História Um belo cuzido de menta - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Tags Pagode, Raça Negra, Rocinha, Rogerinho Do Querô, Sugakook, Sugakookie, Yoongguk, Yoonkook
Visualizações 124
Palavras 524
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Drabble, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


esquece o titulo da fanfic nao faz sentido

acabei de descobrir que raça negra nao tem categoria ate raul seixas tem pq eles nao af

os capistas quando olharem minha capa vao pensar "*sigh* masterpiece"

eu sei eu sei qualquer dia ensino vcs

Capítulo 1 - Vrum Vrum


Fanfic / Fanfiction Um belo cuzido de menta - Capítulo 1 - Vrum Vrum

Min Suga estava tentando superar a barra que era morar na Rocinha e ser obrigado a ouvir "Rogerinho não para" tocando em todo canto. Ele tava triste, jogado em Paris (Rocinha) esperando seu namorado Jungkook voltar da obra em Mesquita. Ele era um bom pedreiro e estava trabalhando duro pra comprar ingressos para o próximo show do Ferrugem, Yoongi ficou muito feliz quando soube dos seus planos.

Mas hoje ele estava triste e só queria curtir um pagodinho da laje, Jin ainda prometeu um churrasco de bode caprichado na pimenta mesmo sabendo que Jimin era alérgico. Enfim, Yoongi esperou Jungkook chegar pra eles irem lá no Jin curtir o pagodinho ao vivo, Namjoon havia montado uma banda com Taehyung e Hoseok chamada "Bananada Tijolão" e prometeram uma noite recheada com músicas de qualidade.

Quando Jungkook chegou, trazendo consigo o odor daqueles pedreiros troço ruim, as botinha de camurça carregada de chulé, a brusinha branca toda suja e a calça quase fugindo de tão suja, eram seis da tarde.

E ele tinha uma surpresa:

— Caraca muleque, é hoje que nois fala com o Luiz Carlos.

(música de elevador como quebra de tempo)

— Eu não acredito nisso — Yoongi abraçou o agora cheiroso Jungkook. Eles estavam finalmente vendo o Raça Negra bem de pertinho, mal podiam acreditar que depois do show teriam um fansign. 

— Cheia de manias — Luiz Carlos cantava para a multidão que ia à loucura — Toda dengosa, menina bonita, sabe que é gostosa.

— Com esse teu jeito faz o que quer de mim — Jungkook segurou o rosto de Yoongi e cantou para ele, pondo para fora todo aquele sentimento que ele carregava dentro de seu peito de franguinho. — Domina o meu coração...

As bochecas de Yoongi estavam mais quentes do que Rio de Janeiro no verão e mais vermelhas do que o diabo. 

Ah, ele estava com uma linda cara de bottom.

— É hoje que eu como o teu rabo.

Antes que Jungkook adicionasse mais palavras, o show foi interrompido por tiros. Luiz Carlos foi atingido e Yoongi viu suas chances de conhecer seu segundo idolo favorito (porque o primeiro é o Zeca Pagodinho) descendo na descarga.

O show, além de interrompido, também foi cancelado. Nada de fansign, Yoongi tava bem puto. 

Até que... ele descobriu quem havia atirado em Luiz Carlos. Um tal de Sehun, e ele bem sabia quem era. Os dois caíram na porrada, Sehun disse que atirou porque Luiz Carlos traiu ele com outro tal de Luhan, Jungkook disse que alguém poderia ter morrido por causa dessa vingança e Sehun respondeu que naquela noite... quem morreu foi sua dignidade. Os três choraram.

De volta para a casa, Yoongi estava triste, mas ao mesmo tempo feliz porque o mozão cantou pra ele, e ficou realmente feliz quando viu que à noite ainda não havia acabado. 

Subindo o morro, logo estavam na frente a casa de Jin. Quem atendeu eles foi Jimin, com a cara parecendo uma bola porque tinha comido o churrasco de bode apimentado. 

Coitado.

— Yoongi, me ajuda numa parada aqui — Jungkook pediu arrastando Yoongi pro banheiro, onde eles fizeram sexo selvagem enquanto Raça Negra tocava no iPhone 69 do menino Jeon.


Notas Finais


vao dar view em bts e blackpink


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...