História Um coração dividido por 7 - Capítulo 17


Escrita por: ~

Visualizações 44
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAA
AAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAA
~Começa a correr em círculos que nem uma retardada
O MEU MOLETOM DO BTS CHEGO SKJSIDJSKAKZMXIZMZAIZMIZZMSMKS
Só avisando que eu não vou viver muito mais, minha mãe odeia BTS. Se ela souber que chego vai tacar o bultaorone nele, mais e nois
Desculpa ae glr por não ter postado mais um ontem, fui dar view em gogo, DNA e mic drop heuheuh
Fiquem com esse capítulo que faltou nas aulas do PROERD

Capítulo 17 - O Sonho


Levanto da cama, porém eu estava na casa dos meninos. Me espreguiço, tentando tirar a preguiça, mas não funcionou muito. 

Vou em direção ao corredor, porém escuto uns barulhos vindos do quarto do Jungkook. Caminho até a porta, e abro sem pensar. 

Jungkook estava com seu membro na boca de Giovanna, essa que o chupava como se fosse o seu doce favorito. Minha cabeça gira e fecho a porta, virando para o corredor. Esse parecia mais escuro, mais frio, mais úmido. 

Inconscientemente, vou até o quarto de Tae, e esse me puxa para entrar. Ele fecha a porta e me prensa na mesma, logo tomando meus lábios para si. 

-(S/N), Me ajude a esquecer ela... É muito doloroso...- Deposita um chupão em meu pescoço 

O empurro e saio do quarto, atônita pelo ocorrido. 

Hoseok aparece no corredor, com um buquê de flores. Ele me abraça por trás e me vira. De um certo modo, aquele abraço fez o ambiente parecer mais quente e colorido.

-O que a senhorita estava fazendo lá dentro?-

-N-nada...- Me praguejo por ter gaguejado

-Mas... (S/N), O QUE É ISSO NO SEU PESCOÇO?! EU NÃO ACREDITO, ENTÃO FOI COM VOCÊ QUE O JUNGKOOK APRENDEU AQUELAS COISAS!- Ele jogou o buquê no chão, pisando em cima. De repente, o corredor fica escuro e e frio de novo. 

Passo pelo quarto de Namjoon e Jin estava lá. Então o Namjoon é top, interessante. Acharia até cômico se não estivesse assustada. 

Passo pelo quarto de Yoongi, e esse estava brigando com a Kalyne. Ela joga um vaso que havia no quarto do pálido e sai. Vejo que o mesmo está sangrando, então corro para ajudá-lo. Vou até ele e agacho do seu lado. Porém, quando toco em seu rosto, Vejo um clarão de luz.

Apareço na ponte do parque, sentada olhando para a água. 

Tiro uma foto com meu celular que estava ali e coloco em minha história:

I loved you, remember this.

Deixo o celular em cima da ponte. Fecho meus olhos e suspiro.

Pulo na água.

Meus pés pareciam feitos de chumbo, me puxando cada vez mais para baixo.

Eu respirava, tentando achar ar, mas só havia água. Senti meus pulmões começarem a arder pela falta de ar, começava a me debater em uma última tentativa desesperada de de subir. Mas já era tarde de mais.

Talvez há muito tempo já fosse tarde demais.

Diga-me

Com o seu doce sorriso

Diga-me

Como um sussurro, diga no meu ouvido

Não seja como uma presa

Seja suave como uma, como uma serpente

 

Mesmo que eu queira me desviar

(Ah, woo woo)

Fique longe de mim

Fique longe de mim

(Ah, woo woo)

Algo, por favor, me salve

Por favor, me salve

 

É interminável, mesmo se eu tentar fugir

Eu caí em uma mentira

 

Pego em uma mentira

Por favor, encontre o eu que era inocente

Eu não consigo fugir dessa mentira

Por favor, devolva o meu sorriso

 

Pego em uma mentira

Liberte-me desse inferno

Eu não consigo escapar desse sofrimento

Por favor, salve o eu que está sendo punido

 

Deseje-me

O eu que está perdido e desviado

Deseje-me

Eu fui assim todos os dias

 

Eu me sinto distante

Você sempre aparece no meu caminho

E eu repito novamente

 

(Ah woo woo)

Fique longe longe de mim

Fique longe de mim

(Ah woo woo)

Algo, por favor, me salve

Por favor, me salve

 

É interminável, mesmo se eu tentar fugir

Eu caí em uma mentira

 

Pego em uma mentira

Por favor, encontre o eu que era inocente

Eu não consigo fugir dessa mentira

Por favor, devolva o meu sorriso

 

Pego em uma mentira

Liberte-me desse inferno

Eu não consigo escapar desse sofrimento

Por favor, salve o eu que está sendo punido

 

Eu ainda sou o mesmo, o mesmo que sempre fui

O mesmo eu de antes está aqui

Mas essa mentira cresce mais e mais

Está ameaçando me engolir

 

Pego em uma mentira

Por favor, encontre o eu que era inocente

Eu não consigo fugir dessa mentira

Por favor, devolva o meu sorriso

 

Pego em uma mentira

Liberte-me desse inferno

Eu não consigo escapar desse sofrimento

Por favor, salve o eu que está sendo punido.

 

Lie - Jimin

 

 

 

 

 

 

 

 ​

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Tem um olho na minha lágrima
Então
Foi isso
Desculpa a bostinha hehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...