História Um amor que ultrapassa barreiras - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~QueenDramaa

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Madara Uchiha, Nagato, Neji Hyuuga, Pain, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju
Tags Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 104
Palavras 1.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


E aí meus leitores lindos? Como estão? Então lembrando que a fic e para maiores de 18 mas se você for menor e quiser ler pode. Mas so não deixe seus pais te pegarem 😉 bjos e boa leitura 😁😁

Capítulo 6 - Inferno


Fanfic / Fanfiction Um amor que ultrapassa barreiras - Capítulo 6 - Inferno

Eu e Ino terminamos de nos vestir, fomos levadas para um quarto no andar de baixo e em seguida nos trancaram.
Olhei para o local vi que tinha duas janelas pequenas de grade e duas camas de solteiro e um pequeno criado mudo entre as camas, me sentei em uma delas. E Ino sentou ao meu lado e logo  porta se abriu e Zabuza entrou no quarto dizendo olhando para Ino:

- Você terá uma semana para se adaptar. Mas logo começará a trabalhar. E aqui será o aposento temporário de vocês. Logo se juntaram as outras garotas.

Ele fez uma pausa se voltou para mim e disse:

- Mas você minha querida tenho algo para você hoje.

Estremeci com o comentário, e ele disse segurando uma mecha de meu cabelo.

- Em duas horas eu volto para te buscar.

Assim ele saiu do quarto. Ino me encarou e disse:
- Amiga, acho que você sabe oque vai acontece não é?
Fiz que sim com a cabeça e ela continuo dizendo:

- Enfim, quando acontecer deixe sua mente te levar para outro lugar. E saiba que eu estarei aqui para cuidar de você depois.

Ino me abraçou, ficamos ali abraçadas, eu não sabia oque fazer. Ainda não caiu a ficha do que estava acontecendo.

Logo a porta e aberta e uma moça com coques no cabelo entrou dizendo:

- Venha Sakura. Devo te preparar.
Segui atrás da garota, que me levou para um cômodo no segundo andar. Em seguida entramos em um quart grande luxuoso que tinha uma cama bem no centro. Logo ela fez sinal para mim ir para  o banheiro, se ofereceu para tirar minha roupa mas eu disse que conseguia fazer isso sozinha. Em seguida eu entrei na Banheira e falei:
- Qual é seu nome?
- Tenten.
Ela disse secamente.
Eu perguntei:
- Quanto tempo você está aqui?
Ela ponderou antes de responder:
- Hmm, acho que tem uns 2 anos.
Ela continuou dizendo:
- Da para ver que você está assustada. Mas enfim aqui a regra cuidar uma das outras. Mas essa regra não e seguida. Só quero lhe dizer para ter cuidado em quem confia. E quer um Conselho? Esqueça sua vida anterior ela não voltará mais. Quanto mais cedo você esquecer mais fácil será ficar aqui. Com o tempo você até aprende a chamar aqui de lar. E olha e melhor você beber isso aqui. Vai te ajudar a passar por isso.
Eu olhei para os comprimidos e disse:
- Oque são?
Ela disse:
- Vamos dizer que são calmantes.
Eu a encarei e ela disse:
- Você que sabe, se bebe ou não.
Ela praticamente cuspiu essas palavras na minha cara. E terminou de me ajudar com o banho e me entregou uma lingerie Branca e me ajudou a me vestir oque parecia ser uma chemise, Logo ela saiu em direção a porta.
Fiquei parada um por um bom tempo sentada na cama olhando os comprimidos e resolvi tomar eles tudo de uma de vez. Logo senti meu corpo ficando mais pesado, logo a porta foi abrindo e eu vi uma figura masculina entrando no quarto e fechando a porta atrás de si. Olhei bem seus cabelos eram de um vermelho vivo, e o seus olhos castanhos. Seu sorriso era malicioso. Ele me encarava tão intensamente que me senti despida na frente dele. Logo sua voz quebrou o silêncio:

- Mas que bela criaturinha que eu vejo aqui.

Me afastei dele. Que segurou meu braço e me beijou violentamente e mordeu o meu lábio inferior, tentei me desvencilhar de seus braço mas foi em vão disse baixinho:
- Me tira daqui por favor!

Ele sorri, e fala:

- Você vai ser minha!

Tento me soltar novamente oque o faz me dar murro na boca do estômago, fico tossindo em busca de ar, ele me prende contra a parede, e tira minha minha chemise com a apenas umas das mãos enquanto a outra prende meus pulsos acima de minha cabeça. Eu grito desesperada:

- NÃO FAZ ISSO POR FAVOR! ME SOLTA! AAAH!
Ele me segura entre os braços me sacode me fazendo bater a cabeça na parede. Oque me faz ficar tonta intensificando o efeito dos comprimidos. Em seguida ele me joga na cama com brutalidade, e com um canivete ele rasga meu sutiã e minha calcinha e fica alisando aquele objeto nas minhas coxas e minhas lágrimas já cobrem o meu rosto e eu falo com a voz embargada:
- Não faz isso.
Ele ignora totalmente meu comentário e faz um corte ali mesmo. Solto um gemido de dor. Logo em seguida ele começa a tirar a sua roupa e expõe o seu membro que era muito grande e eu fecho os olhos e tento sair da cama e ele me puxa pelos pés, eu chuto o seu rosto e ele me puxa novamente dou lhe um soco na cara, oque faz ele ficar irritado e me jogar no chão e subir por cima de mim e bater minha cabeça no chão, em seguida ele da vários socos no meu rosto pude sentir o gosto metalico de sangue, e depois me coloca na cama, e me vira de frente para ele e começa a penetrar rapidamente, eu já não tenho mais forcas para me defender, a sensação e  como e eu tivesse sendo rasgada por dentro, e ele começou a se movimentar mais rápido, e segura meu pescoço me fazendo ficar sem ar, logo sinto seu líquido quente me invadindo e um cheiro misturado de sangue suor e álcool inundam meu nariz me fazendo querer vomitar. Quando eu achei que Ele tinha acabado ele me pegou e me jogou com brutalidade em uma mesa e me virou de bruços me deixando totalmente exposta a ele. E logo em seguida ele começo a me penetrar novamente segurando meu corpo contra a mesa e meu dois tapas na bunda, seu peso ficou contra meu corpo me impossibilitando de me mexer, sinto sangue escorrendo em minhas pernas, so queria ir para longe dali. Queria que esse inferno acabasse logo. Queria morrer. Logo que ele terminou, me largou ali na mesa deitada, e eu caiu no chão. Imóvel meu corpo tremia involuntariamente e eu não conseguia mais chorar. Apenas me levantei  e me encolhi em um canto qualquer do quarto me sentindo um lixo. Tinha muito sangue na minha intimidade coxas, meu nariz  sangrava minha boca também, meu esquerdo mal abria.

Até que ele quebrou o silêncio dizendo:

- Você me proporcionou bastante prazer mocinha. E realmente você era virgem. Com certeza voltarei para te ver novamente. E só para constar eu gosto que revidem.

Por fim ele saiu do quarto e fechou a porta. Minutos depois Tenten entra no quarto e leva a mão na boca. E eu imagino que meu estado seja deplorável, logo ela chega rapidamente perto de mim. E me ajuda a me levantar e em seguida me enrola num lençol. Eu não falo nada, apenas olho para algum ponto fixo no quarto. Tenten não faz nenhuma pergunta e me leva para o banheiro me ajudando a tomar banho e cuidando de meus ferimentos, a água quente contra meu corpo na banheira e uma sensação reconfortante, observo a coloração, ficando avermelhada devido ao sangue. Limpa e com os curativos e vestida com um vestido Branco e uma calcinha de algodão azul. Tenten me leva para meu quarto, chegamos la Ino quando me vê se assusta e corre em minha direção, me abraçando dizendo:
- Oh meu Deus Saky! Oque fizeram com você?
Tenten entrega uns panos e remedios pra Ino e lhe da algumas instruções. Logo eu me deito na cama e Tenten sai do quarto me desejando melhoras. E Ino se volta para mim, senta ao meu lado me coloca minha cabeça no seu colo me fazendo carinho no cabelo e cantarola uma musiquinha de ninar. Me fazendo dormir.



Notas Finais


Oque acharam? Não deixem de comentar o para mim saber se estão gostando da fic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...