriam mais ser responsável por um inútil, eles viajaram para o Japão e me deixaram na casa da minha tia, mãe do jin, a única que aceitou cuidar de mim.

 

Ela até me tratava bem, mas não parava em casa, então era praticamente morar sozinho com Jinnie. 

 

Meus pais continuam mandando dinheiro para pagar minha faculdade, então não tenho com o que me preocupar tanto, minhas únicas preocupações são estudar e levar minhas roupas para a lavanderia. 

 

Eu agora estou ficando com Kim MinHyuk, dono da empresa que herdou do pai, é super gente boa. Eu comecei a ficar com ele na intensão de esquecer uma pessoa, mas parece que isso não aconteceu, e não posso negar esse fato. Mesmo fazendo isso, não me sinto culpado por "usa-lo", afinal, não temos nada sério e isso não pode ser classificado como um relacionamento.

 

Ele me deixa e me pega na faculdade quase sempre, porque as vezes esse é o único momento que podemos ficar juntos, fazíamos mais isso quando eu morava com meus pais, agora posso ter a liberdade de sair de casa para passear e etc.

 

Ultimamente tenho notado Yoongi meio estranho e distante, ele tem ficado com muitas garotas e ido de ressaca para a faculdade por culpa das festas que frequenta. Não acho isso nada bom, fico super incomodado, e isso de ficar indo pra escola sem dormir direito, o que com certeza ele esta fazendo, é prejudicial a saúde. Ele também se afastou de mim nesse tempo e tem andando mais com Jungkook, e eu suspeito que o mais novo esteja sentindo algo por Yoongi. 

 

Nesse meio período de tempo fiz um novo amigo, Park Jimin. Ele é do meu curso de dança e até agora só nos vemos por lá mesmo. Ele é muito legal e marcamos de sair, juntos com todos nossos outros amigos, e Yoongi me prometeu achar um tempo para ir com a gente e conhecer meu novo amigo. 

 

Saio andando pelas ruas de Seul sem rumo, ninguém tinha tempo livre hoje depois da universidade, então minha única escolha foi ficar sozinho. Fiquei pela praça até um pouco antes de anoitecer, até que uma menininha veio correndo até mim. 

 

— Oi tio, você viu meu cachorrinho? — Ela perguntou enquanto levantava as mãos mostrando uma coleirinha solta. 

 

— Seu cachorrinho? Acho que sim, como ele é? 

 

— Ele é bem branquinho, ainda é filhote e gosta de sair correndo por aí — fez um biquinho e ficou olhando em volta.

 

— Eu não vi, mas podemos procurar, vem.

 

Me levantei e segurei na mão da garota, que exitou umas pouco mas logo segurou e assim fomos procurar o tal cachorrinho. Ela me disse que estava passeando com o cachorrinho e o irmão, mas ele fugiu da coleira e saiu correndo. Me perguntei onde estaria o irresponsável do irmão dessa garotinha. 

 

Depois de tanto andarmos pelas proximidades do parque achamos ele latindo para um gato que tentava pular a cerca, a garotinha deu um sorriso e pegou o cachorro, desta vez, prendendo a coleira direito para ele não fugir de novo.

 

Quando olhei pro lado nem acreditei em quem eu via, Kim MinHyuk correndo em nossa direção, ele primeiro me olhou dando um sorrisinho e depois se abaixou pegando a garotinha e o cachorro. É, acho que achei o irresponsável.

 

— MinHee, Você me assustou sumindo assim!

 

— Desculpa, eu vim atrás do Bill — Inflou as bochechas e deitou a cabeça na curvatura do pescoço do mais velho. 

 

— Tudo bem, vejo que conheceu Hoseok — Sorriu e deixou o cachorro no chão, segurando apenas a coleira. — Vai lá pro carro me esperar ok? — colocou a menina no chão também.

 

— Ta bom, tchau tio — acenou e foi correndo em direção ao carro dele.

 

—Sua filha? — perguntei brincando enquanto olhava o horário no relógio da pracinha. 

 

— Minha irmã mais nova — Se aproximou e com um movimento rápido me empurrou contra uma árvore. — Não me ligou hoje.. — disse distribuindo beijos e alguns chupões pelo meu pescoço — Se tivesse ligado eu teria ido te ver..

 

— hm... — um gemido involuntário escapou de meus lábios quando ele pressionou minha cintura — "Hyuk".. Alguém pode nos ver aqui..

 

— Tem razão — Me beijou e logo depois afastou nossos lábios —Nos vemos depois — me selou rapidamente e saiu correndo em direção ao carro. 

 

Neguei com a cabeça e sai do local sentindo uma mulher me observar com olhares tortos, ignorei e continuei meu caminho. 

 

[...]

 

— Vamos Jinnie! Prometo que uso rapidinho e já te devolvo! — Fiquei de joelhos no chão para ver se isso comovia o coração intocável de SeokJinnie.

 

— Aish, desisto, toma logo isso e some com ele — Me entregou o celular e eu sai correndo para o meu quarto. 

 

"De: Seokjin

Para: Yoongi

 

Hyung, sou eu, Hobi, está ocupado? Se não.. Posso ir ai?"

 

~ enviar.

 

Enviei aquela mensagem e fechei o aplicativo, fiquei um tempo pelo youtube até receber uma resposta.

 

" De: Yoongi

Para: Seokjin

 

Olha como você é sortudo, não estou ocupado hoje ^-^~

 

Quando estiver vindo aqui, a chave esta debaixo da porta, só faça entrar que eu vou tirar um cochilo "

 

Não digitei mais nada, só apaguei as mensagens do celular do jin e fui tomar um banho rápido. Vesti uma calça normal e um moletom que eu roubei do jin, calcei meu sapato e fui entregar o celular do jin. 

 

 

Entrei no quarto com tudo e me arrependi da escolha, vi Namjoon sem camisa, por cima do jin tirando as roupas dele. Fechei meus olhos para não ficar mais traumatizado ainda e deixei o celular no chão mesmo, perto da porta. Só para dar um susto neles fechei a porta do quarto com tudo e sai correndo de casa. 

 

Em pouco tempo cheguei na casa de Yoongi, só demorei um pouco porque resolvi comprar algumas besteiras no mercado antes de chegar, peguei a chave super bem escondida debaixo do tapete e entrei escutando barulhos altos da televisão.

 

Andei devagar pela casa, como se eu fosse espiar o que um demônio estava fazendo, mas esse cuidado todo era só para não acordar Yoongi mesmo. Encontrei o mesmo dormindo na cama com vários pacotes de salgadinhos ao seu redor e a televisão ligada no máximo, onde passava um desenho, no qual os personagens tinham uma voz amedrontadora.

 

Me sentei em um espaço livre da cama e comecei a acariciar o rosto de yoongi, que se encontrava com o verde, antes azul, já desbotado, não me contive e comecei a mexer nos mesmos enquanto achava uma posição boa na cama.

 

— aish, eu queria entender onde eu errei para você se afastar tanto de mim..

 

Senti o mais velho se mexer ao meu lado

 

— Você não errou em nada, não se preocupe.

 

Ele sentou na cama esfregando os olhos, provavelmente ainda estava com sono e eu estava o atrapalhando. Ficamos calados por alguns segundos, quando eu resolvi cortar aquele clima.

 

— Eu trouxe algumas coisas pra gente comer

 

— Ta, hm.. Deixa só eu tomar um banho pra acordar direito.

 

Assenti e sai do quarto indo até a cozinha, peguei a sacola na qual tinha as bobagens e fui tirando, mas pensei melhor e resolvi preparar algo para comermos antes. Fiz yukgaejang para nós dois e deixei na mesa, logo Yoongi desceu secando o cabelo com a toalha e se sentou.

 

— Você come tantas besteiras, parece ate que mora sozinha — pegou o dele e foi para a sala, sentando no chão mesmo. Eu fui logo em seguida. — comprou tudo isso?

 

Apontou para a sacola cheia de doces e salgadinhos na bancada. 

 

— Sim 

 

[...]

 

Fizemos uma sessão de filmes enquanto comiamos algumas. Nós dois estávamos sentados no sofá, praticamente deitados, já que nossos pés estavam apoiados na mesinha de centro, em certo momento começou uma cena quente no filme, o que me fez ficar constrangido. 

 

Olhei para o lado e Yoongi se encontrava na mesma situação, por um impulso, e o desejo que eu não reconhecia ser tão forte na época, sentei no colo dele que me olhou assustado. 

 

— O que você está fazendo? — ele me fitou com os olhos um pouco arregalados.

 

Não o respondi, só aproximei nossos rostos e pude perceber nossas respirações ficarem pesadas. 

 

— Hobi.. — O imperrompi.

 

— Shiu..

 

Continua...


Notas Finais


Gosto de cortar o prazer mesmo
Beijos de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...