História Um anjinho para nós - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Asmodeus, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Ithuriel, Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Maryse Lightwood, Raphael Santiago, Raziel, Robert Lightwood, Simon Lewis
Tags Alec, Anjos, Instrumentosmortais, Magnus, Malec
Exibições 62
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiii desculpa a super demora, tô meio sem inspiração para essa parte hahahah digamos que a lua de mel está ficando maior do que esperava 😂😂😂😂
ps: leiam as notas finais!!!

Capítulo 18 - A visita inesperada


Fanfic / Fanfiction Um anjinho para nós - Capítulo 18 - A visita inesperada

Magnus leva seu amado até a cama e o deita da maneira mais delicada que consegue. Alec da um leve acordada e sorri.

- Sabia que você é muito lindo? - sua voz era um misto de embreagues com manha.

- Talvez sim. - Alec joga seus braços no pescoço do moreno acabando com a distância dos dois.

- Você é o cara mais sexy que já conheci! - sussurra no ouvido do outro e se afasta.

Alec estava com as bochechas rosadas e os olhos brilhando, devido a luz que iluminava o local. O moreno coloca o dedo na boca e da um leve sorriso travesso, tentando afastar os pensamentos impróprio.

- Eu deixaria você me comer sempre que desejasse, mas sou casado… com um homem tão gostoso quanto você! - o feticeiro percebe que tal já havia perdido totalmente a razão, pois ao menos o conhecia.

- Acho melhor você dormi, não queremos cometer nenhuma besteira! - da um leve piscada para o amado o fazendo corar.

- Deita comigo?! - naquele estado seu bico fica ainda mais irresistível.

- Tudo bem, mas você precisa dormir!

O moreno bate continência, solta um sorriso travesso e puxa o feticeiro para deitar com ele. Algumas horas depois de cafuné, foram o suficiente para Alec adormecer. Magnus sabia ele acordaria com uma dor de cabeça e tanto, então resolveu fazer aparecer uns remédios e muita água. Sem nada para fazer decidiu falar com Jace, já que não tinha notícias de casa desde ontem a noite.

Magnus: Jace como estão as coisas aí?

Loirinha do tcham: Fala aí aprendiz de Harry Potter! Aqui esta tudo bem, Enzo está comendo direito. Começou às aulas dele e… como posso dizer… o menino sabe fazer amigos hahhahaha sério quase todos os alunos já são fã dele, puxou o tio! Mas me conta como estão as coisas aí??? Já quebraram a cama??? Alec já tá mancando??? Pera… é meu irmão, não me conta nada!!!!

Magnus: Enzo puxou o pai isso sim!!! Mas fico feliz que ele fez amizade rápido, foi uma ótima ideia Alec não estar aí nos primeiros dias dele…. Digamos que seu irmão é….

Loirinha do tcham: Super protetor, pai coruja, nervosinho…

Magnus: Simmm!!! Mas sobre seu irmão estamos bem

Loirinha do tcham: PARO!!!! Sem piadinha, sem irônia???? O que tá acontecendo???? Posso abri essa boca aí e fala seu projeto de mágico!!! O q vice fez pro meu parabatai?

Magnus: Eu não fiz N-A-D-A!!!! Ele que ficou estranho depois da história dos meus amigos e agora tá todo cheio de love com aquele Dylan, lá!!!

Loirinha do tcham: O QUE??? O Dylan tá aí??? E tá perto do Alec???? Você tá frito!

Magnus: Como assim??? Porque???? O que esse projeto de dálmata pode fazer???

Loirinha do tcham : Simples!!! Ele tem um amor platônico pelo Alec desde… deixa eu ver… sempre! Nos já brigamos várias vezes, porque ele falava que amava o Alec, mas vivia transando com o povo da academia…. Só tô dizendo pra tonar cuidado, nunca se sabe do que o O'Brien é capaz, só para conquistar o Alec.

Magnus: Eu vou matar ele! Se ele sonhar em encostar a mão no meu marido eu MATO ele!

Loirinha do tcham: Não faz isso! Alec tem um super carinho por esse bosta, sério ele já brigo COMIGO por causa dele. O melhor a fazer é ficar o mais longe pussivel desse cara e claro trazer o Alec cada vez mais para perto de você……..

Meu irmão te ama muito e nada nem ninguém vai mudar isso… talvez só uma besteira sua, do tipo falar que quando ele morrer você não vai sentir falta dele….

Você tem noção de quando o Alec enche o saco falando que tem medo de vice abandona ele na velhice ou na beira da morte???

Magnus: Tudo bem… já sei o que fazer!

Magnus sai do celular e sente se coração quase parar. Então era por isso que Alec estava estranho. Ele achava que só porque não entendia o motivo do Stiles ter se matado eu não sentiria falta dele!

Pensamento Magnus:

" Ah mas quando ele acordar vou resolver isso com ele o mais rápido possível….. e você Dylan, trate de ficar bem longe do meu marido!"

Já era tarde quando Alec começou a se espreguiçar na cama. Abriu suas safiras, dando de cara com aqueles lindos olhos negros.

- Magnus! Hummm!!! Estou com uma dor de cabeça e tanto. - sua voz era sonolenta.

- Isso que dá fica bebendo assim! - sorriu de canto e deposita um beijo na testa do rapaz. - "comprei" alguns remédios para você. Acho melhor tomar um banho, tomar os remédios e se sentar pra comer comigo.

- Ok!

Enquanto Alec deixa a água relaxar seu corpo. Magnus preparava uma linda mesa no quarto, com direito a champanhe e flores. O moreno sai do banheiro e fica surpreso com a refeição preparada.

- Nossa Magnus está lindo… e esse cheiro! Nossa é o que estou pensando?

- É Filé ao molho madeira, seu favorito! Com tudo que você tem direito! - sorri e vê o amado ficar estranho. - O que foi?

- Nada não… vou me trocar a já venho.

A insegurança do caçador até poderia ser fofa, mas as vezes causavam grandes problemas. Depois de colocar uma roupa confortável se senta com o feiticeiro a mesa.

- Alec, meu amor…. Você sabe que eu te amo muito! - a resposta se resumiu em um aceno da cabeça. - Então porque está assim? Não te dei provas de que te amo e SEMPRE vou te amar ?

- Sim…. Mas você disse…. d-disse…. Disse que nunca vai entender o amor do Stiles pelo Derek… e-eu desistiria da minha vida, se fosse para viver ela sem você.

Magnus estava pronto para dizer tudo que havia segurando por muito tempo, quando batidas na porta interrompem.

- E-Eu vou atender! - diz o mais novo já correndo em direção a porta.

- Dylan! - abraça o amigo, que está ofegante.

Pensamentos Magnus:

" Sério???? Sério mesmo universo??? Bem agora você manda esse paspalho pra bater na minha porta e dar em cima do meu marido??? Que mal eu fiz pra você ??? "

Magnus caminha até a entrada, segurando se para não esganar o visitante. 


Notas Finais


Eai gostaram???

O que será que o Dylan quer no meio da noite???

Agora sério!!!!! Estou de "férias" ( ainda tenho 3 vestibulares, mas ok) então vou ter muito tempo para escrever hahahhaha já tem umas partes prontas... pq a loira aqui escreve capítulos para frente 😂😂😂😂

Resumindo: atualizarei bem mais rápido 😱😱😱😱 e segurem esse core para muitas tretas e loves de tirar o fôlego 😂😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...