História Um anjo inesperado na minha vida ( imagine Jin) - Capítulo 12


Escrita por: ~, ~NyaPhong e ~JungkookMilly

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Imagine, Jin, Você
Exibições 418
Palavras 1.749
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oooooooooiiieeeeee, tudo bem com vocês? Espero que sim!
Bom mais um capítulo, aí gente estou chegando a 100 favoritos me segura senhor! Obrigada pessoal amo vocês!
Está aí mais um capítulo, sei que está pequeno mas estou sem criatividade sabe, mas os capítulos best está chegando e dou uma dica: vai ter muita adrenalina!
Espero que gostem!

Capítulo 12 - Kiss!


Fanfic / Fanfiction Um anjo inesperado na minha vida ( imagine Jin) - Capítulo 12 - Kiss!

   Anteriormente:
VOCÊ ESTÁ LOUCO!? - ele grita e vai em direção a Jin e os dois começam a lutar eu me desespero e tento separa os dois, a sala já se se encontrava cheia de curiosos.
  -- PAREM POR FAVOR! - grito mas sem sucesso, os dois já se encontravam muito machucados mais não paravam. Até que para minha sorte o Jungkook e Jimin separam os dois que ainda tentavam lutar.

  P.O.V (s/n)

  -- SE VOCÊ ENCOSTAR UM DEDO NELA NOVAMENTE EU JURO QUE TE MATO! - Suho grita entre dentes ainda tentando se soltar de Jungkook.
  -- EU NÃO TENHO MEDO DE UM MERDINHA IGUAL A VOCÊ IDIOTA! - Jin grita com muita raiva.
  -- COMO É QU…- Suho grita mas o interrompi.
  -- PAREM EU NÃO SOU PROPRIEDADE DE NINGUÉM! - grito com lágrimas nos olhos - eu também o beijei…- susurro.
  Suho me olha rapidamente e vai se soltando devagar de Jungkook como se estivesse decepcionado e vai em direção a saída.
  --Vamos sair daqui… - Ellen coloca as mãos em meus ombros e fala calmamente me levando para fora da sala mas para o caminho oposto de Suho.

  No jardim da escola…

  -- Se eu soubesse que Suho gostasse tanto de mim ao ponto de brigar, não teria beijado Jin - falo chorando arrependida.
  -- Mas você não tem culpa, e tem que seguir seu coração, por mais que ele goste tanto de ti você ama o Jin que eu sei - Ellen fala tentando me acalmar.
  -- seria tão fácil se Suho não tivesse se apaixonado por mim - choramingo.
  -- Mas a vida é assim, não é fácil, ela coloca obstáculos para nós testar e vê até onde suportados - Ellen fala, ela simplesmente é uma ótima conselheira.
  -- Acho melhor irmos para sala - falo e voltamos para sala.
  -- Onde estavam para chegar esse horário? - a professora pergunta com uma das sobrancelhas arqueadas
  -- Ela não estava se sentindo bem professora então fomos pegar um ar - Ellen fala.
  --haa, então entrem e Sente-se em seus devidos vidos lugares - ela pede e eu vou em direção a minha mesa, Suho sequer olhou para mim oque me deixou triste.
  A professora passava um dever na lousa mas eu não prestava atenção, resolvo olhar para trás e Jin me olhava com ternura, seu olho esquerdo agora  se encontrava roxo e seus lábios um pouco inchado, quando ele percebeu que eu o olhava deu um leve sorriso  é eu virei - me rapidamente já que estava chateada com que ele fez, não estava só chateada com e ele com Suho também.

  Final da aula…

Todos já guardavam seus matérias e saiam correndo para fora da sala como desesperados.
  -- Vamos (s/n) ? - Ellen grita da porta, quando estava prestes a sair uma mão segura meu pulso, olho para trás e vejo Suho que me olhava suplicante como se quisesse me falar alguma coisa para mim.
  -- Pode voltar para casa sozinha lala? Tenho umas coisas para resolver e tenho que ir rápido - Ellen fala é eu concordo com a cabeça e ela vai embora.
                         ………
  -- O que quer ? - falo sem olha-lo.
  -- Me desculpe eu perdi a cabeça - ele fala me virando e olhando para meus olhos.
  -- Você não tem que pedir desculpa a mim e sim a ele - falo seca me referindo a Jin.
  -- Eu não ligo para ele que se foda! Ele simplesmente mereceu! - ele fala aumentando o tom de voz.
  -- Ele mereceu?! - falo sarcástica - O que ele fez para ter merecido isso! - fico também alterada.
  -- Você gosta daquele desgraçado né?! - ele começa a ficar nervoso.
  -- NÃO TE INTERESSA! - grito e me viro para sair da sala mas ele segura meu pulso com força me machucando - Suho está me machucando! - falo tentando me soltar do mesmo.
  -- VOCÊ VERÁ COMO ESTÁ ERRADA, VERA COMO ELE NÃO SERVE PARA VOCÊ, ELE IRÁ TE FAZER CHORAR! MAS VOCÊ NÃO ME ESCUTA, e no dia que isso acontecer você será minha - ele grita, e a última frase ele fala quase em um sussurro com um sorriso psicopata assustador no rosto.
  -- VOCÊ ESTA LOUCO! - falo e puxo meu braço com força e corro para fora da sala.
  -- VOCÊ AINDA SERÁ MINHA! - ele sai do sala e grita e eu corro ainda mais saindo da escola que por sorte ainda tinha alunos saindo da mesma.

Em casa…..
  Chego em casa e encontro as meninas assistindo alguma série na televisão.
  -- Demorou aconteceu alguma coisa? - Ellen pergunta preocupada.
  -- N-nada aconteceu, eu me distraí e acabei chegando tarde - falo nervosa, não iria contar o ocorrido para elas pois sei que ficariam com raiva e iriam atrás de Suho, deve ser só uma brincadeira do mesmo.
  -- Ata… - ela fala desconfiada.
  -- V-vou para o meu quarto e volto já - falo correndo para o meu quarto.
   Tomo um banho e coloco uma roupa confortável e deito na cama. Meu celular apita anunciando que uma mensagem tinha chegado e vou olhar a mesma.
   
                             Mensagem on:
  Jin: (s/n) desculpe por hoje, podemos nos encontrar agora?
  (S/n): Não sei…..
  Jin: Por favor preciso falar com você.
  (S/n): Tudo bem…. Onde irei te encontrar?
  Jin:Pode ser naquela lanchonete que foi aberta a poucos dias perto da escola?
  (S/n): tudo bem…
                            Mensagem off

   Bloqueio a tela do telefone e vou me arrumar para poder me encontrar com Jin (foto da roupa nas notas finais). Quando termino acabo ficando com medo de ter exagerado demais na roupa, mas não ligo estava com muita preguiça de trocar de roupa e saio do quarto e me dirijo para o andar de baixo onde as meninas ainda assistiam a tal série, mas assim que chego na sala elas pausam e me olham de olhos arregalados.
  -- Vai sair?- Any pergunta.
  -- Não ela se arrumou pra ficar assistindo com a gente dãn! Claro que vai! - Milly responde.
  -- Jin pediu para conversar comigo - Falo simplista.
  -- Faz só uma coisa, segue seu coração ok, oque importa é sua felicidade, e os outros(Suho) tende a aceitar- Ela fala é eu dou um leve sorriso.
  -- Bom, Tchau ele já deve está me esperando - falo e aceno me direcionando a saída.
  
     Na lanchonete….

  Chego a lanchonete e Jin já me esperava sentado em uma mesa ao fundo, seu olho esquerdo estava melhor do que antes, com certeza deve ter passado maquiagem mas mesmo assim ainda se encontrava um poço roxo, percebo que o mesmo parecia nervoso e vou em direção ao mesmo e toco em seu ombro fazendo o mesmo se assustar.
  -- O-oh é você - ele fala é quando parece acordar para realidade ele arregala um pouco os olhos -Você está linda! - ele fala corando assim como eu, ele estava muito bonito, usava uma camiseta branca com uma jaqueta de couro azul por cima, uma calça   jeans preta rasgada e um converse também preto.
   -- Você também está - falo timidamente né sentando na frente do mesmo.
  -- E-eé gostaria de pedir desculpa por hoje mais cedo - ele fala sem graça coçando a nuca.
  -- É podemos não falar sobre isso agora? - falo olhando para minhas mãos que se encontrava em cima da mesa.
  --Tudo bem - o mesmo fala - Bom vamos fazer nossos pedidos - Ele fala e fazemos o pedido, eu pedi uma fatia de torta de maçã(ou alguma coisa de sua preferência) e um suco de laranja( ou de sua preferência tbm), e ele um bolo de morango com uma coca-cola.
  -- Bom, nunca perguntei quantos anos você tem mesmo? - ele pergunta.
  -- 16 e você? - pergunto.
  -- 17, você tem que me chamar de oppa, sou mais velho que você! - ele fala é dá uma gargalhada.
  -- Aish oppa! Não isso é constrangedor! - falo sem graça.
  -- Tudo bem, já esteve ou está em um relacionamento com Suho - ele pergunta é eu quase me engasgo.
  --Não, não… Somos apenas amigos de infância! - falo nervosa.
  -- Isso é bom - ele sussurra.
  -- hãn? - pergunto.
  -- Nada não! - ele fala sem graça.
  -- A certo..- falo desconfiada.
  Conversamos bastante, falar com Jin é realmente agradável, é como se nos conhecemos a bastante tempo. Quando acabamos de comer e Jin pagou a conta mesmo eu insistindo em dividir.
  -- Bom foi muito agradável conversar com você - ele fala enquanto andamos.
  -- Também achei muito agradável - falo sorrindo.
  -- Vamos sentar ali - ele aponta para um banco de madeira que se encontrava em uma pracinha próxima.
  -- O céu está tão lindo está noite - olho para o céu sorrindo.
  -- Também acho as estrelas me lembram seus olhos - ele fala é eu arregalo um pouco os olhos e olho para ele devagar.
  -- C-como  a- assim - o pergunto timidamente.
  -- Bom elas são brilhantes, delicadas e únicas, igual a você - ele fala e vira para mim me olhando profundamente.
  -- O-obrigada - falo com vergonha.
  -- Te conheci a pouco tempo mas você já mexe comigo de um jeito tão bom, essa sua voz melodiosa é tão agradável ouvi-la, esse seu sorriso cintilante, o seu carisma. Acredita em amor a primeira vista? - ele pergunta.
  -- A-acho que sim - falo olhando para baixo envergonhada e ele levanta meu rosto com delicadeza e me olha.
  -- Você fica ainda mais linda corada - ele sorri e vai se aproximando devagar, vou indo um pouco para trás mas ele coloca as mãos em minhas bochechas com delicadeza e me beija, ele pressiona seus lábios contra os meus e eu acabo cedendo, não conseguia resistir aos lábios de Jin, ele me beijava delicadamente, nossas línguas se tocavam com maestria, acabamos o beijo por falta de ar ele dava leves selares em meus lábios por fim.
  -- Seus lábios tem gosto de morango - ele fala é eu coro rapidamente.
  -- E-está t-tarde acho melhor voltarmos - falo sem olha-lo.

   Na porta de casa….

  -- Obrigada por hoje - falo timidamente.
  -- Não foi nada, gostei de sua companhia - ele diz sorrindo.
  -- Tchau - falo me virando para destrancar a casa mas ele me vira e me prensa sobre a porta e olha dentro de meus olhos e para meus lábios assim como eu.

Continua…..
 

 
 

   


Notas Finais


Me desculpem os erros, obrigada por lerem, até o próximo capítulo!
Beijos do Jin!

Link da roupa:

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/58/b2/fa/58b2fa7eeb0c75ecd0f9241625dac703.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...