História Um dia De céu Nublado - Fanfic Namjin *BTS* - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bighit, Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 100
Palavras 2.679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amores espero que gostem do cap meus donutsinhos. ❤❤❤❤

Capítulo 30 - Treta de leve e.. Últimos momentos juntos?


Fanfic / Fanfiction Um dia De céu Nublado - Fanfic Namjin *BTS* - Capítulo 30 - Treta de leve e.. Últimos momentos juntos?

~ Pov Namjoon On.

  Eu não acreditava que as Blackpink estavam em casa, muito menos que iriam nos ajudar. Hoseok e Jungkook levaram as malas delas para o quatro enquanto os outros recebiam elas, eu só observava tudo:

- Então quer dizer que você é meu cunhado? - Perguntou Jisoo ao Taehyung.

- Acho que não né Tae, seria apenas se eu e ela fossemos irmãos. - Falou Suga.

- Ah mas eu e você fomos praticamente irmãos. Fomos criados muito juntos na infância e participamos de máfias na mesma época. - Falou Jisoo rindo.

- Ah então é um prazer seu sua cunhada. - Tae e Jisoo se abraçaram.

- Tem coxinha aqui? Estou com fome. - Falou Lisa indo em direção a cozinha.

- Larga mão de ser folgada sua viada. Vamos pedir um lanche. Vocês querem? A gente paga! - Falou Jennie nos oferecendo.

- Não, claro que não podem pegar pra vocês aliás a gente já jantou também...

- Ah eu aceito. - Falou Kook descendo as escadas e interrompendo as falas anteriores de Jin.

- JEON JUNGKOOK olha a educação. - Falou Jin retornando com suas palavras.

- Ah omma mas elas ofereceram e se for comida to aceitando. - Ele disse fofamente.

- Ah então eu aceito também. Acompanha a gente Tae? - Perguntou Jimin.

- Ah pode ser. Eu estava mesmo com vontade de um lanchinho. Quer não Omma jin? Vai fazer bem uma gordurinha pros bebes. - Disse Tae.

- Ai meu pai amado. - Jin colocou a mão na testa. - Me desculpe Jennie, meus filhos estão meio sem educação ultimamente.

- Tudo bem não tem problema, mas que história é essa de bebes? - Perguntou a mesma e Lisa chegou logo em seguida ao lado de Jennie.

- É que.. Eu estou grávido de gémeos. Um casal de gemeos. - Jin corou e eu abraçei ele.

- Eu sou o pai dessas crianças. - Falei e as duas abriram a boca.

- NOSSO OTP NAMJIN VAI SER UMA FAMILINHA LOGO EM BREVE. - Falou Jennie e Lisa fazendo aquelas carinhas. (Foto da Cap).

- Prontinho. Terminei de ponhar as malas de vocês em seus devidos quartos já que Kook me abandonou na metade do caminho. - Disse Hobi descendo.

- Cadê a Rosé? - Perguntou Lisa.

- Estou aqui meninas. Eu estava no banheiro.

- Eu vou pedir o nosso lanche. Posso usar o telefone? - Perguntou Jennie e Jin concordou com a cabeça.

  Enquanto ela ligava e eles estavam fazendo a maior bagunça na sala eu chamei Jin para subirmos até nosso quarto e ele veio comigo.

...

  Ao chegarmos no nosso quarto "Namjin" eu tranquei a porta e Jin deitou se na cama:

- Deita aqui Nam, quero carinho. - Ele me disse fazendo o biquinho que eu não resisto.

- Pronto amor estou aqui. - Falei tirando a camisa e me deitando ao seu lado.

- Ai Nam.. Nossa vida anda tão corrida ultimamente, isso porque nos afastamos um pouco da Big hit. Tem assasinos atrás de nós, outro grupo em nossa casa para nos ajudar, armas em nosso estoque. Eu nunca imaginei isso pra gente. - Falava Jin deixando cair algumas lágrimas.

- Minha princesa, eu também não imaginei isso mas as coisas vão melhorar, prometo te fazer feliz e proteger nossos filhos, tanto os que estão na sua barriga quanto esses que nos dão trabalho aqui fora. - Jin sorriu e eu comecei a beija lo.

  Fazia tempo que a gente não reservava um tempinho pra nós então eu pensei porque não hoje? Beijei Jin calmamente e passei as mãos em seus cabelos, depois desci até seu pénis e apertei um pouco:

- Nam, têm mais gente em nossa casa.. Acha que devemos mesmo...

- Meu amor, as "crianças" estão lá embaixo, daqui a pouco aposto que comprarão algumas bebidinhas não tão pesadas e nem vão vir nos procurar.

- Mas eu me preocupo muito com eles Nam..

- Jin, você não acha que se preocupa muito com eles e esquece um pouco da gente? - Perguntei.

- Me desculpa Nam. Eu te amo, você é o homem da minha vida e pai dos filhos que estou esperando. Não pense que eu não gosto mais de você porque não é verdade até porque na primeira vez que te vi naquele estúdio vindo se apresentar pra mim como "Rap monster líder do Bangtan" eu senti uma coisa em meu coração. - Jin se declarou pra mim e nem percebeu.

- Também te amo minha princesa. Quando eu vi você brincando com o Kook no estúdio nas gravações de "Just One day" eu te achei tão lindo com a flor vermelha.

  Depois que eu falei, Jin sorriu e me beijou de novo, começamos a tirar nossas roupas pouco a pouco de um jeito romântico como se fosse a primeira vez que transavamos:

- Jin.. Não, vou machucar nossos filhos e acho que você não pode fazer isso, está no sétimo mês de gravidez! - Eu interrompi assustado.

- Bobinho, você não vai machucar e só não ser muito violento. - Jin me disse tirando sua box.

  Tirei a minha depois da dele e logo ele já começou a chupar meu penis ereto, era tão gostosa aquela sensação e eu amava ainda mais porque era minha princesa chupando. Fazia tempo desde nossa última vez então meu prazer foi bem grande.

  Eu gozei e Jin lambia tudo como se amasse meu esperma, ele deve amar Porque caso contrário ele não faria isso né, como sou burro!


  Ele se deitou e agarrei sua cintura e comecei a chupar seus mamilos, eu não fui muito forte porque percebi que estavam maiores, era o leite de minhas crianças e eu não posso tomar !

  Desci e abri as pernas de Jin, enquanto eu ponhava o dedo indicador em sua entrada eu também comecei a chupar seu membro, lambendo toda a extensão e dando chupões mãos fortes em sua glande. Jin já estava suado e agarrava o lençol com total força:

- Nam penetre seu membro em mim. Eu quero muito. - Falou ele se contorcendo.

- Como desejar minha princesa. - Falei passando um pouco de lubrificante em meu pénis.

  Eu estava com muito medo de machucar Jin, percebi que sua entrada se fechou um pouco porque nós paramos de fazer. Comecei a penetrar devagar e já senti prazer quando minha glande adentrou o anus apertado de Jin, era tão quente e apertadinho que me deu vontade de penetrar com força mas me segurei pra não machucar minha princesa:

- N-Nam.. Penetra mais fundo. - Obedeci Jin e fui penetrando mais fundo, ele começou a gritar.

- Está tudo bem? - Perguntei e ele mordeu os lábios.

- Muito gostoso.. Eu havia me esquecido da sensação bela que é fazer sexo com uma pessoa que você ama. - Jin sorriu e eu entrelaçei nossas mãos.

  Começamos a nos beijar enquanto eu penetrava nem tão rápido mas nem tão fraco, chegamos ao nosso ápice juntos e eu me deitei ao lado de Jin, ofegante e suado:

- Adorei. Você é um homem que me satisfaz. - Falou Jin.

- E você é a melhor princesa do mundo, melhor que as do conto de fadas, uma princesa que é limda cheirosa e que me satisfaz muito bem. - Eu disse e Jin me deu um sorriiso.. Aquele sorriso que eu amo tanto.

  Peguei Jin no colo e liguei a banheira de nosso banheiro no modo "água quente". Quando encheu eu coloquei Jin e entrei lá também junto a ele. Estavamos abraçados na água e alisamos a barriga grande dele juntos:

- Ainda não escolhemos o nome, não sei porque mas sinto que algo ruim vai acontecer e temos de escolher agora. - Falou Jin.

- Então vou respeitar o que você sente e vamos escolher os nomes, eu escolho o do garoto. Hm... - Pensei muito. - Kim Namjeung.

- O da menininha vai ser Kim Seokyumi.

- Nomes perfeitos dados por um casal perfeito. - Eu e Jin nos abraçamos na banheira e aproveitamos o momento calmo entre nossa pequena família.

~ Pov Namjoon Off.

~ Pov Taehyung On.

  Já havíamos comido um lanchão daqueles, pago pela Jennie. Estávamos agora vendo um filme louco, nem sei qual o nome mas estamos rindo pakas, pelo que pude perceber Lisa é tipo o Jungkook, os mais novos que se fazem de inocentezinhos mas no fundo são do bagulho, Rosé é tipo omma Jin a que cuida de todas, Jisoo é tipo eu, a doida do grupo que tenta ser responsável mas no final acaba fazendo merda e só da risada, Jennie é tipo o Yoongi, sombria e quieta mas é só a casca porque por dentro é a florzinha da zueira !

  Rosé e Jimin desceram juntos e Jimin estava muito corado:

- Gente ele ficou com vergonha porque eu entrei no banheiro as pressas e vi o pintinho dele. - Falou ela terminando de descer o ultimo degrau.

- Você viu o pinto do meu chimchim? - Perguntou Kook bravo.

- Meu filho se preocupa não, não gosto de pinto. - Ela disse e nós rimos inclusive Jikook.

- Gente agora é hora do S H O W. - Falou Yoongi rindo malevolamente enquanto Jisoo fazia a mesma expressão e foi até la fora, ela voltou com uma caixa.

- O que é isso? - Perguntei.

- Bebidas minhas Cu querida, muitas bebidas. Vamos enlouquecer. - Ela disse pegando uma red leabel já abrindo e bebendo.

- Eu mesmo não. Tô é fora, só quero ver a treta que vai dar e vou estar tomando qualquer coisa não alcoólica para observar a treta. - Disse Rosé com a mão na cintura.

- Hey girl. Aceita uma dose de Toddynho? - Perguntou Kook e ela aceitou rindo.

- Taehyung bixa ruiva dos infernos, me dá whisk que eu necessito. - Falou Jimin e eu dei à ele rindo que nem uma capivara louca. E olha que eu nem bebi nada.

- Jimin olha.. Nada contra mas melhor não beber tanto. - Falou kook preocupado.

- Eu sei me cuidar Jeon Jungkook não se meta. -  Disse Jimin depois de dar uma golada forte.

- Então pessoalzinho eu estou bem quieto né mas agora vou arregaçar. - Falou Hoseok e eu dei uma garrafa de Vodka pra ele e outra pra Yoongi, li no rótulo "Efeitos fortes" mas nem dei bola.

- Então vem mozão beber comigo. - Yoongi falava enquanto Hobi foi pra cima dele e se beijaram.

- Taehyung bate nele, ele tá te traindo. - Falou Jisoo arregalando os olhos.

- Calma minha linda. Nós temos um relacionamento à três e estamos nos dando muito bem. - Respondi e as três meninas ficaram de boca aberta.

- Mas como faz na hora de fazer coisinho? - Perguntou Lisa.

- Os coiso sobe ao mesmo tempo? - Perguntou Jennie.

- Quem é o ativo? Se o Yoongi for passivo vou zuar muito ele. - Falou Jisoo.

- Gente. Eu sou o único passivo. - Disse.

- #TaehyungCuDeFerro. Parabéns Tae, você é um bravo guerreiro que enfrenta duas espadas ao mesmo tempo. - Falou Rosé e eu dei muita risada.

...

🕑

...

  Passou se uma hora e nós não paramos de beber nenhum minuto desde a hora em que a bebida chegou, fomos no banheiro umas 7 vezes, isso porque não estamos muito sóbrios pra contar os números certos:

- Gente, um segredinho sobre a Jennie, a viada não fica bebada nem ferrando. Parece que o estômago dela é de prata. - Falou Jisoo parando de beber.

- Isso é verdade, galerinha parei por hoje chega senão você vai ter que me carregar até a cama mozona. - Falou Lisa abraçando Jisoo.

- Eu e Rosé chapamos de toddynho. - Disse Kook passando mau no chão.

- Taehyung você é minha.. Minha esposa e de mais ninguém ouviu. - Falou Hobi com voz de bêbado e seu hálito estava muito forte.

- Não Hoseok, o Taehyung é meu. Sempre foi seu invejoso. - Disse Yoongi com voz de bêbado e com um hálito mais forte ainda.

- Cala boca Yoongi porra ! Vai se fuder. - Hobi começou a gritar e se levantou. Isso vai dá uma merda..

- Me faça calar então. - Yoongi se levantou e deu um soco na boca de Hobi.

   Os dois começaram a se bater ali na sala, tinha sangue saindo da boca de Hobi e do rosto de Suga. Eu interrompi os dois:

- Mas que caralho vocês dois. Eu sempre fui de vocês e nunca deu briga o aue foi agora? - Os dois pararam e me olharam.

- Acho que estamos bêbados. Mas foda eu odeio esse açucarzinho de merda ai. - Falou Hobi.

- Eu odeio você seu babaca dançarino. - Disse Yoongi e subiu pro quarto.

  Todos ficamos meio chocados mas resolvemos ir dormir porque já era de madrugada. Todos subiram, Hobi estava dormindo no sofá e Jennie e Rosé subiram para o quarto delas, restando ainda eu, Lisa e Jisoo:

- Antes de irmos para nosso quarto resolvi te falar umas coisas Tae, no mercado quando eu e Yoongi fomos comprar as bebidas um moço velho que nos atendeu no caixa, ele estava todo de preto, na verdade ele nos deu as "melhores bebidas do mundo" ele mesmo disse isso e depois quando iamos embora ele falou "Bebam bastante porque isso pode causar brigas e confusões" eu não entendi e meu primo mandou ele ir pra puta que pariu e fomos embora. - Falou Jisoo.

- Obrigado por me contar, vou o que faço com eles. - Agradeci e elas subiram.

  Eu não sabia o que fazer, se eu fosse pro "nosso" quarto, Hobi ia ficar bravo comigo porque dormi com Yoongi mas se eu dormisse na sala Yoongi ia ficar bravo comigo porque eu durmi com o Hobi, então fui até a garagem, abri a porta do carro, Xurumela estava em sua casinha mas quando  viu entrou no carro junto a mim e dormimos agarradinhos lá mesmo.

...

07 horas depois

...

  Acordei e ouvi um barulho, Xurumela estava brincando  correndo pelo quintal. Eu já havia decidido contar tudo que aconteceu pro omma Jin pois não quero que ele fique bravo com a gente por  escondido isso dele.


  Adentrei em casa e Kook junto a Jimin estavam na sala assistindo o desenho "Titio avo" :

- Boom dia. - Disse Kook imitando a voz do Titio avo.

- Quem é esse amor? - perguntou Jimin, e quando olhei melhor pra ele ele estava todo descabelado e com os olhos fechados.

- Esse é o Tae. Da oi pro Tae chimchim.

- Oi Taehyung bixa ruiva. - Falou Jimin com voz embriagada olhando pra parede ao invés de olhar pra mim.

- Só eu estou sã nessa casa? Hey pera ai cade o Hobi? - Perguntei.

- Ele e Yoongi estão na cozinha. - Falou kook e eu fui correndo pra cozinha.

  Quando cheguei lá achei que eu ia encontrar pancadaria, socos e dentes voando mas só pude ouvir risadas e conversas :

- Bom dia amor. - Eles disseram juntos e eu fiz uma cara tipo "WTF ceis não tava se matando essa madrugada?".

- B-Bom dia. Tudo bem com vocês? - Perguntei.

- Sim. Por que não estaria? - Falou Hobi.

- Nada não. Depois eu explico.

  Ouvi passos de pessoas descendo e vi que eram Nam e Jin:

- Bom dia meus bebes. Dormiram bem? - Perguntou Omma Jin.

- Omma eu vou ser sincero. - Suspirei fundo. - Ontem nós compramos bebidas, bebemos mas rolou uma briguinha.

- Que briga? - Jin já ficou nervoso.

- Yoongi e Hobi quase se mataram. - Falou Kook.

- Foram só soquinhos, eles estão bem e nem se lembram do que aconteceu. - Falei com medo do Jin.

- Tudo bem então, se ninguém está ferido então tudo bem. - Jin disse e foi pra cozinha fazer o café da manhã.

- Nós brigamos? - Perguntou Hobi. - Eu nao lembro mas mesmo assim desculpa Yoongi.

- Também não lembro mas desculpa Hobi. - Disse Yoongi e eles se abraçaram.

  Eramos tão felizes com uma omma como o Jin, que se preocupava com a gente mais do que com ele mesmo.

~  Pov Taehyung Off.

Autora: É melhor aproveitarem o tempo com o Jin Bangtan.. Este é o último dia dele com vocês... A noite, Jin não estará mais em suas vistas.



Notas Finais


Se preparem para a bomba do próximo capitulo? É de infartar então não sejam cardíacos e comentem o que acharam desse cap. ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...