História Um ano bem estranho (Repostagem ) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Barão Sangrento, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Cedrico Diggory, Cho Chang, Colin Creevey, Dobby, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Fílio Flitwick, Fleur Delacour, Fred Weasley, Gina Weasley, Godric Gryffindor, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Katie Bell, Kingsley Shacklebolt, Lilá Brown, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Nymphadora Tonks, Olívio Wood, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Pedro Pettigrew, Percy Weasley, Petunia Dursley, Pomona Sprout, Quirinus Quirrell, Remo Lupin, Rita Skeeter, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Simas Finnigan, Sirius Black, Theodore Nott, Vincent Crabbe
Tags Drarry, Veela
Exibições 345
Palavras 1.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Fantasia, Fluffy, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - 11 capítulo


Eu não saberia dizer o porquê de estar tão fascinado a um perfume ,ou sequer prestar atenção em um ,mesmo que tivesse uma explicação lógica para isso ,e nem o porquê de que ,quanto mais forte ele ficava mais eu o queria senti-lo ,parecia simplesmente tomar conta de todo trem .

Era um mistura forte ente rosas ,morangos e chocolate ,que poderia facilmente não dar certo ,porém ,era um dos perfumes mais viciantes que já senti em toda minha vida ,não era doce de mais apesar de que tivesse tudo para ser e poderia facilmente ser notado o toque do chocolate no meio da fruta e da flor .

Eu queria descobrir como aquilo dava certo ,queria realmente chegar perto da pessoa e sentir como cheirava na pele da mesma ,queria pergunta como ,apesar de ser tão infantil ,conseguia ser tão sexy.

-Draco Malfoy ,ora se não é meu gay favorito! Pansy Parkson entrou na cabine usando uma saia super curta e um batom vermelho berrante e ,apesar de tudo para ser uma puta,  a garota só tinha tido dois namorados na vida e só tinha beijado duas bocas também  ,era a prova de que pessoa não são o que parecem ser.

-Me poupe de seu palavreado ,desculpe-me a palavra ,chulo e de baixo calão ,não sou obrigado a ouvir seu vocabulário digno da ralé !  fiz um simples gesto de desdém com a mão enquanto a garota deixava uma careta  de desgosto transpassar a expressão sempre fria.

-Credo Dray,me poupe de seu veneno logo cedo! Pansy se sentou a minha frente puxando um livro de dentro da pequena bolsa que carregava o deixando ,por enquanto, em cima do assento .

-Não é veneno ,é uma coisa chamada educação,que por um acaso ,não  foi atribuída a vossa pessoa e por isso ,falta em momento necessários !  Falo ,minha voz saiu do modo frio e indiferente de sempre ,porém ,Pansy ,assim como eu , sabia que estava brincando ,ela simplesmente sabia discernir tudo o que eu falava  ,sentia ,passava ,e ,apesar de falarem que Slyntherins como ela e eu somos sem coração, ela é uma ótima amiga .

-Se continuar assim se tornará uma pedra de gelo ...coitada da pessoa que terá que derrete-lo .Pansy sorriu conspiratoriamente tal como minha mãe fazia quando falava sobre o mesmo assunto ,eu não conseguia pensar o quão interessante era ,para elas, eu me ligar a alguém.

-Não fale sobre isso Parkison ,sabe muito bem que não quero me ligar a alguém e simplesmente ter uma coleira no pescoço .Já não basta minha mãe ? Pergunto ,sei que estou sendo duro e frio além da conta, porém ,tanto Pansy ,quanto mamãe e Blaise sabem que não quero ninguém neste momento .

-Não está aqui quem falou ,Draco . Pansy olhou para a entrada da cabine ao fim da frase como se esperasse que algo acontecesse e minutos depois Zabini apareceu ,esbaforido e se apoiando na porta .

-Belo dom !Murmurei .Pansy deu de ombros .

-Fez algo que eu não  deveria saber para estar assim Zabini ?Em pleno trem ?Perguntei ,o tom em minha voz claramente deixava aberto a segunda intenções ,porém ,o garoto apenas negou revirando os olhos .

-Eu vim correndo Malfoy ,porém ,se quer mesmo saber ,não fiz nada mas pensar não posso negar ! Agora foi minha vez de revirar os olhos para o tom claramente maliciosos na voz do outro .

-Me poupe de seus pensamentos sórdidos ! Acho que minha cara de nojo foi o suficiente para Zabini não insistir em me contar sobre tal.

-Pensei que iria querer saber algo de interessante ,porém ,se prefere continuar com seus pensamentos "puritanos " ,quem sou eu para julgar .

-Diga logo e não me faça perder tempo ,não é porque você é um desocupado que eu também  sou! Respondo arrogante .

-Já viu o menino de Ouro ? Perguntou erguendo uma sobrancelha.

-Me diga Zabini, qual seria meu interesse no Santo Potter e sua trupe de desnaturados? Não sei o porquê de ser amigo de Zabini e Parkison ainda ,talvez eu devesse repensar sobre minhas amizades .

-Não sei talvez eu achasse que fosse estivesse sabendo do que todos estão falando ,porque afinal , todos estão falando. O garoto deu ênfase  no final da frase apenas me ajudando a julga-lo mais imaturo do que ja é.

-Você ,por acaso ,me acha um fofoqueiro Zabini? Pergunto retoricamente.

-Harry Potter está  parecendo uma garota!

A descrença toma conta de mim .É  praticamente impossível que o herói do mundo mágico esteja parecendo uma garota ,seria a piada do século .

-Ainda me pergunto se é  burrice ou ingenuidade sua acreditar em fofoqueiros !Mumruro descrente ,afinal ,é quase impossível  acreditar em algo deste modo .

-Eu não ouvi alguém falando ,apesar de todos estarem falando ,eu vi com meus próprios olhos como o Santo Potter está diferente .Esta mais delicado e parece realmente com uma garota ,Está baixinho ,apesar de nunca ter sido realmente alto e que corpo.Não vou mentir ,Potter está gostoso pra caralho  !

Não irei mentir ,uma parte de mim sentiu raiva de Zabini quando ele se referiu a Potter como "gostoso pra caralho " ,porém ,preferi deixar de lado até porque não faria sentido eu ter ciúme de Potter ,não é?

-Achava que era heterossexual! Murmurei indiferente mesmo que por dentro estivesse me remoendo de curiosidade.

-Acho que todos os garotos ERAM .

Reviro os olhos e me viro para a janela ,a vista era parcialmente bonita pois era decorada com grandes montanhas nas cores diversificadas de verde,porém ,as imagens de Potter não saíam da minha cabeça ,cada cena obscena de meus sonhos e ,mesmo que eu tentasse esquece-las ,continuavam lá .

-Dray? Pansy me cutucou levemente ,um hábito insuportável da gorota, buscando atenção.

-Sim ,Parkinson ?

-Não me chame pelo sobrenome, me sinto velha !Murmurou .

-E eu me sinto mal educado se não chama-la assim ,porém ,prossiga .

-Você está estranho !Afirmou e eu,  de repente, lembrei dos sonhos e do perfume ,que apesar de estar amenizado ,não sumiu totalmente .

-Estou bem !Afirmei o que fez com que a garota pegasse seu livro para começar a ler enquanto suspirava .

-Hey, Malfoy ?Perguntou usando meu sobrenome procurando uma maneira de me irritar .Amadora.

-O quê?Perguntei ,eu claramente estou perdendo a paciência com Pansy Parkison.

-Eu estou gostando de alguém...

-O que eu tenho haver com isso ?

-Deixa eu terminar ,Grosso ! Então ...É uma garota !

Penso por  um tempo e não  vejo nenhum problema nisso .

-Boa sorte !Desejo realmente ,apesar de ser frio ,gosto da cara de buldogue.

-Não vai deixar de ser meu amigo ?Perguntou receosa .

-Não Pansy, posso não aceitar tudo mais não  vou lhe deixar apenas por gostar do mesmo sexo ,e nem Blaise se quer saber !
A garota pulou em meus braços me abraçando apertado e eu fui obrigado a retribuir contidamente .

-Okay ,está bom ,sem contato físico ,espaço privado .Posso ser legal ,porém ,não um Gryffindor ! Ela se afasta e volta a se sentar novamente pegando o mesmo  livro e lendo .Um romance veela para piorar .

-Como consegue ler isso ?Romances veelas melosos são enjoados!

-Fala a pessoa mais indicada !

-Não sou meloso e nem enjoado ,sequer gosto dessas coisas ! E você sabe que dificilmente veelas encontram seus parceiros !

-Não custa acreditar !
     
                          ○•●•○
Hogwarts continuava a mesma ,esplêndida  com o teto decorado por estrelas ,este fazia os novatos ficarem deslumbrados enquanto os veteranos ,como eu ,apenas davam uma ou outra olhada.

Não era como se fosse algo super interessante para alguém que já estuda ,praticamente mora ,a quatro anos no local ,era apenas um de seus encantos que já foram apreciados  diversas vezes ,não era como fosse me arrancar sorriso deslumbrados . Na verdade ,a única coisa que me chamava a atenção era o cheiro de Rosas ,morangos e chocolate que se alastrava por todo o lugar.

Parecia me seguir pois quanto mais andava mais perto chegava do lugar de onde saía aquela essência maravilhosa e discordante .

Ninguém no lugar parecia sentir a mesma apesar de que está se espalhava por todo lugar o que me fez ficar de boca calada  e não falar a ninguém sobre isso ,não é normal apenas você sentir algo é?

O cheiro estava chegando cada vez mais perto e eu era capaz de discernir isso apenas pela fragrância que se tornava mais e mais forte a cada segundo contado e a cada passo dado até que alguém esbarrou em meu peito e eu pude dizer com toda clareza que o cheiro vinha daquela pessoa .

Quase que o corpo pequeno caiu no chão se não fosse por mim ter segurado sua cintura fina e facilmente notada mesmo por cima das veste do uniforme padrão ,os cabelos negros e curtos deixavam bem claro que era um garoto assim como ficava claro o quão macio era e o perfume ,com certeza uma da melhores fragrâncias  sentidas por mim ,se impregnava em cada parte de meu corpo. No entanto ,quando o mesmo levantou a cabeca não pude conter o susto .

Era simplesmente Harry Potter  ,e eu não precisava de nada mais que os olhos verdes esmeraldas para indentifica-lo ,os grandes olhos que possuíam grandes cílios que chegavam a baterem nas bochechas rosadas ,uma perfeita obra de arte .Harry estava perfeito e eu ,embasbacado  com o quão o principezinho Gryffindor estava mudado.Pelo visto os boatos não eram uma mentira .

-Esta me apertando ,Malfoy ! Resmungou tentando me empurrar ,o único  problema nisso era que eu não queria  largar Harry Potter .

Eu não sabia o porque de deseja-lo tanto ,ou a vontade incompreensível de estar com o ser minúsculo nos braços ,eu apenas queria ,o queria porque era uma das melhores sensações ,porque ele se encaixava  ali, porque ele era perfeitamente feito para meus braços .

Sem contar claro ,que ele era claramente um anjinho.

-Malfoy ,me solta por favor ,está me machucando !Pediu baixinho enrubescendo deixando as bochechas tomarem um tom vermelho escarlate ,bochechas essas que estavam cheinhas e proeminentes tal como a de uma criancinha .Era uma visão terrivelmente fofa.

-Você não ouviu Malfoy ?Ele pediu para solta-lo!


Notas Finais


Harry arasando corações.
tem continuação ainda amanhã 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...