História Um amor rebelde (imagine suga)BTS - 1 temporada - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Bts, Imagine Suga, Rebeldia, Suga
Exibições 142
Palavras 774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


1-Desculpem por não ter postado antes de ontem e nem ontem e que estava com problemas pessoais
2-Como alguns sabem o aniversario do Jin esta chegando então pensei em fazer um homenagem pra ele
3-Por favor gente votem nos meninos do BTS no MAMA,eles estão em segundo lugar e o EXO em primeiro sou fã do EXO mais agora é a vez do BTS então por favor votem neles
4-Amanhã eu vou ter o tempo livre então vou conseguir responder o comentários de vocês desse capitulo e de outros então se quiserem mandar perguntas e só mandarem

BEIJINHOS

Capítulo 15 - Sequestrada (Part 2)


Fanfic / Fanfiction Um amor rebelde (imagine suga)BTS - 1 temporada - Capítulo 15 - Sequestrada (Part 2)

 

Assim que olho no celular pela milecima vez,sou atingida na cabeça por algo muito forte,antes de acabar desmaiando vejo dois homens altos,depois disso apaguei.Acordo com uma dor insuportavel na minha cabeça e com a visão meio embaçada,quando percebo estou com meus punhos amarrados e minha pernas tambem,quando minha visão volta totalmente percebo que estou em uma casa  que parecia ter sido comprada a pouco tempo.Começei a gritar desesperada.

-SOCORRO!ALGUÉM ME AJUDA PORFAVOR - Tendo soltar um dos meus punhos mais foi em vão.Minutos depois vejo a porta sendo aberta.

-Vejo que finalmente acordou meu amor - Quando escuto a voz rapitamente levanto a cabeça

-Em primeiro lugar não me chame de amor e em segundo lugar oque eu to fazendo aqui?

-Lembra que no aeroporto tinha te dito que teria você de volta pra mim nem que alguém tivesse que sofrer?

-Então foi por isso que você teve a brilhante ideia de me sequestrar?

-Sim,e adivinha,você e aquele idiota do seu namorado nem desconfiaram

-Ele não é meu namorado 

-Que bom isso quer disser que posso fazer oque quiser com você - Eu tinha que abrir minha boca

-SABIA QUE TENHO NOJO DE VOCÊ,EU NEM SEI COMO PUDI GOSTAR DE UM LIXO COMO VOCÊ,EU TE ODEIO

-OLHA ESSA BOCA GAROTA OU QUEM VAI PAGAR AS CONSEGUENCIAS AQUI VAI SER VOCÊ OU SEU QUERIDO PAI -Logo depois dele dito isso ele sai da casa e tranca a porta 

Kaike ON

Quando Akami falou aquelas coisas pra mim me doeu um pouco porque tudo que ela disse é verdade mais tive que me manter firme

-Vocês dois venham aqui agora

-Sim senhor - Falaram juntos

-Fiquem de olho na garota,vou ter que sair e talvez não volte tão cedo

-Claro senhor - Um deles falou

~Quebra de Tempo~

Fui ate minha casa pegar algumas coisas minhas.Resolvo passar em uma loja de celulares comprar um,porque um dos idiotas dos amigos da Akami poderiam rastrear meu celular então teria que ter um novo,e pra fazer uma ligação pro pai dela dizendo que ela está bem mais obvio que não poderia ser eu e sim ela.

Kaike OFF

Akami ON 

-EI!EU TO COM FOME ALGUEM PODE ME TRAZER COMIDA

-DA PRA PARAR DE GRITAR NINGUÉM E SURDO NÃO O GAROTA - Fala um dos homens que vi adentrando a casa

-Esperai você e um dos caras que me acertou e me trouxe pra cá

-Sim isso mesmo e se não calar a boca você vai ver

-Vish filho!Acha que tenho medo de você?Me polpe né,você não causa medo em ninguém,a unica coisa que o povo tem medo e dessa sua cara feia e do teu tamanho de gigante

-Eu já falei pra calar a boca antes que eu faça uma besteira enorme 

-To nem ai pro que você vai fazer comigo eu quero e comer

-Não

-Olha aqui quem você pensa que é pra falar assim comigo

-Talvez um dos caras que te sequestrou sem nenhum problema

-Seu eu fosse você ficava de olho porque eu posso ser a ex do kaike mais ele ainda faz minha vontades,então se eu pedir pra ele causar problemas com você e sua família que com certeza você tem ele faz,agora vai buscar comida pra mim que to com fome - O gigante saio bufando da casa,tento me soltar mais uma vez mais não consigo 

-Droga preciso de algo afiado pra cortar a merda dessa corda - minutos depois o grandalhão aparece com um prato de comida nas mãos - Finalmente se tivesse demorado mais um pouco eu teria morrido 

-Para de reclamar porque eu já fiz o favor de trazer a comida - Ele caminha até a mesa que estava ao meu lado colocando a comida junto com os talheres ao meu lado

-Como você quer que eu coma se eu to com os punhos amarrados,pelo menos me solta pra mim poder comer depois se me amarra de novo

-Acha que eu tenho cara de que nasceu ontem,acha oque que sou burro?

-Tecnicamente acho - Ele se aproxima d mim apertando meus braços

-Olha a boca antes de falar

-Ah vai tomar no cu

-Olha a boca amor,pode sair - falo apontando pro cara que tava segurando o meu braço

-Chegou o capeta pra terminar de infernizar meu dia - Falo pra mim mesma

-Falou alguma coisa?

-Não nada

-Quer que eu te alimente?

-Ta achando que sou criança que precisa que a mamãe de a papinha na boca?

-Não,mais como você ta amarrada não tem como você pegar o prato e comer

-Vai se danar kaike

-Tudo bem - Ele vira de costas e caminha ate a porta

-Kaike espera!

CONTINUA...


Notas Finais


Gente o que será que acontecerá no proximo capitulo?Se está curuioso(a) pra saber espere até o próximo capitulo que sairá ainda hoje


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...