História Um Cantor Em Minha Vida - Capítulo 25


Escrita por: ~ e ~FelippeSykes

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hentai, Musical, Romance, Sasusaku
Exibições 239
Palavras 1.444
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Resolvendo


O moreno sentiu seu sangue ferver assim que viu a loira, ele sentia nojo de si mesmo por ter se relacionado com ela, mesmo que tenha sido obrigado a tal ato.

_ O que você quer?

_ Eu já te disse, eu quero você.

_ A gente não tem mais nada Hana, supera.

A loira parou em frente ao moreno, e o abraçou, fazendo com que o seu corpo ficasse mais próximo do de Sasuke.

_ Me larga... – Ele falou entre os dentes.

_ Se eu não largar, vai fazer o que? Gritar?

_ Eu não bato em mulheres, você sabe disso, mas você...

_ Continua Sasuke, mas...

_ Me solta.

Sasuke segurou os braços da garota, e tirou do seu pescoço, ele já estava começando a ficar com raiva daquela perseguição.

_ Você tem que se tratar, sabia?

Hana deu uma risada alta, ela achava aquilo uma piada, como assim ela tinha que se tratar? Sasuke vendo que a garota estava fazendo gozação, com a sua cara falou:

_ Você não me ama, isso o que você sente é obsessão.

_ Quem é obcecado por você, é aquela rosada sem sal, já eu, eu te amo, Sasuke.

_ Não, a Sakura sim que me ama, já você, é apenas obsessão, já tá na hora de você ir se tratar.

 Hana olhou para Sasuke com ódio, ela não aceitava aquilo, como era que o Sasuke acreditasse que aquela garota amava e ela não?

Depois de comer, Sakura resolveu sair um pouco, ela pensou em ir à casa do Uchiha, mas como ela achava que ele estaria ocupado, resolveu passar na casa da Ino.

Quando chegou na casa da loira, Sakura tocou a companhia umas vinte vezes, Ino apareceu na porta nervosa, e quando viu que era a Sakura, falou:

_ Tinha que ser... Não era pra você estar terminando, o seu tcc, em vez de me encher o saco?

_ Já terminei, e você?

_ Ainda não.

_ Quer ajuda? Eu estou sem nada pra fazer mesmo.

_ Cadê o Sasuke? Porque não está abusando ele?

_ Ele é um artista sabe, deve estar muito ocupado.

_ Tá, sei... Entra.

Sakura entrou na casa da amiga aos pulos, enquanto a loira revirava os olhos, Ino então olhou para a amiga e perguntou:

_ Agora me fala o que aconteceu? Pra você estar tão feliz.

_ Que foi? Estou de bom humor, só isso.

_ Já sei, trepou com o Sasuke?

_ Ino deixa de ser uma depravada, é claro que não.

_ Então o que houve?

_ Ele disse que vai resolver logo, a situação dele com aquela garota.

_ É por isso que você estar feliz?

_ Óbvio né, isso significa que a gente vai ficar junto de boa.

_ Que bom, já estava na hora.

Sakura se jogou no sofá da loira, enquanto a mesma sentava do lado dela.

_ Agora vem me ajudar, por favor, eu já estou quase morrendo com isso aqui.

Sakura sorriu de canto ao ouvir a sua amiga, e foi ajuda-la.

Sasuke já tinha conseguido se livrar da Hana, e nesse momento estava sentado num banco de uma praça.

O moreno ficou sentado olhando para o chão, ele não sabia como se livrar daquela menina, quando o menino olhou para frente, ele viu o Naruto chegando com um cachorro quente na mão, por isso o Uchiha falou:

_ Você não cansa não?

_Do que?

_ De ficar comendo toda hora, Naruto, desse jeito você vai ficar igual ao Choji. – Sasuke falou sorrindo de canto, ao perceber que o loiro o olhava zangado.

Choji tinha sido um colega deles na universidade, que ajudou a banda no início, afinal o pai dele era dono da maioria das casas de shows da cidade.

_ Você é um idiota.

Naruto se jogou do lado do moreno, e Sasuke olhou para a cara dele, e perguntou:

_ Posso saber o que faz aqui?

_ Eu estava com fome, então sai de casa e resolvi comprar um cachorro quente, ai então eu te vi e resolvi sentar aqui, com você.

Sasuke revirou os olhos, se antes ele queria um tempo para pensar, agora mesmo que ele não teria esse tempo.

_ Naruto, você sabe como eu, me livro da Hana de vez?

Ele olhou para o Uchiha durante um tempo, e depois falou:

_ Você tem que deixar claro, para ela, que já acabou.

_ Mais?

_ Então fala com os pais dela, ué, lembra-se da Naomi? Então, eu falei com os pais dela e ela me deixou quieto.

_ Você tem razão, acho que vou falar com os pais dela.

Sasuke e Naruto se despediram e cada um foi para o seu lado, o moreno caminhava pela rua pensando em como iria falar com os pais da Hana, afinal já fazia algum tempo que ele não via os mesmo.

O moreno passou a caminhar para a sua casa, mas então parou, ele pensou em ir até a casa dos pais da Hana, mas tinha medo de chegar lá e não os encontrarem, Sasuke suspirou fortemente e falou para si mesmo:

_ Não custa nada tentar, Sasuke.

O moreno passou a caminhar até a onde ele lembrava que era a casa dos pais da menina, ele torcia pra chegar lá e ver se eles ainda moravam lá.

Quando o moreno chegou na frente da casa, ele tocou a campainha e a porta se abriu, Sasuke se  sentiu um pouco mais aliviado, afinal a mulher que tinha aberto a porta, era a mãe da Hana, que falou surpresa:

_ Sasuke? O que faz aqui?

_ Eu quero conversar, com a senhora e seu marido sobre a Hana.

_ Sobre a Hana? Como assim?

Ela me perguntou enquanto dava passagem para eu entrar.

Eles caminharam até o sofá da sala, se sentamos nele, fazendo com que a mulher perguntasse:

_ Agora me fale o que aconteceu?

_ Sua filha, ela...

_ Ela o que, Sasuke?

_ Eu estou namorando com uma menina, sabe... E sua filha, ela...

_ Ela?

_ Ela está fazendo de tudo, para a gente não ficar junto.

A mulher olhou para o Sasuke surpresa, ela jamais imaginou que sua filha, sua amada filha iria se comportar como uma vilã de telenovela.

_ Eu sei, eu entendo... Eu também jamais imaginei que a Hana, fosse capaz disso.

_ Pois é, e eu queria que a senhora, falasse com ela sabe...

_ A Hana não me escuta, Sasuke.

Sasuke suspirou, ele não sabe mais o que fazer, e se despediu da senhora, enquanto ele caminhava até a sua casa, ele encontrou a loira novamente, por isso disse:

_ Deu pra me seguir, é? Desse jeito eu vou pedir uma ordem de restrição.

_ Calma amor, não é pra tanto.

_ Não é pra tanto? Como assim, Hana, você está obcecada por mim.

Hana olhou para o Uchiha nervosa, quando a mesma ia dar uma resposta digna, o celular da mesma tocou fazendo com que ela se afastasse do moreno, que aproveitou e fugiu da mesma.

Quando Sasuke chegou em casa, ele suspirou fortemente, Sasuke agradeceu mentalmente a pessoa que ligou para a loira.

Ele caminhou até a cadeira da cozinha, onde se sentou ele precisava dar um jeito, de se livrar da Hana, mas não sabia como.

_ Vou ter que ligar para o Itachi.

Ele pegou o seu celular e ligou para o seu irmão, que simplesmente não demorou a atender:

_ Fala aê irmãozinho, o que houve?

_ A Hana, irmão... Eu já fiz de tudo para essa mulher se afastar, mas não consigo.

_ Que situação, hein? Você quer que eu fale, com alguns advogados do papai?

_ Quero sim, Itachi.

 _ Okay, fique tranquilo que vou pedir uma ordem de restrição, e se ela não se afastar ligue para a polícia.

_ Mas se não adiantar?

_ Ai irmãozinho, vamos ter que tomar medidas drásticas, se é que você me entende.

Sasuke engoliu seco, por mais que ele queria se livrar da Hana, o moreno não queria que nada acontecesse com ela.

_ Fica tranquilo Sasuke, ninguém vai mata-la. Só vai dar um aviso.

_ Okay então, e obrigado.

_ Que isso, você é meu irmãozinho, qualquer coisa, é só me chamar.

_ Valeu.

Sasuke desligou o celular, ele sabia que em poucas horas isso seria resolvido, afinal quando se tratava de Uchiha, a coisa era sempre rápida.

O moreno deitou no sofá e ficou olhando para o teto, ele queria confiar na palavra do Itachi, o moreno não queria que matassem a Hana, muito pelo contrário, ele só queria que ela deixasse ele e a Sakura em paz.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...