História Um anjo ou um demônio? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Anjos Caídos
Exibições 7
Palavras 322
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu fiz essa fic porque eu amo histórias com anjos e coisas do gênero

Então espero que gostem

P.S: eu estou fazendo uma fic de poderes elementais

Capítulo 1 - Um anjo um pouco diferente


POV Anica

Estou sendo perseguida por um jato da força aérea americana, por estar voando em uma área restrita

Por favor saía desta área se não sou vou ser obrigado a atirar em você - Fala o homem que está pilotando o caça que está me perseguindo

O homem que esta pilotando é meu melhor amigo, Victor, ele só tem 20 anos e já está na aeronáutica, eu tenho muito orgulho dele

Então eu obedeço a ordem e pouso na área dos aviões da força aérea

Anica obrigada mais uma vezes por nos ajudar a treinar com os caças - Fala o homem que está na sala de controle

De nada Angus - Falo voando para perto do vidro

Ania você não tem que ir para a escola? - Pergunta Victor saindo do caça

Obrigada por me lembrar, eu estou indo - Falo colocando os fones e voando para minha casa

Eu posso te pegar na escola? - Pergunta Victor segurando meu pé para eu não poder voar

Tá tanto faz! - Falo batendo uma das minhas asas em seu rosto

         * Quebra de tempo *

Estou sentada na última cadeira da sala para não atrapalhar os outros alunos que estão na sala
O sinal bate e eu saio voando (literalmente) pela porta. Saio da escola e dou de cara com Victor que cai no chão em quando eu fico na ar a um metro e meio do chão

Me desculpa Victor eu não queria fazer isso, eu esqueci que você vinha me buscar - Falo ajudando Victor a se levantar

Não, eu que tinha que esperar perto do carro - Fala ele andando até BMW branca dele

Eu preciso mesmo ir no carro? - Pergunto colocando os pés no chão e colocando minhas asas para tras

Sim, eu quero fazer uma coisa para você! - Fala ele abrindo a porta para mim

Tá vamos lá - Falo entrando no carro


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado do capítulo

Beijos da titia Kathie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...