História Um Demônio na minha vida. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Hetero, Namjoon
Visualizações 19
Palavras 1.627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ok pessoas anônimas que lêem minha Fic, não da para ficar sem postar... Foi mais forte que eu.

Parece que com a vontade de escrever mais uma Fic me deu uma imaginação que me assustou para escrever mais um capítulo.

Então ele esta ai ^^ boa leitura.

Capítulo 7 - De novo!!


Fanfic / Fanfiction Um Demônio na minha vida. - Capítulo 7 - De novo!!

Bia pov.

Eu não suporto mais aquela mulher, ela fica me infernizando o dia inteiro e ainda para piorar minha irmã gostou dela e disse que minha implicância era coisa de minha cabeça.

- Era só que me faltava – Digo aumentando meus passos. E sim eu tinha saído para da uma volta eu não aguentava mais ficar no mesmo ambiente que ela. Escuto passos novamente atrás de min quando eu olho havia um homem pouco mais por um metro e oitenta me olhando, ele balança o braço esquerdo e uma faca ou uma espada média daqui – Ok – Digo me virando e sai correndo, vei eu corri e muito olhava para traz e ele estava cada vez mais perto de min e eu apenas aumento mais meus passos.

Me bate uma felicidade quando eu chego na rua de casa e vejo o Hoseok e o Yoongi no portão, eu assovio bem alto pois não aguentaria gritar eles viram e ficam sérios ao ver quem seguia, e no meio de tudo isso eu acabei caindo.

- BIAA – grita o Yoongi assim que eu levanto, mais eu não vou adiante por que sinto algo pontudo passando por minha barriga e saindo rapidamente, eu caio novamente e começo a tossir sangue.

- Ai meu Deus Bia calma – Diz Suga estacando o sangue, e por um momento eu vi lagrimas em seu rosto.

Olho para a minha esquerda e vejo o Hoseok lutando com aquele homem e por fim o matando.

- Yoongi continua apertando vou chamar o Namjoon e pegar o carro – Diz Hope para o Yoongi e sai correndo lá para dentro.

Não demora muito e o Tae e o Kookie sai e some com o corpo logo as seguir, depois aparece o Namjoon.

- Ei Bia olha pra min – Ouvi o Joonie, e abri meus olhos que nem reparei que aviam fechado – ela ta perdendo muito sangue temos que levá-la agora – diz Namjoon e me pega no colo, e eu acabo gritando pela dor em minha barriga – Desculpa – Diz Joonie entrando no carro.

Quando eu menos percebo eu já estava fora do carro e sendo deitada na maca, e Namjoon contando o que aconteceu e claro ele disse que o cara que me esfaqueou fugiu. Os médicos me levam para uma sala de cirurgia e antes de colocar todos os equipamentos em min eles me colocam para dormir.

(...)

Acordo sentindo minha barriga doer, parecia aquelas dorzinhas de cólica bem fracas mais avisando que ela esta ali.

- Oi, ta doendo? – diz Jimin se referindo a ferida.

- um pouco, bem pouco, da para aguentar – respiro fundo e olho em volta – Cadê o Namjoon? – pergunto ao perceber que ele não estava no quarto.

- Foi em cada resolver unas coisas – Diz meio nervoso – Bom eu vou descer pra sua irmã subir, antes que ela me bate – Diz rindo e eu o acompanho e logico sorriso mínimo para a minha barriga não doer. Jimin sai e não demora muito minha Maninha entra logo em seguida.

- Essa é ruim de morrer em – Diz Raissa rindo.

- Olha quem fala – rio e ela se senta na cama ao meu lado.

- então, você ta bem? – diz e eu afirmo – é impressão minha ou tem gente querendo nós matar – Raissa diz e eu confirmo novamente.

- Parece que os meninos estão escondendo algo da gente, e algo bem sério – Digo e seguro na mão da Raissa – temos que descobrir o que é!

- Se quiser eu posso contar – Ouvi uma voz, olhamos as duas para a porta e era a Ingrid e eu acabo revirando meus olhos – A qual é Bia? Qual o seu ódio por min? – diz e entra no quarto.

- Não te interessa – Digo e elas ficam me encarando – Que foi? Tu vai falar ou não vai – dessa vez quem revira os olhos é essa, e eu semi-serro os olhos.

- Ok, e sim estão tentando matar você duas mais vocês não tem culpo, por que estão tentando atingir os meninos e não vocês... Por isso Namjoon te “sequestro” – diz dando ênfase na ultima palavra.

- Então eles estão tentando atingir os meninos a traz da gente – Diz Raissa assustada, e eu não estou diferente dela.

- Sim, bom eu não sei quem é! Mais o cara que te atacou hoje ele tinha uma marca na parte de traz do ombro, eu pesquisei e ele foi enfeitiçado para te atacar – diz Ingrid me encarando.

- E bruxas existe? – digo querendo rir.

- Bia tu mora na casa de um demônio, e sim existe bruxas e também como existem outros seres – Diz Ingrid.

- Pera – Raissa ri nasalmente – Tu ta me dizendo que existe vampiros, lobisomem, e vários outros – Ingrid confirma – ate fadas? – Ingrid confirma novamente e acabamos rindo.

Ficamos por horas conversando sobre isso e outras coisas também, acabei descobrindo que a Ingrid é uma Híbrida de lobo isso é estranho mais é legal, ela disse que seu pai se apaixonou por sua mãe que era humana e no dia de seu nascimento sua mãe não resistiu e veio a óbito, depois disse ela vivei com seu pai ate seus 15 anos mais depois ela fugiu por a alcateia foi atacadas e ela foi a única que escapou e ta com os meninos desde então pois foram eles que a salvou, e bom acabei descobrindo também que ela e o Hoseok que também é Híbrido de lobo estavam junto.

- Minha nossa e muito informação para uma pessoa só – Digo querendo rir – então vice esta me dizendo que o Hope é Híbrido de lobo – Digo e ela confirma – e o Jin é um bruxo legítimo e os outros além do Namjoon são Humanos – Digo e ela confirma tudo – Uau ta difícil de acreditar – Digo pasma.

- Pois pode acreditar – Diz Namjoon aparecendo do nada na porta.

- Namjoon para de aparecer nos lugares do nada – Diz Ingrid – Vai me mata do coração desse jeito – Diz e a cabos rindo.

- Bom mana fica bem, Namjoon cuida dela por que se ela aparecer em casa pela metade eu te mato, não melhor eu te mando para o inferno – Raissa e não deu para segurar a gargalhada.

- Tabom, vou cuidar – Namjoon diz levantando os braços como se estivesse se rendendo, as meninas sai e ele vem para perto e beija minha testa.

- ‘Se ta bem? – diz se sentando na cadeira ao lado esquerdo da cama.

- Estou sim, um pouco assustado com tudo isso mais estou bem – Sorriso fechado – E você? – digo o olhando nos olhos.

- Também estou assustado com tudo isso, mas pelo visto eu vou ter que resolver isso tudo, não posso fugir deles por muito tempo – Diz e olha para baixo.

- Deles quem? – Digo seria, e ele fica me encarando.

- Meu ex chefe – Diz e volta se encostar na cadeira – Não será fácil convencer ele que eu não quero continuar com essa vida – Diz e olha para baixo.

- Joonie vai ficar tudo bem, esse babaca vai te deixar em paz – Digo sorrindo e passando a mão pelo seu rosto.

A qual é? Eu não posso ficar me enganando por muito tempo, eu to afim dele eu não posso dizer que estou apaixonada, por que ainda estou meio confusa.

- Que foi? – Diz Joonie levantando e sentando na cama ao meu lado.

- Que foi o que? – Digo sorrindo minimamente.

- Nada não – Diz e se deixa ao meu lado esquerdo na cama.

- Vai passar a noite aqui? – Digo. Ok ele ta com o rosto perto demais.

- vou – Diz e ajeita o corpo ao meu lado virando para min, e eu me viro para ele também já que o soro estaca na minha mão - Não vou mais te deixar sozinha – diz e sorri mostrando as suas lindas covinhas.

- Ok – Digo chegando mais perto dele – assim eu me sinto mais segura – Sussurro pois estava a sentimentos um do outro, Joonie não perde tempo segura minha nuca me puxando para beijar ele, seu outro braço estava embaixo de minha cabeça. O beijo começa a ficar intenso e quando eu menos percebo o joonie estava que em cima de min com uma das pernas ente as minhas, acabando pressionando sua perna ali e eu acabo gemendo.

- Joonie para – Digo meio arrastado ao sentir ele começar a beijar meu pescoço – Para a gente ta num hospital – Digo e ele para e me olho, com um sorriso malicioso e volta a me beijar, só que dessa vez mais calmo.

- Melhor pararmos mesmo – Diz parando o beijo com selinhos – Vou ali no banheiro rapidinho e já volto – Me da um último selinho, e vai ate o banheiro e eu vejo um volume e acabo segurando o riso.

(...)

Depois de passar dois dias seguidos naquele hospital eu finalmente vim para casa, quer disser a casa do Namjoon, no momentos estou jogada na minha cama junto de minha mana e a Ingrid, ta tenho que admitir ate que ela e legal.

- Seriamente quem acorda no meio da madrugada pra tomar água e não acende a porra de uma luz pela casa – Diz Raissa indiguinada com o personagem di filme de terror que estávamos assistindo – Se Fosse acenderia a casa toda – Diz e eu e a Ingrid caímos na gargalhada.

- tinha que ser a doida da Raissa para falar uma coisa dessas mesmo – Diz Ingrid parando de rir – Mais eu concordo também com o fato da luz no filme.

Passamos o dia assistindo filme, e sem eu me desentender com a doida da Ingrid, ate que meu dia com elas foi legal mais tinha uma coisa que me intrigava por que o Namjoon não apareceu aqui ate agora onde esse cara se meteu.


Notas Finais


Hummmmmmmmm 👅

Onde será que esse Namjoon se meteu? Quem é esse tao de "chefe"? Hoje a noite no globo repórter hahaha

Mais eu sou muito besta, bom essas questões e duvidas sera postada no próximo capitulo...

Beijinhos beijinhos Da titia Kim Wang ❤😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...