História Um amor sem motivo - imagine Jungkook - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Seventeen, TWICE
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jennie, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 53
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


B O A L E I T U R A 💛💛💛


Desculpa os erros 😘

Capítulo 6 - Sim!!! É ele que vai mudar minha vida!!!


(S/n)*on*

Chegando na casa do Vernon, saímos do carro e ele foi na frente para abrir a porta, quando eu entrei fiquei muito encantada com a casa, porque além dela ser grande, era arrumada e aconchegante.

(S/n): Que casa linda que vc tem Vernon! - disse ainda olhando a casa.

Vn: Obrigado! Quem bom que gostou - falou sorrindo - Pode se sentar, fique a vontade! A casa é sua - disse ele se sentando ao meu lado no sofa - Tá! Agora me conte o que aconteceu com vc??? - perguntou, fiquei meio receosa de contar sobre a minha vida pra um "estranho", mas sinto que ele só está querendo ajudar.

(S/n): Bom...é muito estranho eu contar sobre minha vida para um "estranho", mas vamos lá - falei tentando começar o assunto.

Vn: Não precisa ficar nervosa, pode confiar...agora relaxa e me diz tudo o que aconteceu - falou ele que de uma certa forma isso me acalmou.

(S/n): Okay...Eu morava no Brasil com meus pais, me mudei para a Coreia quando estava indo para o segundo ano colegial, quando chegamos na Coreia dois dias depois minha mãe morreu assassinada - disse com os olhos já lacremejando - Eu fiquei muito mau, não só eu mas meu pai também, no outro dia seria o meu primeiro dia de aula ou o primeiro dia no inferno, porque desde esse dia até hoje não tenho amigos e sou zoada na escola todos os dias por uns idiotas, eles já até me bateram, e o pior é que não é só isso...- nessa hora olhei pro Vernon que estava um pouco assustado com a história.

Vn: Não é só isso?? - disse imprecionado, pois eu sofria muito...fiz com a cabeça que não - Continue - falou o mesmo.

(S/n): Depois da morte na minha mãe, uma semana depois, meu pai começou a beber muito, de vez em quando ele levava prostitutas lá em casa, só que o pior de tudo é que ele todo dia chega tarde em casa, muito bêbado, e me batia muito, já fui até estuprada por ele - disse me lembrando da cena e começando a chorar, o Vernon veio e me abraçou forte era disso que eu precisava, de um abraço sincero, apenas isso.

Ficamos abraçados por alguns segundos e depois nos soltamos.

Vn: Eu não fazia a mínima ideia de que era tão grave assim, mas vou te ajudar - falou todo confiante.

(S/n): Obrigado, mas como vc vai fazer isso? - perguntei meio que curiosa e feliz ao mesmo tempo.

Vn: Olha, sei que é meio doidera o que eu vou fazer, mas...- fiquei preocupada agora - Bom...eu me mudei pra Coreia à uma semana e moro sozinho, vc não vai poder voltar para a sua casa com o seu pai desse jeito - o pior é que ele tem razão - Então...se vc quiser pode morar comigo.

(S/n): Nao...não quero te incomodar com os meus problemas - falei meio triste.

Vn: Não vai ser incômodo nenhum! E sim vc vai ficar, aproveitamos que amanhã é terça e no horário de trabalho do seu pai eu te levo até sua casa pra pegar suas coisas - disse ele sorrindo, não me aguentei e o abracei, bem forte.

(S/n): Obrigado mesmo, por tudo! - falei soltando o abraço, ele sorriu como "de nada" - Mas o meu uniforme está na minha casa e amanhã eu tenho aula.

Vn: Nossa é mesmo!!! Amanhã é meu primeiro dia de aula, por um acaso a sua escola é a _________________(estou sem criatividade, então inventem ai ksksks) - perguntou e eu fiz q "sim" com a cabeça - Que legal! Então vamos fazer assim, seu pai agora deve estar em um sono profundo, eu te levo lá agora e vc pega apenas o que vc precisa para a escola amanhã, aí depois da escola a gente pega o resto de suas coisas.

(S/n): Okay!!

Vn: Então vamos - falou pegando as chaves do carro.

Segui ele até o carro, entramos e fomos, mostrei onde era minha casa, chegando lá eu desço do carro e vou em direção à porta da minha casa e à abri devagar, o Vernon estava me esperando no carro, consegui entrar sem fazer barulho, vi que aquele monstro estava dormindo no sofá todo babado. Subi as escadas ainda devagar, entrei no meu quarto e peguei tudo que precisava, meu uniforme, minhas maquiagens, minhas meias, meus sapatos, meu celular com meu carregador e meus fones, meu pijama e minha toalha, até porque na casa do Vernon não tem isso, ter ele tem, mas não pra mim. Peguei tudo e sai em silencio, entrei no carro e voltamos para a casa do Vernon. Entramos na casa dele.

Vn: Vem (S/n)! Vou te mostrar seu quarto - apenas o segui, subimos as escadas e ele abriu uma porta preta, entrei e fiquei de boca aberta, pois o quarto era muito grande tinha um closet, uma penteadeira e um banheiro.

(S/n): Uau!!! Que quarto lindo! - disse sorrindo.

Vn: Pse! Agora ele é todo seu! - falou dando uma risada.

(S/n): Ue, porque está rindo? 

Vn: Sua cara olhando o quarto, ficou engraçada - disse ele ainda rindo um pouco.

(S/n): Aigooo! Para de rir - falei brava e fazendo bico.

Vn: Aiin que fofa!!! - disse apertando minhas bochechas, dei um pequeno sorriso - Bom, vou descer para fazer algo para comermos.

(S/n): Okay! Vou tomar um banho - falei e o mesmo assentiu e saiu do quarto fechando a porta. Peguei minha toalha e meu pijama e fui tomar banho, quando saio do banho coloco o meu celular para carregar e já deixo ativado o despertador, depois desço e eu e o Vernon comemos, conversamos e rimos muito, ele é muito engraçado, estou feliz de finalmente ter feito um amigo e pela minha sorte ele ainda vai estudar na mesma escola que eu. Quando terminamos de comer e o ajudei a lavar a louça, nos despedimos e subimos para os nossos quartos. Deitei na cama e fiquei pensando em como minha vida pôde mudar do dia pra noite, literalmente, pensei tanto que acabei dormindo.

 

 

 

Continuo...


Notas Finais


Demorei muito, MASSSS está aí 😘😘

Espero que tenham gostado ❤❤❤

Kissus 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...