História Um dia De céu Nublado - Fanfic Namjin *BTS* - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bighit, Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 82
Palavras 3.478
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora de postar. Esse tempo que fiquei fora foi dedico a trabalhos filhos da puta escolares. Amo voces e nunca irei abandona los. Desculpem qualquer erro de portugues.

Capítulo 35 - O Sequestro


Fanfic / Fanfiction Um dia De céu Nublado - Fanfic Namjin *BTS* - Capítulo 35 - O Sequestro


~ Pov Yoongi On.

  Tomei um banho depois de tudo e me troquei. Desci as escadas e vi uma coisa incrivel acontecendo na sala: Taehyung e Hoseok tentando se infiltrar com Soohyou, eles estavam sentados no tapete central da sala. Fiquei feliz com isso e entao me aproximei um pouco para ouvir a conversa:

- O que acha de irmos ao Shopping e comprar uma barbie pra voce? Voce pode escolher a que quiser que o papai compra. - Falou Hobi.

- Olha Obrigado Hobi mas eu prefiro uma monster High. - Soohyou nao chamava Hobi de papai e nem Tae de mamae como os outros que adotamos os chamavam.

- Tudo bem podemos pegar essa tambem. - Hoseok tentou fazer carinho no cabelo dela mas ela desviou um pouco.

- ... Quer cházinho? - Ela perguntou entendendo seu braçinho pequeno segurando uma xicara de plastico que não continha nada dentro.

- Quero sim. - Hobi pegou a xicara, levantou o dedo mimdinho e fingiu tomar.

- Filha, vamos comprar algumas roupas brilhantes e sintilantes? - Perguntou Tae e Soohyou suspirou.

- Desculpe mas acho que não gosto muito de roupas assim. Prefiro ser um pouco mais discreta e imperceptivel. - Disse Soohyou.

- Hm.. Tudo bem podemos comprar outros tipo de roupas o importante é voce ficar feliz. - Tae Beijou a testa dela e ela ficou um pouco confusa mas sorriu.

- Tae.. Quer segurar a Lady Spider? - Ela perguntou pegando sua tarantula e estendendo a em direção aos braços de Taehyung.

- C-claro. - Tae fechou os olhos e Soohyou ponhou a tarãntula na mão de Tae. - Gente sério, achei que ela fosse me matar, me envenenar, me descabelar e ela nao faz nada olha que fofinha. Nao tenho mais medo de aranha, pelo menos nao dessa.

  Depois de falar isso Soohyou ficou feliz. Nossos outros tres filhos chegaram:

- Hey meninos vamos para a aula de dança lá fora? - Hobi chamou Heung, Lee e Joohyun e eles ficaram felizes. - Hey Soohyou quer ir dançar com a gente? Vamos fazer a coreografia de We are Buletroof hoje. - Hobi chamou ela e os olhos dela brilharam.

- Sim papai eu querooo. - Ela foi correndo para o quintal junto com os irmãos.

- Nossa ela me chamou de papai. Isso foi gostoso de ouvir. - Disse Hobi que deu um selinho em mim, em Tae e depois foi pro quintal tambem.

- Amor depois que eles acabarem eu vou levar Soohyou no shopping pra fazermos umas comprinhas OK. - Disse Tae que pulou em meu colo e me beijou.

- Claro amor, aqui pode gastar o quanto quiser. Deve ter no minimo uns 600.000 wons nesse cartão. - Dei pro Tae e ele ficou mega feliz.

  Subi para a sal da Rapper line e fui compor algumas musicas.

~ Pov Yoongi Off.


~ Pov Namjoon On.

   Estava observando a familia Taeyoonseok se dando bem e fiquei feliz:

- Namjoon vem aqui na cozinha agora. - Jin me chamou com voz grossa e quando isso acontecia era porque eu estava fodido.

- Oi meu amorzinho. - Falei abraçando Jin por trás.

- Amorzinho o caralho. Quem é essa piranha que tu curtiu a foto ontem? - Jin mostrou meu celular. - e ainda comentou "Obrigada Namzinho por ter curtido".

- Calma amor. Ela é minha prima. - Falei.

- Calma o cassete ué, voce é meu. E ela nao vai mais ser sua prima quando eu cortar o que ela chama de garganta e jogar na foça ali da esquina. - Jin começou a bater a faca no frango em que estava cortando. Fiquei com pena do pobre frangoso.

- Ta bom meu amor desculpa. Eu so amo voce. - Beijei Jin e ele reteibuiu.

- Eca que nojo. - Falou Yumi chegando na cozinha de maos dadas com seu irmao. - Papai o que está fazendo com a mamae?

- Nada meus amores. Voces querem alguma coisa? - Perguntou Jin cortando o frango.

- Papai prometeu comprar o que a gente quisesse no mercado se a gente nao contasse que ele quebrou o celular da mamae deixando ele cair. - Falou Namjeung e eu ponhei a mao no rosto.

- Ah é Namjoon bom saber. Vai no mercado comprar o que as crianças querem que quando voce voltar vamos ter uma conversinha. - Falou Jin sorrindo e eu morri de medo.

- Mamae podemos vestir nossa roupinha de coelho? - Perguntou meu menino.

- Claro que pode meu bem. - Jin virou se para mim e nossos filhos foram se trocar.

- Desculpa Jin por ter quebrado. Juro que compro outro.

- Nam, quando quebrar algo nao esconde de mim ja conversamos sobre isso, nao gosto que me esconda nada, nem uma curtida de facebook ok. - Jin me abraçou. - A conversa que quero ter com voce é na cama. - Ele sorriu safado pra mim eu sorri de volta.

Nunca imaginei Jin sendo assim, mas da pra compreender, faz muito tempo que nao temos uma noite sexual por conta das crianças. Espero que ele esteja com fogo ate de noite, nao que eu seja safado porque nao sou. 

   Meus filhos desceram e peguei eles no colo, sai correndo pro carro, eu tinha que comprir minha promessa mesmo eles nao comprindo com o acordo mas sao crianças, nao sabem mentir. Dirigi ate o super mercado, estacionei o carro e entramos. Ao irmos para a sessao de danones abaixei e conversei com eles:

- Voces nao merecem que eu compre algo porque me deduraram mas entendo que joguei um fardo em cima de voces me desculpem. - Falei ainda abaixado.

- Desculpa papai. Quero esse suquinho de laranja. - Falou minha linda menininha pegando um e eu deixei. (Foto do Cap)

- E voce filho quer o que? - Perguntei.

- Danone de pessego. - Ele pegou um e fomos pro caixa.

  Depois de pagar, os leveis embora. Eu e Jin educamos muito bem nosso filhos, eles sabem o horario certo de tomar banho, sabem que nao podem derramar nada no carro, sabem que eles tem que entrar na cadeirinha e prender o cinto ao entratem no carro e etc.. Claro que Jin possui mais controle com aa crianças do que eu, eu sou mais criança que os dois e se bobear, Yumi é mais responsavel que eu.

..

  Ao chegarmos em casa, as crianças ja tinham tomado o que comprei pra elas e foram correndo ate o quintal dançar com o titio Hobi, que antes estava ensinando so os filhos e agora vai ter que ensinar a renca toda de crianças que tambem querem dançar. No total sao 8 entao J Hope que se vire, ninguem mandou ser o melhor dançarino do grupo.


  Adentrei a casa e vi Jimim e Jungkook correndo desesperados:

- Que pressa toda e essa? - Perguntei.

- Hobi pediu ajuda pra gente, ele nao vai ter paciencia nem cu pra ensinar certinho as 08 crianças, vamos ajudar ele, ja que somos talentosos na dança tambem. - Disse Kook tomando um toddynho.

- Aproveita e engole logo todo esse toddynho porque senao vai ter que dividir com 8 diabinhos e acho que nao vai querer ne. - Falou Jimin.

- Putz quero nao. - Kook engoliu todo o toddynho de uma vez e jogou no lixo da sala.

  Os dois correram pro quintal, ja estava bem tarde mas nao era perigoso ficar no quintal de noite ate porque Xurumela esses dias quase matou o carteiro que deixou as cartas no correio mas ainda bem que ele so arrancou um pedaço da perna do pobre homem. Entrei na cozinha e Jin junto a Tae fizeram um tremendo banquete para a familia, bem, estavamos acustumados ja com isso, a comida deles sempre eram incriveis. Na mesa havia tanta coisa que me perdi: Bolo de chocolate, bolo de sorvete, torta de frango, lasanha, Kimchi, O Frango que Jin estava cortando mais cedo, tres tipos de suco diferentes, porco grelhado... Uau. Isso era o basico da janta aqui em casa, imaginem quando capricharem de verdade!

- Oi amor. Trouxe as crianças? - Perguntou Jin.

- Nao nao deixei elas no mercado. - Respondi rindo.

- Ta fodido. - Disse Tae rindo.

- Repete Namjoon. - Jin encapetou a voz.

- Sim amor eu trouxe elas, calma amor so estava brincando alias parabens pelo banquete esta uma delicia. - falei.

- obrigada mas olha agradecer nao cobre o trabalho duro da gente. Nem falar que esta uma delicia depois de comer. Vai lava a louça junto com o Yoongi depois que todos comerem. - Disse Tae e Jin riu da minha cara.

- isso ai. Tae tem razao. - Ele completou.

- Nao conseguem ficar um segundo sem falar de mim ne. Sou fabuloso. - Yoongi chegou.

- Se achando a ultima bolacha do pacote ne Yoongi. - Disse Tae bagunçando o cabelo de Suga.

- Sou a primeira que todos pegam. - Ele sorriu e sentou na cadeira. - Que delicia de banquete mas ja sei que serei votado para lavar a louça. - Ele fez cara de deboche.

- Vai mesmo. - Tae, Jin e eu demos risadas.

- VAMOS JANTAR CRIANÇADAAAAA. - Jungkook chegou na cozinha com Yumi e Violetta no colo e o resto das crianças entrou na cozinha e todas sentaram.

  Eu, Jin e Tae nos sentamos tambem junto a Jimin e Hobi que chegaram.

...

  A janta foi uma verdadeira bagunça em familia, as crianças amaram a sobremesa e meu filho como sempre comeu bastante vegetais, ja que ele nasceu meio doente e precisava de vegetais para ficar forte. Nos os adultos tambem amamos a sobremesa e a janta preparara por Taehyung e Jin, realmente eles manjavam quando se tratava de cozinhar, ser lindo e cantar.

...

🕒

🕔


....

   Eu ja estava teeminando de lavar a louça e Yoongi estava guardando tudo. Demorou um pouco mas limpamos a bagunça da cozinha que todos fizeram comendo. Sequei minhas maos e deixei Yoongi terminar de limpar.


   Jin foi relaxar um pouco na banheira depois que terminou a janta, passei pela sala e todas as crianças estavam assistindo Moana na televisao, Hobi Jimin V e Kook estavam com elas comendo pipoca e bebendo suco.

   Subi para o quarto "Namjin" e adentrei, quando fechei a porta e me virei vi um sombra preta no canto da parede e pensei "CARALHO É O CAPETA ELE VEIO ME BUSCAR POR CAUSA DE TODOS MEUS PECADOS E POR CAUSA DA COLEÇAO DE CULTURA EROTICA QUE TENHO ESCONDIDA NA GAVETA DE CUECAS" Mas quando fez "Psiu" era só o Jin, Uffa.

  Jin se aproximou de mim e me jogou na cama, tirou seu roupão o jogando no chao mesmo e susurrou em meu ouvido "Fode meu cu Namjoon". Na hora eretei, aquela boca carnuda de Jin pertinho de meu ouvido me deixou bem ereto e excitado.


   Ele começou a tirar minha roupa e eu o ajudei, nunca vi Jin agressivo assim acho que era falta de uma noite sexual. Depois de mim ter ficado pelado subimos mais pro meio da cama e me lembrei que nao tranquei a porta:

- Amor nao tranquei a porta. - Falei e ia me levantando mas Jin me interrompeu.

- Esquece isso. Tae esta cuidando das crianças, pedi pra ele olhar elas. - Jin falou e se deitou.

  Subi em cima dele e comecei a chupar seu pescoço, Jin gemeu e agarrou minhas costas, arranhando ela, ele sabia que eu gosto disso, desci minha lingua ate seus mamilos e comecei a chupa los suavemente, ele começou a gemer mais alto e abriu as pernas, desci lambendo sua barriga ate chegar em seu penis, Jin estava completamente molhado, lambi apenas a cabeça de seu penis e o mesmo soltou um alto gemido, tampei a boca dele e continuei chupando, em menos de minutos ele gozou na minha boca e suas pernas sofreram um pouco de espasmos:

- Nao pense que acabou. - Ele se levantou, me jogou cama e ficou por cima de mim. - Estou um pouco agressivo hoje entao nao liga ok.

   Depois dele dizer isso, dei um sorriso safado e mordi os labios, ele entendeu o recado e abocanhou meu penis e chupou a extensao. Depois, deu atençao para a cabeçinha e chupou ate ficar de uma cor roxeada. Quando eu estava a gozar levantei a cabeça de Jin:

- Deixa o melhor pro final. Quica em mim. - Eu disse com uma voz safada.

  Ele retribuiu o sorriso, empinou a bunda em cima de meu penis e foi sentando ate encaixar. Ao encaixar ele aprofundou mais e começou a quicar, ficou rebolando em meu penis, claro que nao deixava de ser romantico, demos as maos e nos beijamos, um beijo ardente, molhada e gostoso que eu nao sentia faz tempo e nem Jin.


  Em questao de alguns minutos, gozamos, nao era dificil ja que nossos corpos estavam tao proximos, quentes e apaixonados que gozamos de prazer.

  Deitamos um do lado do outro, Jin me abraçou:

- Voce nao perdeu o jeitinho hein. Amei. - Ele estava tao cansado que adormeceu depois de falar isso.

- Minha princesinha. Amanha quando acordarmos tomamos banho. - Falei fazendo carinho nos cabelos de Jin e adormeci.

.....


No dia seguinte.


....

  Acordei e Jin ja estava com os olhos abertos:

- bom dia minha princesa. - Falei e o mesmo fez um rostinho triste.

- Nam.. To sentindo que vai acontecer algo ruim hoje. Algo muito ruim. - Jin apertou meu braço e quando ele fazia isso era porque estava com medo.

- Calma minha princesa. Estou aqui para proteger nossa familia. - Beijei a testa de Jin e o mesmo começou  a chorar. Eu estava preocupado.

- Obrigado Nam por sempre estar comigo.

- Nao tem que me agradecer, estou aqui pra isso. Vamos tomar um banho? - Perguntei.

- Vamos. - Jin respondeu.

~ Pov Namjoon Off.


~ Pov Jin On.

  Eu e Nam tomamos banho, eu estava preocupado, meu peito doía como se algo ruim fosse acontecer. Ainda bem que tenho Nam ao meu lado pra me apoiar. Depois de acabar o banho e nos trocarmos olhei no relogio e eram 10:15 da manha. As crianças precisavam se arrumar pra ir a escola, ainda mais que hoje seria o primeiro dia das filhas Jikook, Jimin havia matriculado elas na mesma escola que todos pela internet.

  Desci as escadas junto ao Nam e vi uma cena absurda: 8 crianças dormido juntas no tapete da sala e 4 adultos dormindo Largados no sofá, fora Xurumela que estava dormindo em cima da estante da sala, como ele foi parar la? Nao sei e ainda a TV estava ligada. Faltava Yoongi mas logo ele apareceu:

- Olha omma Jin por puro milagre de Deus eu fiz o cafe da manha hoje, mas so hoje e isso porque eu tambem tava com fome. 12:30 eu levo as crianças pra escola ok. - Depois de dizer isso ele subiu.

- OH NEGADA VAMO ACORDANDO. HOJE TEM ESCOLA E VOCES NAO PODEM FALTAR VAMO VAMO TODO MUNDO LEVANTANDO. - Namjoon gritou e depois disso so se ouviu resmungos.

  As crianças levantaram e Jimim junto a Jungkook e Hobi foram dar banho nelas para irem para a escolinha, Tae ainda dormia e eu fui cutuca lo:

- Quando eu disse "Cuida das crianças que eu vou dar a raba pro Nam", eu quis dizer pra colocar elas pora dormirem e nao pra madrugar com elas Kim taehyung. - falei.

- e o agradecimento cade? Ta na puta que pariu ne Jin. - Tae ainda estava com voz de sono.

- Obrigado. - Eu disse.

- Ja te falei meu bem de nada. - Tae cantarolou, acho que tem algo a ver com o filme da Moana.

...


Depois de algum tempo


...

  Ja era 12:20, as crianças estavam todas arrumadas e comidas, isso quer dizer que elas estava de barriga cheia e nao que alguem comeu elas OK. Eu estava arrumando o cabelo da minha princesinha e Yoongi estava arrumando o cabelo de Soohyou, Hobi penteou os cabelos de seus 3 meninos, Nam estava arrumando nosso filho e Jimin arrumou o cabelo de Jasminn e Violetta:

- Soohyou. - Violetta chamou pela filha de Yoongi. - Porque eu, Jasminn e Yumi estamos com lacinho rosa e voce esta com um lacinho azul escuro?

- Porque eu sou Swag igual meu pai. - Soohyou arqueou as sombrancelhas e cruzou os braços fazendo todos nos rirem.

- Filha toma conta do seu irmaozinho. Nao foi a toa que te coloquei no karate, se alguem mecher com ele o que voce faz? - perguntei para Yumi.

- Chuto as bolas dele bem forte. - ela me disse e eu fiz uma cara brava. - Foi isso que o papai me ensinou mamae.

- Voce conversa educadamente com a pessoa e se a pessoa te maltratar pode bater e arregaçar a cara. - Falei e ela riu.

- Vamos criançada todas pra nossa van escolar dooooooooos...-  Disse Yoongi esperando as crianças completarem.

- MINI BANGTAAAAAN. - Todas gritaram juntas ate Jasminn e Violetta sabiam, acho que alguma das crianças ensinou elas duas.

- E no caminho vamos ouvir ??? - Yoongi ponhou as maos atras da orelha esperando a resposta.

- BI TI EEEEEEEEEEEES. - Todas as crianças gritaram.

  Foram todas correndo para a porta, antes cada uma deu um beijo em seu devido pai, os 4 filhos de Tae deram um beijo no mesmo largado no sofa dormindo, espero que ela tenha sentido. E todas foram pra escola... Eu ainda estava sentindo um aperto...

....

04:30 horas depois.

...

  Tae ja havia acordado e almoçou conosco, nos estavamos todos reunidos na sala conversando sobre nossas musicas e em como nosso filhos nos faziam felizes. Xurumela estava no colo de Tae e o mesmo estava fazendo carinho nele, Yoongi se levantou:


- Hora de buscar as crianças na escola gente, estou indo. As crianças amam o titio e o papai suga. - Ele falou se exibindo.

- Yoongi posso ir com voce? - Perguntei e todos me olharam.

- Claro mas porque? - ele perguntou.

- Esta tudo bem amor? - Perguntou Nam.

- esta sim, so querl buscar eles tambem. - Falei e fui para garagem com Yoongi.

  Suga e eu entramos na van e fomos para a escola buscar nossos nenens. A minha dor no peito continua, espero que as crianças estejam bem.

....


Chegando lá.


...

   Chegamos na escola era 04:55, faltava 5 minutos pro sinal bater e eu estava nervoso, muito aflito e angustiado. Quando o sinal bateu varias crianças sairam, inclusive as nossas e vieram todas em nossa direçao:

- oi papai. - Soohyou pulou no colo de Yoongi. - Hoje eu mostrei o dedo do meio pro menino que falou que o cabelo da Violetta era feio, igual voce fez no clipe Agust D papai. - Ele falou pra ele.

- Que orgulho da minha menina. - Yoongi beijou a bochecha dela.

- Mamae faz um tempo que nao vejo meu irmaozinho. Ele falou que ia fazer pipi e nao voltou. - Falou Yumi subindo em meu colo e eu a peguei.

- Quando foi isso meu anjo? - Perguntei.

- Um pouco antes de bater o sinal mamae. - Ela me disse com lagrimas nos olhinhos. - Mamae to com medo. Cade o Namjeung?

- Eu vou entrar la pra procura lo, talvez alguma professora o tenha visto. - Falei ponhando Yumi no chao.

- Quer ajuda Jin? Se quiser eu procuro. - Disse Suga.

- Obrigada Yoongi mas eu vou entrar la. - Falei.

  As crianças entraram na van e eu entrei na escola. Os corredores estavam vazios e eu no banheiro dos meninos mas meu filho nao estava la. Sai desesperadoe trombei com uma professora loira:

- Esta procurando algum aluno senhor? - ela me perguntou.

- Sim. Kim Namjeung da sala do primeiro pré B. - Falei estalando os dedos.

- Aah sim. Ele.. O parente dele veio o buscar e foi embora, o que voce é dele? - Ela me perguntou rindo e eu so queria bater na cara dela naquele momento ate amassar.

- Eu sou a mae dele e que parente veio buscar? - Agarrei o braço dela com força.

- Acho que era o avô pelo que me lembro. - Ela me estranhou e eu dei um tapa tao forte no rosto dela que ficou a marca de minha mao.

- COMO ASSIM VOCE ENTREGA MEU FILHO NA MAO DE OUTRA PESSOA SUA DESGRAÇADA SUA PUTA. COMO VOCE DEIXOU ISSO ACONTECER? VOCE NAO TEM VERGONHA NA CARA NAO? Cade a porra de segurança dessa escola? - Falei furioso. Meu celular tocou e eu atendi no mesmo instante.

- OOOI Jinzinho lembra de mim? Isso mesmo seu querido papai. Estou aqui com meu netinho lindo. Ele e uma gracinha. Fala oi pra mamae. " Mamae socorro" - Meu filho gritou. Aaaah era meu pai mas que degraçado. - Tchau Jinzinho, peguei o mais fraco porque morre mais rapido. Beijo.

  Depois de dizer isso ele desligou e eu caí no chao, comecei a chorar, Yoongi veio correndo em minha direçao:

- Jin o que houve? - Ele me pegou no colo.

- Meu filho... Foi sequestrado.. - Falei chorando


Notas Finais


E ai o que acharam? Eu jogo a bomba 04:15 da manha e saio correndo. Comentem o que acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...