História Um anjo celestial - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Anna Heartfilia, Aquarius, Erza Scarlet, Frosch, Gajeel Redfox, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Metalicana, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Rogue Cheney, Skiadrum, Sting Eucliffe, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Exibições 203
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Festa, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Essa fanfic é a "Eu não sou assim" porem eu fiz várias mudanças, como o nome.

Capítulo 1 - Capítulo I


Lucy Pov's on. 

Olá minna, eu me chamo Lucy Heartfilia tenho 18 anos fora o tempo que eu fiquei adormecida em Tenroujima, tenho cabelos loiros, olhos achocolatados e um corpo escultural, eu sou uma maga celestial da guilda Fairy Tail, perdi minha mãe ainda muito pequena e meu pai a pouco tempo atrás.

Estava andando em direção a guilda com Plue no colo (obs: um dos espíritos de Lucy) estava perto da Fairy Tail parei na frente da guilda e solto um pequeno suspiro eu tinha um pressentimento que esse dia iria ser longo.  

Eu abro a porta vagarosamente para não ser percebida o que foi em vão. 

- Orayo Minna - falo receosa já que todos me olhavam estranho mais mesmo assim respondem. 

Lucy Pov's off. 

Autora Pov's on. 

Lucy dirigiu-se ao balcão onde se encontrava-se Mira secando um copo. 

- Orayo Mira-san - Lucy fala com um pequeno sorriso de canto. 

- Orayo Lucy-chan - Mira fala com um enorme sorriso - o mestre está te esperando em sua sala. 

- Ele está me chamando? - Lucy pergunta, pois acha estranho o mestre a chamar assim, e Mira apenas assente com a cabeça.  

Lucy sobe as escadas, anda pelo estreito corredor parando em frente a sala do mestre, deposita três batidas leves na porta e escuta um "entre" abafado. A loira abre a porta a empurrando devagar, vendo varias figuras dentro do comodo.  

Lá estavam o mestre, Natsu, Erza, Wend, Grajeel, Lissana, Gray, Laxus o que mais estranhou foi o fato de ver os dragões gémeos da Sabethoo Sting e Rogue e seus exceeds e mais um garoto que tinha cabelos  em um azul esbranquiçado e lindos olhos azuis intensos, ela não sabia quem ele era. 

Natsu a olhava estranho com se tivesse desprezo da loira, como se a odiasse. Ele seguiu até ela com cara de poucos amigos e disse:

- Por culpa sua Lucy, é tudo culpa sua - Natsu estava pronto para a atacar com um soco na barriga mas o garoto desconhecido a puxa pela mão a salvando na hora exata. 

- Natsu se comporte, Lucy sente aqui junto de Zero - ele aponta para o garoto que segurava a mão de Lucy. 

Todos a olhavam com uma cara estranha. Talvez ela tenha feito algo errado? Ou não! Ela percebeu que o mestre, Wend, Laxus e o garoto cujo o nome é Zero não tinham o mesmo brilho no olhar que os outros, cujo pareciam ter ódio da maga celestial. 

- Bem Lucy, recebemos uma notificação e uma carta do conselho de magia - o mestre parou um segundo para suspirar - bem tem a ver com você! E uma pessoa cujo mantinha uma relação afetiva com sua família.

- Minha família? Eu não entendo não conheço ninguém que possa ter algum tipo de relação afetiva com eles - Lucy fala sem entender.

- Lucy - o mestre chamou atenção da loira. 

Lucy tinha acabado de se sentar na cadeira com o azulado ao lado enquanto todos os outros estavam sentados mas ao fundo.

O mestre estende um papel para Lucy, era uma carta.

- Leia minha filha - Lucy pega o papel e o abre.

"Eu apenas queria confessar uma coisa, confessar um crime do passado!

Muitos acreditam que o grande mago negro Zeref fora o primeiro a receber a maldição do deus da vida e da morte, a maldição da contradição. Porem estão todos enganados a muito tempo atrás existiu outra pessoa com essa maldição, uma pessoa da família dos Heartfilia's.

Era uma época perturbadora onde os dragões ainda voavam livremente pelos céus, em uma aldeia distante existia uma família de camponeses, eram eles os Heartfilia's. Onde morava uma garota que era muito especial essa garota se chamada Eliza irmã mais nova de Safira que estava grávida.

Um dia Eliza descobriu que conseguia ler as estrelas, ela treinou por muito tempo, até conseguir controlar os astros. Era um dom excepcional, e ao saber disso o dragão Acnologia o que anos depois foi morto por seu dragon slayer foi atrás dessa menina, porem ele não foi sozinho e sim com Lacuna um dragão da água de baixo nível.

A aldeia de Eliza atacada  e sua irmã acabou morta, seu poder saiu de controle e ela ficou insana. As estrelas desceram do céu mataram Lacuna, Acnologia acabou fugindo.

Eliza conseguiu salvar a filha de sua irmã e seus pais, porem seus atos não foram bem vistos pelo deus da vida e da morte, assim ele a amaldiçoou com a maldição da contradição. Ela teve que abandonar tudo e todos. Se isolou, ficou insana, ela perdeu completamente a razão.

Seus poderes foram selados e ela adormeceu.

Porem seu retorno está prestes a acontecer, quando sua escolhida perceber qual é seu verdadeiro poder.

Como eu sei disso? Pois bem direi: eu sou Layla a mãe da escolhida!"

Continua...


Notas Finais


Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...