História Um caos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Amor, Dor, Drama, Luan Santana, Romance, Tragedia
Exibições 4
Palavras 267
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Primeiras dores


Estou no hospital há mais de cinco horas, esperando para vê-la, para ter notícias dela. A Kaly sentiu muitas dores no meio da noite, ela mal conseguia respirar, mas me disseram que ela não parava de repetir meu nome "Luan, Luan, Luan", como se implorasse para que eu estivesse aqui, ou pior, como se achasse que não ia resistir, que devia me deixar um recado, fazer uma despedida ou algo do tipo. Mas a Kaly é forte, eu sei disso; ela aguentou quando perdeu o pai; quando quebrou a perna; quando sua mãe entrou em depressão...Ela resistiu. Seja o que for, ela vai resistir novamente.

-Luan? -Abri os olhos lentamente. Era a mãe da Kaly. -Luan? Ela acordou.

-E como ela está? Vocês já têm os resultados? Já fizeram todos os exames? Eu posso vê-la?

-Calma - ela fala e esboça um sorriso tranquilizante - A Kaly tá melhor, eles deram alguns remédios para dor, mas os exames só serão feitos pela manhã. Ela pediu para te ver. 

Levantei e fui quase correndo até o quarto em que ela estava, olhei pela porta e a vi deitada, parecia cansada, mas não com dor. 

-Meu amor? Kaly? Oi, minha linda.. Como você está se sentindo?- Kaly me olhou com seus grandes olhos castanhos e segurou minha mão. 

-Bom.. estou bem, considerando as agulhas, roupas de hospital e mingau sem gosto.. sim, ótima. -Rimos. Eu ria mais de alívio do que por qualquer outra coisa, estava tão feliz de ver a minha menina com seu sorriso e suas piadas de sempre. 

-Eu te amo, Kaly. -Acariciei seu cabelo. - Te amo tanto..




Notas Finais


Espero que gostem <33333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...