História Um Anjo ao meu lado {Amor doce} ·Castiel· - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charli, Charlotte, ChiNoMimi, Cotton, Dajan, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor, Amordoce, Anjo, Castiel, Destino, Diversos, Nicole, Paixão, Romance, Tristeza
Exibições 61
Palavras 602
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Escolar

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não esqueçam de comentar e dar um ♡

Capítulo 3 - Bruxa?


Derrepente tudo ficou em silêncio. Ninguém ousava de falar nenhuma palavra, inclusive eu, que estava perplexa sobre essa situação. Olhava para o Faraize, relembrando nossos momentos juntos, o que foi muito. A cada lembrança que vem, é cada lágrima que insistia cair.

_O que está acontecendo aqui? - Perguntou o Faraize, se aproximando. Pelo jeito não deve ter percebido minha presença, já que seu olhar focava o garoto de cabelos ruivos. Respiro fundo e tento sair do local, sem ninguém perceba. Andei discretamente até o outro corredor, não encontrando ninguém. Olhava para os lados, para ver onde poderia começar minha mudança. Via cada detalhe da escola, me chamando atenção uma escada. Caminho até ela e a observo. Logo em seu lado encontro uma porta de vidro, e entro direto nela, a curiosidade falava mais alto. Quando pûde ver que era uma "espécie" de porão meus olhos começaram a brilhar. Fecho a porta atrás de mim e vejo cada canto, não encontrando nada em mimha frente, apenas uma cadeira. Me sento na cadeira, e descanso por lá. Acho que esse porão irá virar um lugar só meu. Enquanto pensava sobre Faraize, e sobre o que poderia fazer, sou tirada de meus pensamentos com algo "apitando" em meu ouvido, parecendo que tudo ia explodir. Coloco minha mão em minha orelha para que eu consiga evitar o barulho, mas o que não adiantou quase nada. Depois de segundos o barulho parou, me aliviando. Curiosa por saber onde estaria vindo esse barulho chato, vou para fora do porão e olho em volta, para vê se não tinha acontecido mais alguma coisa. Apenas via jovens correndo para a escada, tombando um com os outros.

_Corre caralhiu. A Bruxa vai brigar com a gente! -Ouço um garoto gritar, passando em meu lado. Arregalo meus olhos com tal comentário. Tem uma Bruxa nessa escola? Olho para o garoto que estava subindo a escada e o sigo, para poder ver a Bruxa que ele falava. Subia os degrais com meu olhar cravado nele, para não o perde. Sigo ele até uma sala, e entro na mesma, encontrando algumas pessoas sentadas em carteiras. Para disfarça, me sento na primeira cadeira livre que vejo, me sentando ao lado de uma loira, que olhava em sua ulha, parecendo não ligar para nada.

_ATENÇÃO! - Gritou alguém, me assustando. Olho para frente, encontrando uma idosa, com um sorriso de orelha á orelha. A sala ficou em um completo silêncio, que podia-se ouvir até um alfinete cair. Pelo jeito ela deveria ser a professora do local.

_Temos uma aluna nova, pelo jeito. - A mulher falou, encontrando seu olhar com o meu. Mordo meus lábios nervosa, pois todos estavam me olhando. A Professora fez um sinal com mão, para que eu me levantasse, e assim que eu fiz. Me levantei e me curvei, cumprimentando todos que me olhavam.

_Olá, eu me chamo Nicole. Fico muito contente em conhece-los - Digo me apresentando. Me lembro sobre o que a Agatha tinha me dito para falar tudo em gírias.
_Quer dizer... Vamos ser parças, manos - Digo, cruzando meus braços. Todos começaram a rir, menos a professora, que tinha um olhar de tédio.

_Tanto faz - Falou a professora
_Alguma pergunta? - A professora perguntou. Bem, eu tinha uma pergunta, que era saber quem era a tal Bruxa que tinham falado na escada.

_Tenho - Digo. A professora olhou para mim de baixo para cima e ergueu uma sobrancelha, e esperou que eu terminasse de falar.
_Ouvir falar que tem uma bruxa nessa escola... - Falo, deixando a maioria com os olhos arregalados, e outros rirem baixos.


Notas Finais


Desculpem a demora :3
Espero que tenham gostado.

Desculpe o Cap pequeno... na próxima tentarei fazer maior e mais interessante


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...