História Um Anônimo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Camren
Exibições 3
Palavras 307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lírica, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Tem tempo para dar uma lida?


Uma das reclamações que mais faço na terapia é a falta de tempo, chega ser massante de como esse assunto é recorrente, minha terapeuta insiste em dizer que não sei administrar meu tempo, nego, pois a culpa nunca é nossa, não tenho tempo pois sou estudante, trabalho, namoro, e aqueles conhecidos trilhões de empecilhos que colocamos para não fazer tudo aquilo que realmente importa.

Uma noite depois de ter chapado, largada na cama, pensei como o tempo passa devagar quando está chapada. Você pensa que já são três da madrugada e são apenas meia noite e vinte três, os segundos são mais demorados, você sente eles passando, está tudo lento, quase parando, os movimentos mais cumpridos, sentidos, demorados, e tudo é tão mais saboroso.

O oposto de um dia no trabalho, você chega com uma lista de coisas para fazer, você não tem tempo de olhar no relógio, responder a mensagem do grupo da família, ou de sua melhor amiga, só faz, tudo no automático, você precisa acabar aquilo, mas você é boa no que faz, você acaba e fala:

- Tudo bem, agora posso ver tudo aquilo que não é prioridade, e fazer com calma.

Quando olha para o relógio pela primeira vez no dia, pois agora você tem tempo, percebe e seu horário de trabalho já acabou faz 17 minutos.

Nesta noite, chapada, me questionei, será que o tempo passa tão corrido como digo? Ou será que passo pelo tempo rápido demais?

Questionei também, será que o tempo todo os segundos passam na mesma velocidade de quando você está chapada? Porém está todo mundo ocupado demais para sentar, relaxar e percebe-lo?

Será que estamos sofrendo de uma ansiedade coletiva onde não conseguimos ver o tempo passar?

Não sei vocês, mas para mim é cansativo essa coisa de tentar ser uma velocista, tentar vencer o tempo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...