História Um dia De céu Nublado - Fanfic Namjin *BTS* - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bighit, Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 173
Palavras 3.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Joguei a bomba e saí correndo. Não me matem por favor gente, essa semana de aula foi bem longa mas está ai o cap espero que gostem e não chorem. Terá mais pior.

Capítulo 31 - Jin Sequestrado..


Fanfic / Fanfiction Um dia De céu Nublado - Fanfic Namjin *BTS* - Capítulo 31 - Jin Sequestrado..


~ Pov Namjoon On.

  As blackpink desceram e todas estavam com expressões animadas:

- Jin a gente também participou da rodinha da bebida de ontem então pode brigar com a gente também. - Falou Jisoo.

- Já me contaram tudo. Eu só não gosto que me escondam as coisas. Não irei brigar. - Disse Jin.

- Vem Hobi. Vamos lá pra cima verfificar as câmeras. Alguma de vocês quer vir? - Perguntou Yoongi.

- Eu vou, se entrar alguém aqui já meto bala. - Disse Lisa e os três subiram.

- Appa Nam, vai treinar o Xurumela com o Kook que eu e Jisoo vamos fazer um café da manhã gostoso para todo mundo inclusive colocar coisas saudáveis no café pra Omma Jin ficar bem mais forte. - Falou Tae.

- Eu vou fazer o que? Eu tenho que ajudar na casa também. - Disse Jin cruzando os braços.

- Meu amor você tem que descansar, não pode ficar se esforçando. - Eu falei me aproximando de Jin e lhe dando um beijo calmo.

    Todos ficaram nos olhando e falaram "Ooown" ao mesmo tempo, Jin sorriu e corou. Eu passei a mão em sua barriga e susurrei em seu ouvido " Cuide bem do nosso menino, eu vou lá fora." Ele concordou com a cabeça e sorriu pra mim, era estranho, eu amava o sorriso de Jin mas parecia que esse era um sorriso de uma despedida como se eu não o fosse ver mais!

  Para de imaginação Namjoon, o que de ruim pode acontecer? Estou protegendo ele e nossos filhos:

- O que eu e a Jennie podemos fazer? - Perguntou Rosé.

- Vamos arrumar a casa, nós três, se não for problema. - Falou Jimin.

- Claro que não, Elas são visitas e não podem trabalhar aqui em casa. - Disse Jin nervoso.

- Que nada Omma Jin, você nos deixou dormir aqui e foi gentil de sua parte, nós podemos muito bem dar um limpadinha. - Jennie falou já pegando uma vassoura.

- E você vai ficar aqui na sala assistindo televisão e não se esforçe escutou. - Eu falei olhando para minha princesa e ele bufou com expressão de "Tá né fazer o que".

- Kook vamos lá fora treinar o Xurumela? - Perguntei.

- Uhum. - Ele nem havia me escutado, estava no celular com os olhos vidrados, nem piscava.

- Jungkook? - O chamei mas ele não me ouviu.

- JEON JUNGKOOK CARALHO, o Namjoon está te chamando será que dá pra sair dessa merda de joguinho que você instalou ontem antes de ir dormir. - Jimin gritou e o assustou.

- Primeiramente não fala mau do meu Plants Vs Zombies 2, Segundamente não é merda nada acabei de liberar a dispara ervilha elétrica! - Respondeu Kook.

- Vai logo ajudar o Appa. Senão escondo seus toddynho.

- Eu não reclamo do seu Clash of Clans então não reclama do meu. - Falou Kook nervoso.

- Então tá. Nenhum fala mau do jogo do outro. Agora vai. - Jimin o expulsou da sala

   Kook veio me ajudar e fomos lá pra fora, Xurumela estava correndo pelo quintal seguindo uma borboleta:

- Xurumela. - Chamei e ele veio correndo.

- Kook pegue um pneu solto, na garagem. - Pedi e enquanto ele foi eu fiquei fazendo carinho no cãozinho.

...

- Nam, olha o que eu achei. - Kook colocou o pneu no chão e me deu uma pulseira de ouro.

- De quem é? - Perguntei.

- Perguntei para as meninas se eram delas mas não era de nenhuma. Acho que é daquela menina que pulou aqui. - Ele disse colocando o pneu no chão.

- Onde você achou?

- Estava perto da garagem, lá na frente.

- Deve ser dela já que ninguém aqui usa pulseiras assim, vamos treinar o Xurumela então, ele já está 60% recuperado desde quando chegou aqui. - Eu disse e começámos.

  Eu coloquei a pulseira no pneu e mandava Xurumela atacar, ele estava com os dentes afiados e mordia o pneu, chegou uma hora que já estava todo mordido pelos dentes do cãozinho, eu coloquei a pulseira em meu braço e fiz ele morder e nossa que cachorro forte meu braço já até estava doendo e roxo.

  Eu e Kook revezamos, coloquei a pulseira no braço dele e quando ele assoviou o Xurumela foi pra cima dele mordendo seu braço e saia um pouco de sangue:

- Jungkook tudo bem ai? - Perguntei em meio ao som de rosnados altos vindo do cachorro.

- Sim, eu sou bem forte ta, pode não aparentar mas sou.

  Depois de um tempo, Xurumela cansou e a gente também. Dei ração e água pra ele e depois nós adentramos a casa novamente:

- Que cheiro gostoso. - Falou Kook e fomos pra cozinha.

  A mesa estava linda, cheia de panquecas com mel, salada de frutas, sucos naturais, ovos com bacon e várias outras coisas:

- Nossa até você tá aqui Yoongi. - Falei me sentando na cadeira ao lado de Jin enquanto Kook foi pra outra ponta com Jimin.

- Sim, vocês demoraram um pouco. Eu vi nas câmeras que Kook achou alguma coisa o que era? - Me perguntou Suga.

- Achei uma pulseira de ouro, era da Nioory. - Falou Kook pegando uma panqueca.

- Hm aquela vadia dos infernos, o dia que eu achar ela eu vou dar na cara dela, e não estou nem ai se sou homem, Eu vou arrancar o cabelo dela na minha mão. - Disse Tae comendo.

- Calma amor. Você está muito barraqueiro. - Disse Hobi.

- Barraqueiro é quem arma barraco, eu gosto mesmo é de resolver as coisas na base da porrada. - Tae falou e nós rimos.

- TaeTae é igual a Jennie. - Falou Jisoo.

- Por que? - Todos perguntaram e Jennie ficou corada de vergonha.

- Porque um dia um homem de 30 anos já,  me chamou de sapatona e disse que eu deveria me casar com um homem e ter filhos não ficar em um grupo de mulehres e eu ignorei ele ficando quieta, daí ela perguntou pra ele "Repete seu cachorro, o que você falou?" quando ele repetiu, ela arrastou ele e encheu o homem de porrada. Ele saiu correndo, todo roxo. - Contou Jisoo.

- Que fofa, ela protege vocês. - Disse Jin.

- Sim, ela é a mais macho entre nós. Ela e a Lisa. - Falou Rosé.

- As mais afeminadas aqui são Taehyung,  Jin e Jimin, sem ofensas. - Eu Disse.

- Vocês conseguiram treinar o Xurumela pra ter odio do cheiro da Nioory? - Perguntou Hobi.

- E você ainda pergunta Hoseok? Olhe o braço deles, estão um pouco machucados. - Disse Jimin apontando para nossos braços. - Meu Kook é bem forte eu sei eu sei.

- E o meu Namjoon também é bem forte e bem mais que o seu Kook. - Falou Jin rindo e todos riram. - Estou So brincando.

- Lisa você está quietinha. - Disse Jisoo à cutucando.

- Eu to comendo, Comida Comida Comida melhor coisa do universo. - Ela falou e todos rimos.

- Parabéns pra quem fez esse café da manhã maravilhoso, eu amei e estou satisfeito. - Eu falei, Tae e Jisoo ficaram super felizes.

   Estava tudo tão divertido entre nós, estavamos rindo e brincando como uma verdadeira familia. Estava tudo tão perfeito que nada de ruim poderia acontecer hoje.

~ Pov Namjoon Off.

~ Pov Taehyung On.

   Coloquei os homens da casa pra limpar a cozinha, coloquei mesmo não tem essa de "homem que fica na folga" comigo não!

 Namjoon estava lavando louça e Hobi estava guardando. Yoongi estava tirando as comidas da mesa e limpando ela. Jimin ficou de vigia na cozinha pra ver se estavam fazendo certo. Os outros, menos Jin, estavam na sala assistindo Orange is the new black, Jin desceu as escadas depois de um tempo sumido, ele estava com uma camiseta rosa bem larga para esconder a barriga, uma calça simples e sapatos pretos:

- Por acaso posso saber aonde vai? - Perguntei.

- Vou para o mercado ue, ou vocês vão me impedir porque estou grávido? - Ele disse ironicamente.

- Jin, a gente se preocupa tanto e tanto com você, deixa que nós vamos. O que quer comprar? - Perguntei.

- Eu quero ir sozinho, mostrarei pra vocês que sou independente e que gravidez não é doença nenhuma pra eu ter que ficar parado o dia inteiro. - Disse Jin pegando sua carteira em cima da mesinha da sala.

- Tá bom mas pelo menos alguém vai levar você né, nós também nos preocupamos. - Falou Jennie.

- Tá vendo omma Jin, até as meninas se preocupam. Vamos fazer o seguinte: já que você quer tanto assim ir sozinho pro mercado eu e Jimin vamos levar você em um enquanto eu e ele compramos ração e a coleira do xurumela em outro mercado. Topa? - Perguntei e Jin fez uma expressão de dúvida.

- Topo mas sem essa de ficarem me espionando OK. - Ele falou.

- Enquanto vocês vão se arrumar eu vou blindar os carros, me ajuda Jennie? - Perguntou Lisa.

- Claro que sim, mas vamos blindar primeiro o carro que eles vão usar pra ir no mercado porque né vai que acontece algum tiroteio entao melhor previnir. - Respondeu Jennie.

   Lisa subiu e quando voltou estava segurando uma maleta, ela e Jennie saíram em direção à garagem enquanto eu Jimin fomos nos arrumar.

....

   Depois de arrumados descemos e todos estavam na sala, menos Jennie e Lisa:

- Aonde vocês vão? - Perguntou Namjoon.

- Vamos ao mercado. Mas Omma Jin vai sozinho. - Falei.

- Está ficando maluco Jin, eu não vou deixar você ir sozinho.

- Não começa Namjoon, eu posso muito bem comprar coisas no mercado sozinho, eu não sou uma folha de papel que é frágil, você pensa que sou fraco? - Jin se levantou.

- Não tenho nada a ver com a discussão mas Omma Jin, é perigoso mesmo, Namjoon tem razão.. E não quero que nenhum de vocês levem uma arma. - Disse Yoongi.

- Não vamos levar arma nenhuma mesmo não e eu vou entrar no mercado sozinho sim, já estou cansado de ficar preso aqui dentro, mofando por causa de um maníaco desgraçado. - Falou Jin e foi pra fora nervoso.

- Taehyung, Jimin por favor cuidem dele. Por favor. - Nos pediu Namjoon com os olhos cheios de lágrimas.

- Nós prometemos que cuidamos do Omma Jin. - Eu disse.

Pensamento da autora: Não prometa o que não pode comprir Taehyung..

- Obrigado por prometerem cuidar da minha princesa. - Nam agradeceu e logo veio Yoongi me encostando na parede.

- Taehyung cuidado, se você se machucar eu sou capaz de torturar e matar o filho da puta.. - Disse ele em meu ouvido e foi descendo lambendo meu pescoço.

   Ai meu santo G Dragon, meu pinto já ficou duro, aguenta ai piupiu. A G U E N T A.

- Eu vou me cuidar amor, se alguém mecher comigo eu ligo pra você até porque sou mulher de um mafioso. - Brinquei e ele riu.

- Cuidado lá chimchim. Te amo. Sarangheyo.  - Kook fez um coração pro Jimin e ele se derreteu todo.

- Pelo jeito eu fiquei pra trás. - Falou Hobi fazendo biquinho.

- Calma meu amor, tem cu do Tae pra todo mundo. - Disse e ele ficou com raiva.

- COMO É QUE É SENHOR TAEHYUNG? - Falou Yoongi e Hobi nervosos.

- Calma tem só pra vocês dois. - Falei e beijei Hobi depois beijei Yoongi.

- NOSSO OTP TAEYOONSEOK. - Falou Jisoo e Rosé.

- Jin está dentro do carro já. Nós terminamos de blindar o carro. - Falou Jennie chegando junto à Lisa.

- Estamos indo pessoal, cuidado aqui em casa e vigiem as câmeras. - Disse Jimin.

- Eu e Yoongi vamos verificar as câmeras.  - Disse Kook.

- Eu vou pro meu quarto. - Namjoon subiu.

- Vamos continuar vendo a série. - Disse Lisa.

  Saímos e Omma Jin estava no volante, eu abri a porta e me deparei com ele chorando:

- Por que está chorando omma Jin? - Perguntei.

- ... Vocês não gostam mais de mim. - Ele disse.

- Omma nós amamos você, por que acha que não amamos? - Perguntou Jimin.

- Por que todos ficam no meu pé, vocês acham que sou frágil e que não presto mais pra cozinhar. SE EU FOSSE SEQUESTRADO HOJE EU IRIA ADORAR SABE. - Jin se desesperou e chorou mais.

- Nós amamos você Jin, só queremos te proteger e nunca vamos enjoar da sua comida que é a mais perfeita de toda Coreia do sul.- Falei e ele se animou mais.

- Obrigada por fazerem eu enchergar o quanto tenho uma família perfeita. - Ele disse indo para o banco de trás. - Me desculpem por ter falado aquilo.

- Tudo bem, foi apenas um momento ruim. - Eu falei.

  Jimin entrou na parte de trás também, junto à Jin, Xurumela pulou em minhas pernas:

- Amorzinho, mamãe vai no mercado e já volta, cuida do quintal ta bom. Se entrar alguém estranho morde e arranca a pele. - Falei fazendo carinho nele e ele latiu.

  Entrei no banco de volante e dirigi até o mercado mais próximo.

...

Chegamos em uma esquina e eu parei o carro:

- Jin desça. Nós vamos no mercado ali da outra ponta. Quando voltarmos iremos estacionar aqui.

- Ta bom Tae obrigado por confiar em mim. - Ele disse sorrindo pra mim e descendo do carro.

- Cuidado Omma Jin. - Gritou Jimin da janela do carro e Jin acenou pra gente.

~ Pov Taehyung Off.

~ Pov Jin On.

  Entrei no mercado e comprei alguns ingredientes pra fazer bolo de negresco com sorvete: Farinha, ovo, açúcar, aroma de baunilha, negresco e Sorvete de flocos. Fui até o caixa e paguei, enquanto eu ponhava na sacola o que eu comprei a moça do caixa ficava olhando minha barriga, que não estava tão tampada e eu me senti constrangido mas resolvi ignorar.

   Quando eu ia saindo do mercado para esperar Taehyung, vi uma van preta e fiquei com medo mas resolvi ignorar.

De repente veio um homem por trás de mim e tapou minha boca com um lenço! Não vi o rosto dele e eu tentei fugir mas fui ficando fraco e mais fraco... E mais...

~ Pov Jin Off.

~ Pov Taehyung On.

  Fomos pro mercado que Jin havia entrado, eu achei que ele estaria nos esperando porque eu e Jimin já compramos a ração e a coleira nova do xurumela. Como eu não o vi em parte alguma resolvi adentrar o mercado.

...

  Eu e Jimin procuramos pelo mercado todo e não achamos, resolvi ir para o caixa perguntar:

- Licença moça você viu um homem de camiseta rosa larga? Alto de pele branca e cabelo preto? - Perguntei e ela olhou com cara de deboche.

- Acabei de atender ele, ele estava com barriga grande como se um homem pudesse ficar grávido! Ele foi pro estacionamento.

- Escuta aqui vadia. - Passei a mão nos meus cabelos vermelhos os jogando pra trás. - E se ele estiver grávido o que você tem a ver com a porra da gravidez? - Falei e ela levantou.

- Taehyung se segura. - Jimin susurrou.

- Me segurar nada querido, levantou porque sua puta? Quer brigar? Você não me respondeu o que você tem a ver com a gravidez masculina, vai dar essa buceta cabeluda pro bairro inteiro, deixa a vida dos outros em paz ao invés de ficar observando e debochando da situação das pessoad. - Eu disse.

- Eu falo como eu quiser de quem eu quiser. Ele era gay esse seu amigo? Só assm mesmo pra estar com barriga grande e uma camiseta rosinha. - Ela começou a rir.

- Sim, ele era sim. - Fui perto dela e arranquei um pedaço de cabelo dela na minha mão e a jogando no chão. - Era gay sim e satisfaz um homem bem melhor do que você que tem essas tetas de vacas caídas e essa cara de morta. Sua vadia nojenta. - Comecei a bater a mão no balcão de compras e todos começaram a olhar.

- Tae para de barraco, estão olhando. - Jimin susurrava.

- O que está acontecendo aqui? Que barulheira é essa? - Um homem de terno e gravata chegou, acho que era o gerente.

- Essa mulher aqui foi preconceituosa comigo. QUERO MEUS DIREITOS DE CLIENTE. - Cruzei os braços.

- Taehyung viada você nem comprou nada. - Falou Jimin.

- Cala boca Jimin. Não deixo de ser cliente.

- Por favor nos desculpe moço. Você terá 50% de desconto nas compras que fizer So nos passe seu cartão. - Falou o homem.

  Eu passei o cartão e Jimin adorou porque as coisas seriam mais baratas pra nós, mas isso Nao era importante agora. Aproveitei e chamei o homem de terno novamente:

- moço gostaria de pedir sua ajuda, meu amigo sumiu e eu gostaria de ver nas câmeras para onde ele foi. - Falei.

- Claro vamos subir. - O homem foi na frente.

- Gatinho ele né Tae, fortao bonitão e com um cabelo castanho brilhoso. - Falou Jimin subindo comigo.

- Com certeza sem contar essa bunda gigante. Meu pai eterno. - Subimos rindo e entramos em uma salinha.

- Jefrey mostre a eles a camera do estacionamento. - Falou o gerente.

- Por favor de 30 minutos atrás. - Disse Jimin.

  Nós vimos as câmeras e me chocou: Aquela Van preta estava no estacionamento e Jin estava com as sacolas na mão, um Homem saiu de dentro da van e colocou um lenço na boca de Jin arrastando seu corpo pra dentro da Van. Jin foi sequestrado !

  Depois de 10 minutos nós chegamos. Estou me sentindo muito culpado.. Prometi pro Nam que ia proteger o Jin e falhei.. Jimin me abraçou e nós começamos a chorar. Como eu iria contar isso pros meninos? Estou tão preocupado com Jin e seus bebes que estou começando a ficar com raiva e ódio preenchendo meu coração.

- Tae não podemos ficar chorando, precisamos falar com o Suga. Precisamos fazer algo pra salvar Omma Jin!

- Tem razão Jimin, vamos voltar pra casa e acabar com esses filhos da puta de uma vez, quero o Jin de volta, quero meus afilhados bem e saudáveis.. Quando Jin estava melhorando a saúde os bebes eu deixo acontecer isso. - Eu falei e comecei a chorar (Foto da cap), Jimin me abraçou.

- Não se esqueça que nós dois somos madrinhas dos bebes, não foi apenas culpa sua, foi nossa tá, também me sinto culpado. Não chore minha bicha ruiva. - Jimin me consolava tão bem.

  Agradeci o gerente e fomos até o carro. Vamos embora pra casa, resolveremos isso e vamos resgatar o Jin dessas más mãos.

Omma Jin nos espere.


Notas Finais


Comentem o que acharam.❤ e obrigado pelos comentários e favoritos eu amo cada um de vocês ❤😍🍩
Sou a Omma de vocês meus donutsinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...