História Um Diário Criminoso - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman
Tags Coringa
Exibições 14
Palavras 876
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aceito críticas e sugestões...

Capítulo 1 - Escolhendo membros.


Fanfic / Fanfiction Um Diário Criminoso - Capítulo 1 - Escolhendo membros.

Coringa acorda sozinho em uma cela da prisão de Gotham City após ser preso novamente pelo seu velho amigo Batman, ele se levanta irritado e rapidamente

soca a parede com força em seguida olha pro lado e encara os outros detendos que estão presos em outras celas.
"Novos amiguinhos" argumenta Coringa com um sorriso irônico estampado em seu rosto. 
Logo em seguida o sinal do café da manhã toca e os policiais levam os prisioneiros para o refeitório.
 Ao chegar no refeitório Coringa fica isolado em uma mesa no canto da sala e  já pensando como e quando será sua fuga ele também já vai escolhendo alguns parceiros para o ajudar.
Depois do café os detendos voltaram a suas celas inclusive Coringa que no caminho de sua cela rouba um papel e uma caneta para escrever seu próximo plano de fuga enquanto vai se aproximando de um de seus futuros possíveis aliados, um cara grande, forte e assustador.
"Olá amigo" diz Coringa se aproximando mais do prisioneiro.
O prisioneiro apenas resmunga olhando para a frente sem parar de andar.
"tá afim de fugir?" Fala Coringa com um olhar assustador ao prisioneiro.
"Deadshot" fala o prisioneiro que continua andando até sua cela.
Coringa, confuso com a resposta do prisioneiro bota o braço na frente dele sem deixar o prisioneiro andar e fala:
"O quê é Deadshot?" 
"Deadshot é o meu nome" diz o detento que empurra o braço de Coringa e continua a andar.
"Mas você topa fugir?" Pergunta Coringa confuso enquanto olha para Deadshot.  
Um policial coloca a mão no meio dos dois e os separa antes que Deadshot consiga responder.
Coringa já em sua cela esconde o papel e a caneta dentro de um buraco pequeno na parede e coloca seu lençol em cima do buraco para ninguém ver, enquanto ele escondia o papel e a caneta no buraco que ficava no canto da parede de sua cela ele achou um pequeno caderno, bem escondidinho dentro de uma rachadura no canto da cela perto do buraco onde tinha escondido o papel e a caneta, ele abriu o caderno e viu que estava com várias folhas em branco e resolveu fazer aquele pequeno caderno virar o seu diário onde relatava os acontecimentos de sua vida dentro e fora da prisão.
Enquanto ele pensava na fuga ia escrevendo em seu diário suas idéias e tudo o que ele ia fazer após escapar daquele maldita prisão. 
Depois de Coringa achar o buraco, escrever em seu novo diário e esconder tudo no esconderijo o sinal do almoço toca e todos os prisioneiros vão para o refeitório, já com muita fome.
Coringa dessa vez não estava isolado, estava com Deadshot que nesse meio tempo de almoço conseguiu responder Coringa.
"Você já tem sua rsposta?" Fala Coringa se aproximando de Deadshot que estava comendo tranquilamente. 
"Tenho, eu estou pronto para a fuga" Deadshot sussurra a Coringa e continua a comer.
"Me chame de Coringa" fala a Deadshot que para de comer e fala:
"E você me chame de Pistoleiro, meus amigos me chamam assim".
"Claro" Diz Coringa que olha no fundo do olho de Pistoleiro por 3 segundos.
Enquanto os dois se olhavam o Coringa empurra Pistoleiro para ver um homem que estava atrás do dele e o cara era perfeito para sua equipe de fuga.
Coringa se aproxima do prisioneiro e diz:
"Qual seu nome amigo?" Com uma voz rouca e falhada.
"Rick Flag Jr, porque quer saber seu velho?" Fala Rick sem medo de Coringa. 
"Pra nada, bebezinho" Diz Coringa que sai gargalhando voltando para seu lugar.
O sinal toca bem quando Coringa chega a sua mesa e todos os prisioneiros vão para suas celas.

Coringa e Pistoleiro vão juntos caminhando até as celas mas Coringa no caminho se afasta de Pistoleiro e se aproxima de Rick Flag Jr que estava no outro lado do corredor.

"Se encontramos de novo não é amigo?" Fala Coringa se aproximando mais de Rick.

"Parece que sim e eu não sou seu amigo" Diz Rick a Coringa e continua a andar.

"Mas pode ser..." Fala Coringa, já com a proposta da fuga na ponta da língua. 

Rick fica confuso e Coringa já fala sobre a fuga para ele.

Rick faz uma cara de decepcionado e fala:

"Você que escapar dessa prisão? é impossível!" Diz Rick.

"Você topa ou não?" Fala Coringa de saco cheio por causa do Rick.

"Fazer o que né... topo" Fala Rick enquanto Coringa se afasta dele.

Depois de os prisioneiros entregues a suas celas Coringa pega seu diário e começa a escrever.

Diário Do Coringa - Dia 16/10/2016


Querido diário, fui preso novamente mas não por muito tempo, pois tenho idéias, métodos e técnicas para a fuga apenas preciso reunir uma gangue para me ajudar, hoje já encontrei dois membro de minha equipe de fuga apenas preciso de mais uma confirmação e eu estarei um passo a frente na fuga, preciso de apenas de mais um membro para minha equipe e eu vou ficar livre pois meu plano não é nada demais, eu vou fugir pelo telhado usando a ventilação de minha cela e depois driblar a segurança com meu incrível final secreto e estarei solto, vou dominar a prisão depois a cidade e por fim o MUNDO! 
Coringa. 


Notas Finais


Aceito críticas e sugestões...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...