História Um Estranho Em Minha Casa - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Ikki de Fênix, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Saga de Gêmeos, Shaka de Virgem
Tags Cavaleiros Dos Zodiaco, Romance, Segredos, Yaoi
Visualizações 37
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá aqui estou eu com outra fanfic CDZ dessa vez essa vai ser mais séria e dramática, já vou deixar claro ela foi baseada no trailer de um filme que não recordo o nome mas eu não cheguei a assisti-lo então vai ser 89% da minha cuca mesmo, espero que gostem!

Capítulo 1 - Oi, meu nome é Mu


Hoje a cidade de Athenas estava desfrutando de um longo dia chuvoso e frio as pessoas passavam com capas e guardas chuva para se proteger dos pingos que embora ainda fracos todos sabiam que logo mais durante a tarde eles seriam privilegiados com uma longa e forte tempestade, afinal a meteorologia nunca mente né?

Em uma casa de um bairro residencial um pouco distante do grande centro comercial da cidade grega estava um casal retirando as compras do carro, era possível ver Saga um homem alto de longos cabelos loiros, uma voz marcante e imponente além de um corpo bem definido o coroa de 37 anos fazia inveja e ciúmes a qualquer jovem por aí ao seu lado estava o seu parceiro de longa data Shaka, o virginiano era um homem um pouco mais alto mas com uma estrutura mais delgada e sutil que seu marido. Shaka sustentava uma cabelo loiro que conseguia ser mais longo que to próprio Saga além dos olhos azuis que fazem Saga perder o chão em apenas encará-los por alguns segundos.

Shaka: As coisas são bem mais baratas nesse novo mercado.

Saga: Sim, na próxima vamos nesse novamente.

A chuva já aparentava ficar mais forte quando ambos já se recolhiam em sua casa mas param quando são surpreendidos com uma voz doce e calma.

??: O Senhor se chama Saga West?

Os dois homens viram para ver de onde vinha o questionamento quando dão de cara com um garoto um pouco baixo, com uma pele alva que era mais clara que de Shaka, ele tinha longos cabelos de uma cor exótica algo como lavanda, no lugar das sobrancelhas tinha dois pontinhos incomuns, tinha um corpo magro bem desenhado com traços suaves. O garoto trajava um roupa simples que estava encharcada por conta da chuva.

Saga: Sim, por que?

??: Oi, meu nome é Mu e sou seu sobrinho.

Saga e Shaka se encararam de forma estranha.

Shaka: O seu irmão não havia desaparecido?

Saga: Sim, o que aconteceu com seu pai garoto?

Mu: Após a morte da minha mãe meu pai se distanciou e se meteu em alguns problemas aí acabou preso.

Shaka: Quantos anos você tem?

Mu: dezessete senhor.

Saga: Acho melhor entrar aí você nos conta tudo?

--------X--------

Estavam os três sentados na sala, o barulho assustador da tempestade da lá fora se mantinha como trilha sonora do ambiente.

Mu: Então larguei os estudos e comecei a trabalhar, parei de ir visitar meu pai ele começou a ser muito agressivo comigo nas visitas.

Shaka: Onde morava.

Mu: Na casa dos meus pais ainda mas então as contas começaram a aperta aí fui falar com ele e ele me falou para vir pra cá disse que seria o lugar mais confiável e acolhedor.

Shaka: Você passou por tantas coisas.

Saga: Amor vamos conversar ali na cozinha.

Os dois seguiram para o cômodo.

Saga: Essa história tá muito estranha.

Shaka: Não tem como alguém desconhecido aparecer assim com tantos detalhes da vida do seu irmão, você mesmo falou que ele teve três filhos com mulheres diferentes mas que não chegou a conhecer nenhum.

Saga: Sim mas mesmo com tudo isso ainda é estranho, o que você acha?

Shaka: Ele tem que ficar não tem pra onde ir além disso o garoto tem apenas dezessete anos.

Saga olhou incerto pra tudo isso.

Então voltaram para a sala, Mu ainda se mantinha parado no mesmo lugar com um olhar um pouco assustado.

Saga: Conversamos e concordamos que você ficaria.

Shaka então se aproximou e pôs uma de suas mãos nas costas do ariano.

Mu: É sério, eu entendo vocês desconfiarem e tudo...

Shaka: Não, você parece um menino tão doce além do mais seria uma bela companhia para meu irmão.

Saga: Meu Deus eu esqueci de buscar Aiolia no treino.

No mesmo momento a porta é acertada por vários golpes violentos fazendo todo ali se assustarem, então Saga foi abrir e dela saiu um Aiolia todo encharcado o garoto era alto com olhos verdes com um mesclado de azul, tinha um corpo definido e cabelos em um tom castanho bronze.

Shaka: Desculpa Olia acabou acontecendo uns imprevistos.

Aiolia: Nenhuma novidade até aí.

Saga: Aiolia temos visita.

Aiolia olho em direção de Mu e sua face perde a feição de raiva para algo indecifrável e indescritível então segui seu caminho para o seu quarto no segundo andar da casa.

Shaka: Acho que ele gostou de você, Aiolia tem um gênio um pouco difícil.

Mu: Vocês não são muito parecidos.

Shaka: Ele é adotado mas evite falar sobre tudo bem?

Mu concordou.

Shaka: Vou fazer a janta, Mu vaia tomar um banho tenho algumas roupas antigas que talvez de em você.

POV. Shaka

Mu era um garoto muito educado e doce após tomar banho se ofereceu para me ajudar com a jantar e ele me contou um pouco de como era morar sozinho, ainda não acredito que esse garoto teve que assumir tantas responsabilidades com tão pouca idade. Estávamos esperando Aiolia na mesa quando meu irmão chegou com a mesma cara emburrada de sempre e se sentou então começamos a comer.

Saga: Nossa a comida tá realmente muito boa, você é de mais amor.

Shaka: Agradeça também ao Mu ele me ajudou com tudo.

O garoto deu um pequeno sorriso e se envergonhou notei Aiolia sorrir também com aquilo acho que ele vai fazer muito bem ao meu irmão difícil, tudo corria muito bem até Saga perguntar pelo molho de pimenta.

Shaka: Ele está ali no armário, pode pegar Mu?

Indiquei com o dedo o frasco que estava em uma parte alta do armário mais próximo o garoto então foi pegar mais como era mais baixo estava tendo dificuldade então começou a se esticar neste momento olhei para Saga que mantinha os olhos focados na bunda de Mu que estava empinada por conta dos movimento mas o pior não foi o olhar focado e sim as mordidas nos lábios ele estava desejando aquilo assim como um cachorro deseja um osso, não podia está vendo aquilo meu marido babando por um garoto de dezessete anos em baixo do teto da nossa casa.

Olhei para Aiolia e ele parecia observar o ariano também mas estava sendo mais discreto, meu peito se encheu com um sentimento ruim que doía e me fazia mal quando Saga levantou-se da mesa seguiu até o garoto se pois atrás dele e com facilidade pegou frasco de molho, ele sustentava um grande sorriso vitorioso e Mu estava vermelho. Aquilo era de mais, bati com uma mão bem forte sobre a mesa assustando a todos no ambiente notei todos me direcionarem o olhar, Aiolia fechou a cara e correu para o seu quarto.

Shaka: Olia espera!

Saga: O que foi isso?

Um estava muito nervoso.

Mu: Muito obrigado pelo jantar.

Ele suspirou e saiu correndo para o quarto de hospedes, parece que o jantar realmente tinha acabado.

Saga: Vou arrumar a mesa depois a gente conversa.

---------x---------

Acabo de sair do banho, Saga estava deitado sobre a cama.

Saga: Pode me explicar o que foi aquilo?

Shaka: Quem me deve explicações é você.

Saga: Vamos começar, o que eu fiz?

Shaka: Enquanto Mu tentava pegar o molho você estava olhando pra bunda dele e não era de uma maneira normal estava babando e querendo...

Saga: Você tá dizendo que eu estava desejando um garoto de dezessete anos? Sabe que ele pode ser meu sobrinho, né?

Shaka: Eu não estou dizendo eu vi.

Saga: Isso não aconteceu, estávamos comendo quando o Mu foi buscar o molho aí eu realmente estava focado em algo mas não na bunda dele eu estava olhando você.

Shaka: Por favor...

Saga: É verdade achei estranho a forma que me encarava estava com raiva mas não sabia de que aí se virou pra olhar Aiolia ele sim estava babando no garoto.

Shaka: Você tá dizendo que eu que imaginei tudo.

Saga: Essa não seria a primeira vez, você sabe.

Shaka: PARE! Você sabe que não tenho mais isso.

Deito sobre a cama e começo a chorar, Saga se aproxima e me acolhe com um abraço.

 

Saga: Acalmasse amor foi só um mal entendido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...