História Um " diário " de uma garota sem voz - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 19
Palavras 466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Famí­lia, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu sei que era pra eu postar a continuação daquele sonho ( que ta demorando mais do que eu realmente achei que ia demorar ) , mas é que hoje aconteceu uma coisa que eu preciso contar pra vocês

Capítulo 5 - Interrompendo a programação " normal um pouco


Fanfic / Fanfiction Um " diário " de uma garota sem voz - Capítulo 5 - Interrompendo a programação " normal um pouco

Bom o negócio é o seguinte : hoje eu fui fazer a sobrancelha numa moça perto da casa da minha avó. E eu tinha ido de boa e tava voltando. E no caminho eu sempre passo na porta de uma creche e quando eu tava indo não tinha ninguém. Mas quando eu tava voltando tinha um cara falando no celular , daí eu só aumentei o volume da música que eu tava ouvindo no fone e pensei :" vou fazer a minha linda 'cara de vai se fuder ' ele vai ficar confuso como todos os outros e eu passo de boa " e assim eu fiz... Fiz a minha melhor cara de foda-se e fui passando. E eu ouvi ele falando no celular:" ... vai ficar de boa ... Sabe porque ? Porque tá passando uma menina bonitinha pra carai aqui na minha frente ... Hehe ..."

  Mano... Quando eu ouvi isso... Sabe aquela vontade de começar a xingar em japonês ou começar a falar espanhol pra pessoa ficar confusa ?

   Nossa ... Mas me subiu uma vontade... Mas como sou um ser humano que tem um autocontrole muito bom ( por incrível que parece não estou sendo irônica nem sarcástica... é sério) eu não fiz nada ... Só bufei e saí pisando forte ...

Vocês devem estar pensando:" Nossa ... Cê ficou toda bolada por causa de uma cantada ?? Que pessoa sensível... "
  
   E é exatamente isso ! É porque ... Poxa , eu não recebo elogio nem da minha mãe ! Daí chega um cara e saí te dando uma cantada ? Poha...

     " Aí... Mas foi só isso ? Achei que era uma coisa mais importante !!" 
E é importante !! Eu não gostei nem um pouco ! Me senti ... Meio estranha e isso tava e ainda tá me incomodando... Porque ... Sei lá... Só não curti ...

Ham... O irônico é que faz mais ou menos um mês que eu fiz um trabalho sobre " Machismo , Feminismo e Femismo " em que falava sobre o assédio às mulheres na rua... E as minhas colegas me perguntaram se eu já tinha passado por uma situação dessas e eu disse que nunca passei ... Até hoje...
         
    E tipo eu nunca ( nunca mesmo ) achei que isso ia acontecer comigo ... Até porque eu não sou lá essas coisas pra receber uma cantada nada sutil ... Só porque eu tava de short ? Ah !! Me poupe ...

Eu desejo a esse ser , carinhosamente de todo o meu coração,  que ele vá se fuder , que um dia alguma mina dê um belo chute aonde o sol não brilha .... e que aprenda umas cantadas melhores e mais sutis e delicadas ... ^ω^ só porque sou fofa mesmo ...




Notas Finais


Sei que é um pouco bobo da minha parte , mas aprendam a conviver porque infelizmente , para a alegria de vocês , a bobeira é uma grande parte da minha personalidade !! ^^
Agora quero saber de vocês... Já passaram por isso ? E o que fizeram ? Deixem nos comentários se quiserem ...
Beijos de purpurina
E tchau !! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...