História Um Diabolik Lovers... Diferente? - I.N.T.E.R.A.T.I.V.A - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~_Anjo_Suicida_

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Exibições 50
Palavras 702
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Harem, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi seres humaninhos do meu core-core, aqui mais um capítulo, escrito pela Aline, espero que gostem😍

Capítulo 8 - Um mundo onde, seu sangue prevalece em primeiro lugar.


Fanfic / Fanfiction Um Diabolik Lovers... Diferente? - I.N.T.E.R.A.T.I.V.A - Capítulo 8 - Um mundo onde, seu sangue prevalece em primeiro lugar.

POV. ELIZABETH

Elizabeth- Obrigada, acho que te conheço você não é a Manuela?

Manuela- Sim sou eu, se não me engano o seu é Elizabeth,  não é?

Elizabeth- Sim, tive muita sorte de te encontrar aqui.

Manuela- Com certeza, você deve se deitar agora você não parece muito bem.

Elizabeth- Você tem razão, eu devo recuperar um pouca de força.

A Manuela me ajudou para ficar melhor em pé, ela me distraiu um pouco mas às vezes sinto dor no local onde foi mordido, meus olhos se encheram de tristeza, ficava pensando oque seria de mim naquele lugar, tudo que eu quero é sair daqui isso tudo tem que ser um pesadelo.

Manuela- Este é seu quarto né?

Elizabeth- Sim, obrigada Manuela por ter que fazer você me ajudar.

Manuela- Está tudo bem, e por favor me chame de Malu.

Elizabeth- Ok, e mais uma vez obrigada.

Abri a porta rapidamente depois a fechei, fui andando até a cama e lá desabei em lágrimas, umas lágrimas meio que avermelhada. Queria que a minha vida fosse um pesadelo e quando menos esperamos acordarei. 

POV. MANUELA 

Depois de ajudar a Elizabeth me deu um pouco de sono, bem se eu dormi só um pouco ninguém sentirá minha falta. Estava procurando uma sala para mim descansar, ia demorar muito até chegar no meu quarto. Continuei andando até que encontrei uma salinha para mim.

Manuela- Finalmente eu encontrei meu novo quarto.

Andei até o sofá e cai com tudo em cima fechei meu olhos rapidamente, percebi que já estava quase dormindo, quando apareceu um filho da mãe e me atrapalhou!!!!!

???- Este lugar já tem dono sabia?

Manuela- Não, eu não sabia e agora que eu to aqui nem o satã vai me tirar daqui.

???- Cuidado com o que você fala, acho que você não se lembra de mim meu nome é Shuu.

Manuela- Lógico que eu lembro de novo, quem não vai esquecer um idiota igual você!

Shuu- Você é bem atrevida, gostei de você.

Manuela- To nem aí, agora me deixa dormir em paz!!

Ele ficou quieto por um tempo, ouvi passos, acho que a peste foi embora agora posso ficar em paz. Senti o sono vindo de novo e quando eu me no espero lá vem o filho da mãe e fiquei em cima de mim.

Manuela- Quanto mais eu rezo mais o demônio atenta!!!  O que você quer agora? 

Shuu- Simples você.

Manuela- "To me Ferrando lindo"

Ele colocou uma mão na minha cintura, e a outra no meu rosto, fiquei encarando aqueles olhos azuis eles eram tão lindo, ele desceu seu rosto até meu pescoço, e então senti uma dor forte, senti meu sangue sendo sugado tentava me transforma mas sempre dava falha, me debatia só que ele começou a sugar mais meu sangue, vi tudo se apagando, dormi com dorme mas pelo menos dormi.

POV. ELIZA

Andava em um Jardim lindo, flores brancas e vermelhas isso tudo me encantava, fechei meus olhos em lembrei da música Pacify her da Melanie Martinez, acho essa música incrível, cantava essa bela música no meu pensamento, me abaixei um pouco para pegar uma flor, na hora que ia pegar a flor escutei uma voz masculina.

???-  Não era para você estar aqui, então saía!!

Eliza- S-Subaru, me desculpe eu não queria te deixar com raiva- Comecei a corar de vergonha.

Subaru- E quem disse que você me irritou? Estou com raiva é do Ayato aquele desgraçado.

Eliza- Ok, bem deixarei você sozinho tchau.

Subaru- Espere, fica por favor.

Eliza- O-Ok.

Andei como o Subaru mais um pouco, aquele jardim era muito grande e perfeito, as vezes sentia que ele me olhava com malícia, então começa a ficar vermelha, o som que o vento fazia era assustador isso é tão emocionante. 

Eliza- Bem Subaru eu tenho que ir agora nos vemos depois.

Na hora que eu ia sair o Subaru me segurou e foi se aproximando do meu pescoço conseguia sentir sua respiração, senti seus dentes cravados sobre minha pele, ele chupava meu sangue e eu dava gemidos baixos, não sentia mais meu corpo meu corpo parecia que ia cair tudo a minha volta tinha perdido cor, senti meu corpo pesar e desmaiei.


Continua...


Notas Finais


Beijinhos e suquinhos🙃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...