História Um casal diferente (Yaoi). - Capítulo 45


Escrita por: ~ e ~Pamchu

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Casal Diferente, Drama, Drama Familiar, Drama Gay, Garotos, Garotos Capa, Gay, Gayteen, Lemon, Teen, Yaoi
Exibições 87
Palavras 1.665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus amores, mais um capitulo para vocês, ficou pequeno? Ficou! mas eu prometo que na quinta vem pelo menos 5k de palavras. ok?
É que nesse capitulo eu não poderia revelar mais que isso sorry, vamos lá.

Capítulo 45 - Ele é gay?


Fanfic / Fanfiction Um casal diferente (Yaoi). - Capítulo 45 - Ele é gay?

Pedro acordou assustado, sonhou que estava preso em uma sala escura, estava amordaçado e alguém estava o chantageando.

—Malditos sejam os fantasmas do passado... —Falou passando a mão na testa. —Não do que se preocupar. —Ligou o celular e abriu o Twitter, viu que nos assuntos falados do Brasil tinha um tag estranha, #Bruniel, só por isso já ficou nervoso, mas abriu por curiosidade. Ele viu que se tratava do Bruno e Gabriel que ele conhecia, apertou o celular com força e desceu para ver as mais antigas, diversos prints de um vídeo do Bruno em que aparecia ele abraçando Gabriel, uns fãs estavam colocando o filtro de auréola de flores neles, isso ficava fofo, mas Pedro não achava.

Abriu o vídeo e assistiu se mordendo de raiva, eles já voltaram a ser amigos?

—Ei, está nervoso com o que, posso ouvir seu dente ranger. —Douglas falou da cama.

—Você chega aqui a menos de um dia e já que esse tipo de mordomia, vai dormir Douglas. —Pedro falou irritado.

—Eu estou tentando. —Falou e tapou a cabeça com o travesseiro.

[...] cafeteria [...]

—Bom dia gente. —Douglas falou chegando na mesa onde Jonas e Geovana estavam aos beijos. —Ei. —Ele bateu na mesa e eles pararam.

—Desculpa é só....

—É eu sei. —Douglas falou revirando os olhos. —Vocês fazem isso vinte e quatro horas por dia, como não enjoaram.

—Como você ainda não enjoou de ficar secando o Thulio? —Geovana falou e Douglas desviou o olhar da mesa deles.

—Eu não...

—A você está sim. —Jonas falou rindo. —Não tira o olho dele, quando você vai arrumar outro cara?

—Não estou interessado em ninguém daqui. —Falou e mordeu o bolinho.

—Agora que você está no quarto com Pedro, por que não tenta? —Jonas falou e foi encarado pelos outros dois na mesa.

—O Pedro é um psicopata, narcisista e quase um assassino. —Gê falou. —Eu shippava você com Gabriel, pena que...

—É, a culpa não é minha se ele teve que se apaixonar logo pelo mesmo cara que eu. —Douglas falou revirando os olhos.

—E ele pegou primeiro. —Jonas falou rindo. —Ai brother, é melhor você arrumar outro cara logo, Thulio está com nina, até mesmo deu uma patada sinistra no Gabriel por causa disso.

—Enquanto eu estava ajudando Pedro eu descobri outro gay na escola, pelo menos ele achava que era. —Gê falou baixo.

—Gê, nós não estamos contrabandeando gays, não tem por que. —Douglas falou irônico.

—Felipe. —Ela falou e arqueou a sobrancelha.

—QUE?! —Jonas e Douglas literalmente gritaram, todos olharam para eles.

—Pois é. —Gê falou com os olhos fechados. —Parece que esses dias mesmo ele deu uns pegas com o Pedro.

—Com o Pedro? Caramba o que ele tem na cabeça? —Jonas falou.

—Bom dia para vocês. —Matheus falou se sentando na mesa deles com Felipe. —Como foram na prova de Matemática?

—Bem, eu acho. —Douglas falou sem tirar os olhos de Felipe, o loiro estava com dificuldades para abrir o pacote do seu bolinho por causa do gesso.

—Perdeu alguma coisa aqui? —Felipe falou o encarando com raiva quando percebeu.

—Quer ajuda com isso? —Douglas falou.

—Nã... —Douglas pegou da mão dele e abriu o pacote.

—Toma. —Devolveu.

—Qual o seu problema? —Felipe falou mordendo o bolinho. —Está estranho hoje.

—Nada não, e você como acha que foi? —Sorriu com o canto da boca.

[...]

—Yasmim eu estou odiando isso. —Pedro falou franzindo o cenho. —O diretor deve estar querendo me punir, logo o Douglas, o cara menos interessante, mais irritante, com aquele maldito sorriso de canto de boca, eu juro que se tivesse uma arma... —Pedro viu que ela estava olhando para Mirian. —YASMIM. —Ele falou alto chamando a atenção da garota.

—Ah, oi. —Ela falou sorrindo saindo do transe.

—Meu Deus, você está apaixonada. —Pedro falou abaixando a cabeça. —Cadê aquela maldita ruiva quando se precisa dela...

—Ei Pedro, você está mais irritado que o normal, o que aconteceu?

—Você não ouviu uma maldita palavra... —Pedro foi até a galeria do celular. —Isso aconteceu. —Mostrou a foto do Gabriel e Bruno abraçados.

—Nossa, mas você não avisou para ele? —Yasmim pegou o celular.

—Pois é, eu avisei. —Pedro deu de ombros. —Se ele quiser descontar no Gabriel o que eu posso fazer.

—Mas você também, por que teve que prender o garoto e....

—Bom dia para vocês. —Amber falou se sentando na mesa. —Estavam falando de que? —Encarou eles que mudaram de assunto.

—Daquele idiota no meu quarto. —Pedro falou e apontou Douglas.

—Ah é, eles fizeram isso né. —Amber deu um sorriso. —Pena pra você, ele dos gays daqui é o mais chato.

—E por acaso você fez uma lista deles? —Pedro a encarou.

—Claro, primeiro você, segundo Gabriel, terceiro Yasmim, quarto Thulio, quinto Rafael, sexto...

—Ta bom, chega, eu não quero saber. —Pedro falou irritado.

—Nossa, o senhor está na TPM? —Amber o encarou.

—Está Amber, não se preocupa que passa logo. —Yasmim sorriu.

—Vocês duas estão de complô né? —Pedro olhou para as duas. —Ok, eu vou sair daqui bom dia para vocês. —Falou e saiu fazendo questão de fazer o maior barulho.

Assim que foi indo, Felipe o seguiu sem ele perceber.

—Ele dormiu do lado errado da cama? —Amber perguntou para Yasmim.

—Não, ele só está com ciúmes, você tinha que ver quando o Fernando ficava abraçando o Gabriel, ele ficava com vontade de jogar o Gabriel em um vulcão. —Yasmim riu. —Bem Amber, não querendo ser sem educação, mas eu vou lá para a Mirian, você não se importa né?

—Não, bom namoro, você ainda tem um. —Falou dando um meio sorriso enquanto Yasmim saia.

Amber pegou o celular e mandou uma mensagem.

-Estou com saudades, como o plano está indo, quero ter você logo.

-Eu também estou com saudades, *emoji de beijo* O plano está indo bem, mas eu acho que vamos ter uns problemas, aparentemente o Bruno está com o Gabriel.

-Que merda, dá o seu jeito Iago, se esse plano falhar vai dar muito ruim.

-Não se preocupe meu amor, seu gato nunca faz nada pela metade

-Bom mesmo, se for preciso suma com o Bruno.

-Aproveite ai, quando eu voltar eu juro que nos.... espera, eles estão saindo, até.

[...]

—Quando foi que a vampira veio para o nosso lado? —Rafael perguntou olhando para Yasmim sentada com Mirian.

—Cuidado Rafael, fiquei sabendo que os vampiros sugam animais quando estão com muita sede, estou vendo um delicioso pescoço de veado. —Sorriu passando o dedo pelo lábio.

—Eu hein. —Revirou os olhos. —Dês de que ele psicopata não venha para cá. —Rafael falou dando de ombros.

—Qual o problema que tem entre vocês? —Nina perguntou para Rafael.

—Nossa se eu começasse a falar poderia fazer um livro. —Rafael falou e suspirou no final.

—Então, mais um de quem devo ficar longe. —Nina falou e beijou Thulio, que retribuiu, mas não usou a língua.

—Gabriel está ficando famoso sabia? —Guilherme falou levantando o celular para os outros na mesa, mostrou aquela mesma foto deles abraçados com o efeito na cabeça.

Thulio mordeu o lábio forte que chegou a sair sangue.

—Aquele ali não é o Bruno? —Fernando falou sorrindo. —Caramba onde você pegou essa foto?

—Esse da direita. —Bruno. —É youtuber, Gabriel participou de um vídeo dele.

—O Bruninho voltou para o Brasil? Nossa como eu não fiquei sabendo, nas férias acho que vou... Ah é, vou ficar aqui com você. —Sorriu para Rafael.

—Cadê a Pamella? —Mirian perguntou.

—Eu vi ela indo para a sala dos professores, acho que ela foi tomar algumas lições. —Mirian sorriu.

—Mas já? —Rafael falou. —Ela é rápida no gatilho.

[...] Vestiário da piscina [...] [Let the sparks fly]

Pedro estava na cabine do chuveiro tomando banho, estava vazio pois era muito cedo e até mesmo a piscina estava fechada.

Enquanto estava com os olhos fechados lavando os cabelos sentiu algo em seu ombro, abriu os olhos assustado e foi empurrado para a parede.

—Você é um idiota sabia? —Pedro ouviu a voz, era do Felipe.

—Felipe, você... —Pedro tentou se livrar, mas como o chão estava molhado e ele sem nada no pé foi difícil se firmar no chão. —Me larga.

—Você acha que vai ficar assim? Você me pega quando quer, faz aquilo comigo e simplesmente larga? Você não merece meu tempo Pedro.

Pedro se soltou e tentou prensar ele contra parede, mas Felipe foi mais rápido e reverteu, fazendo Pedro ficar virado para ele.

—Já falei, vocês só conseguem fazer algo quando me pegam de surpresa, até com um braço quebrado eu consigo lidar com você.

—Eu sei que você está adorando me ver pelado assim, mas isso é um pouco doentio demais. —Pedro falou.

Felipe socou o rosto de Pedro com o seu braço bom enquanto com o gesso o deixava na parede.

—Isso é por me usar. —Falou após o soco.

—Você...

Antes que pudesse reclamar Pedro sentiu os lábios de Felipe em encontro com os seus, ficou surpreso, mas continuou o beijo.

Assim que se separaram Pedro viu os olhos de Felipe, o garoto já estava tão molhado quando Pedro pelo chuveiro.

Felipe socou de novo Pedro.

—isso é por ter me beijado, seu idiota. —Felipe falou e andou de costas indo para a saída sem tirar os olhos de Pedro.

Pedro foi até ele e o puxou pela gola da blusa.

—Não reclame quando eu te uso, sinta-se útil uma vez na sua vida. —Pedro falou e juntou os lábios novamente.

Eles ouviram um flash e o brilho branco iluminou a sala, eles separaram os lábios e se soltaram, alguém havia tirado uma foto.

—Vai ver seu idiota. —Pedro falou com Felipe.

Felipe correu até a saída do vestiário, mas não tinha ninguém por perto.

—Deve ser só o sol batendo no vidro. —Pedro falou irritado.

—Tomara que seja, se alguém ver uma foto como essa eu juro....

—Já vai começar com os “Eu juro”...

—Esteja avisado. —Felipe falou e saiu.

Que porr* foi essa. —Pedro pensou.

 


Notas Finais


—O autor gosta de me ferrar né? Eu também acho, depois reclama de eu apertar muito as cordas, vai entender... Para quem me shippa com Felipe, o que você está pensando? Que eu sinto atração por aquele corpo malhado e definido, ou aquele jeito de superioridade que eu.... Oi? Ta, deixa pra lá... Vamos falar sobre "#Bruniel" Serio autor? Autor você realmente ama sua Nutella? Acho que está brincando de mais com ela. Agora do O.V.A Feliz por estar com o Gabriel pelo menos por lá, mas eu tinha que ser apagado daquele jeito, como se o Fernando fosse capaz de algo assim. -Risada irônica.
É só eu ou alguém mais acha que o autor está colocando o irritante do Douglas no meu quarto só para ressuscitar o personagem, dês de que ele tire quando acaba a season para mim está bom. Douglas consegue ser mais irritante que o Rafael...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...