História Um Amor Uma Dor (Bibidro) - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bianca Tatto Marques (BIBI), Bruno "TotalCraft" Santana, Jhennifer "Coelha" Angelina, Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso
Personagens BIBI Tatto, Pedro "SrPedro" Montanari
Tags Bibidro
Visualizações 115
Palavras 282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Violência
Avisos: Álcool, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Casamento Flokiisevil



Semanas depois 


P.V.O Flokiis 


Acordei cedo na noite passada a Coelha e a Bibi dormiram aqui então logo fui tomar banho e acordar elas, assim acordei elas fizeram suas H.P e fomos tomar café em uma lanchonete no shopping pra logo depois irmos ver um vestido pro meu casamento falta uma semana o Rezende pelo oque eu sei ja compro seu termo mas eu não vi assim tomamos o café e fomos até a loja que vende vestidos lindos pra casamento vários e vários vestido provei e não gostei um que a Bibi me mostrou eu me apaixonei logo vesti e adorei assim levei ele 


No dia do casamento 


Acordei cedo muito ansiosa, nervosa tudo hoje é o dia do meu casamento ja tomei meu banho as meninas estão aqui pra me ajudar a me arrumar ficar linda pro casamento assim elas me arrumaram com aquele vestido longo branco, uma maquiagem básica, gostei muito do resultado faltava mais ou menos 3 horas pro casamento assim já fomos pra  igreja ficar lá ate a hora do casamento assim que deu o horário eu entrei la estava o Rezende la na frente com um terno preto lindo fui ate la e o padre começou a falar 


Vou falar apenas as partes principais 


Padre: Pedro Afonso Rezende Posso aceita Aline Da Penha como sua legítima esposa 


Rezende: Aceito 


Padre: Aline da Penha aceita Pedro Afonso Rezende Posso como seu marido


Flokiis: Claro que aceito 


Padre: Podem se beijar


Assim nos beijamos, um beijo calmo e doce separados por falta de ar assim saímos da igreja e nossos amigos nos parabenizamos, fomos pra casa chegando la tudo começou 


Sim é hot não escrevi porque to com preguiça 



.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...