História Um futuro diferente para os marotos - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Arthur Weasley, Carlinhos Weasley, Dobby, Dorcas Meadowes, Draco Malfoy, Fenrir Greyback, Franco Longbottom, Fred Weasley, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Kingsley Shacklebolt, Lílian Evans, Lord Voldemort, Marlene Mckinnon, Neville Longbottom, Pedro Pettigrew, Percy Weasley, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter
Tags Draco Malfoy, Dramione, Harry Potter, James Potter, Jilly, Lily Potter, Marotos, Rabicho, Remus Lupin, Severo Snape, Sirem, Sirius Black, Wolfstar
Visualizações 95
Palavras 1.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Meus amores. Voltei com mais um capítulo pra vocês. Bem adolescentes dramáticos nesse cap.😂😂
Gente, quanto a enquete do capítulo passado, aqueles que não comentaram lá, comentem aqui. Vou anotar tudo. Aos outros, comentem o que acharam do capítulo. Esse draminha adolescente.
Lembrem do pensamento de Mia, na cena do Sirius e do Remus, é uma importante dica pro futuro da Fic. Se acalmem que logo as coisas se acertam. E logo novamente, nós entramos com um capítulo Wolfstar que todos esperávamos. Vamos fazer jus a classificação da Fic. 😂😂 aguentem firme. Em breve... ainda essa semana. 😉😉

Gente, mais uma coisa, minha ideia inicial era Morgana e Luna, e a maior parte das pessoas votou por isso até agora. Esperando pra ver se vem mais votos.

Última pergunta: Vocês acham que eu mato o Sr Wesley? Pq sempre lembro do que JK disse, que ela manteve Arthur vivo e por isso matou Remus. Deixem sua opinião. 😘😘😘

Capítulo 12 - Amizade rompida


- Como pôde fazer isso? – perguntou Gina. – Achei que fosse minha melhor amiga. – Gina e Mia conversavam sozinhas no quarto das meninas, Morgana estava no banho.

- Você é. – Disse Mia, desesperada. Gina ia interromper, mas Mia foi mais rápida. – Quer parar. Não aconteceu nada entre nós dois. Draco só é meu amigo. Nunca teria nada com ele.

- Não acredito em você Mia. – disse Gina, suas bochechas estavam da cor dos cabelos de tanta raiva. – Eu vi vocês abraçadinhos. Você sabia que eu gostava dele. Como pôde me trair? Achei que você gostasse do Harry.

- Pela milésima vez. – respondeu Mia. – Eu não te traí. Como pode desconfiar de mim Gina? Achei que tivéssemos um voto de confiança. – nesse momento Morgana saiu do banho por causa dos gritos.

- O que está acontecendo aqui? – ela perguntou.

- Você quebrou nosso voto de confiança no momento em que ficou agarrada com Draco. – falou Gina friamente. Ela arrancou um cordão que simbolizava a amizade das três meninas. E jogou em um canto do quarto. Aquilo doeu no coração de Mia. Normalmente, ela seria explosiva, iria gritar que Gina estava sendo ridícula e coisas assim, mas aquele ato de jogar o cordão, machucou demais a menina. Lágrimas começaram a correr de seus olhos. Ela não iria chorar, mas estava muito triste. Por isso caminhou até o canto do quarto, onde Gina havia jogado o cordão e o apanhou do chão, então ela saiu em silêncio, indo direto para o quarto do pai. Onde teria paz.

Assim que entrou no quarto ela se jogou na cama e remoeu o momento em que Gina os viu abraçados, eles não estavam fazendo nada demais, apenas abraçados. Mas ela gritou como se tivesse vendo uma barbaridade. Disse “Como pôde?” e depois correu escada a cima, Mia não hesitou em correr atrás da amiga para tentar entender o que tinha acontecido. Harry estava parado atrás de Gina e também viu Mia e Draco abraçados, os dois haviam entrado antes dos outros. Antes de ir atrás da amiga, Mia viu a tristeza no rosto de Harry e ela sabia que nunca mais teria uma chance com ele se não explicasse tudo naquele momento, mas Mia não pensou duas vezes, sua amizade com Gina vinha em primeiro lugar. Pena que não havia dado certo. Enquanto Mia tinha o cordão de Gina seguro entre sua mão e seu coração, Remus entrou no quarto.

- Minha pequena? – ele chamou. – O que aconteceu?

- Ah papai, foi horrível, eu juro que não fizemos nada demais, mas Gina não acredita em mim. – ela disse tristemente enquanto ela se aconchegava no colo do pai. Sirius entrou no quarto, nesse momento, ainda um pouco manco.

- Certo, alguém pode me dizer por que Draco estava batendo na porta do quarto de vocês desesperado? – Sirius perguntou à Mia. – E por que Harry está bufando pelos cantos? E por que você está triste desse jeito, meu amor?

Ele se aproximou e sentou na cama de frente para Remus e Mia, ele fez carinho na cabeça da menina.

- Six, foi horrível. Draco e eu estávamos conversando sobre nossas mães, e sobre a falta que sentimos delas. Ficamos muito tristes e nos abraçamos. – Mia fez uma pausa enquanto soluçava sem lágrimas. – Foi só um abraço e Draco disse que me amava como uma irmã. E que nos identificamos por termos histórias parecidas. – Ela fez outra pausa. – Gina e Harry chegaram um pouco depois e nos viram abraçados. Agora Gina não acredita em mim, não quer nem me ouvir direito. – ela mostrou o cordão. – Gina tirou o nosso cordão da amizade.

Remus apertou ainda mais a filha em seus braços.

- Calma filha. Vai ficar tudo bem. – ele disse.

- Mia? – chamou Sirius. – Ela só precisa de um tempo para pensar um pouco e por a cabeça no lugar.

A menina assentiu e deu um abraço nele, que retribuiu de bom grado.

- Obrigada! – ela disse baixinho.

- Está na hora do almoço. Vamos? – chamou Remus. Mia assentiu e se levantou da cama esperando o pai e Sirius fazerem o mesmo, no entanto, enquanto se levantava Remus se desequilibrou, caindo exatamente sobre Sirius. Os dois ficaram vermelhos e constrangidos. Mia riu alto. No minuto seguinte, os dois estavam de pé enquanto a garota ainda ria absurdamente dos dois.

- Venham, vamos. – Ela disse, mas enquanto saía, um pensamento passou por sua cabeça, “Os dois ficaram muito constrangidos. Constrangidos até demais. E se eles se gostassem? Mas, eles se conheciam havia tanto tempo, se tivessem que sentir algo um pelo outro, já teriam sentido antes.” Com isso, ela deixou de lado esse pensamento e seguiu para a sala de jantar, no momento em que passaram pela porta do quarto que Draco dividia com Harry e e Neville. O loiro ia saindo.

- Você conseguiu falar com ela? – ele perguntou.

- Falar até falei, mas ela não me ouviu. – Mia mostrou o cordão. – Até tirou nosso cordão da amizade.

- Teimosa. – ele disse. – Tentei falar com ela, e ela nem me ouviu.

Mia sacudiu a cabeça.

- Draco, vou te dizer a mesma coisa que disse a Mia, dê um tempo a ela. Gina está confusa e ainda está abalada com o acidente do pai. – falou Sirius.

Draco assentiu para ele.

- Só queria que ela entendesse que não existe nada entre eu e a Mia. Somos apenas amigos, melhores amigos. – Disse Draco.

- Ela vai entender. – disse Sirius. Nesse momento Harry também saiu do quarto e passou reto por eles sem nem olhar para Mia. Harry nunca passava por ela sem falar nada. Aquilo doeu. A menina precisava falar com ele, mas não queria sofrer uma segunda punhalada no coração no mesmo dia. Já bastava o que Gina disse.

- Não vai falar com ele? – perguntou Draco.

- Pra quê? Sofrer de novo? – ela perguntou de volta. – Já basta o que Gina falou. Não aguento dois esculachos em um dia.

- Ele também viu Mia. – disse Draco. – Está chateado.

- Eu sei. – ela respondeu. Remus e Sirius ouviam a tudo calados. – Vi a cara que ele fez, mas tenho medo do que ele pode dizer.

- Você que sabe. Vamos comer, que essa adrenalina me deixou com muita fome. – ele comentou.

Mas assim que entraram na sala de jantar, Gina olhou para eles e fez cara de nojo, Mia olhou para o chão e Harry desviou o olhar.

- Acho que perdi a fome. – falou Mia. Fred e Jorge que não tinham percebido o clima tenso tiveram que fazer uma piadinha pior ainda.

- Foi pedir ela em namoro pro Remus, foi Draco? – Perguntou Fred.

- Calado Fred. Mia e eu somos só amigos. – ele retrucou. Mia estava para sair dali. Mas Remus pegou sua mão e a guiou até uma cadeira a seu lado. Quando a comida foi servida Mia ficou algum tempo remexendo em seu prato, quando reparou no resto da mesa, percebeu que só restava ela, Remus, Sirius e Harry na sala.

Sirius e Remus olharam para ela e se levantaram rapidamente, saindo em seguida. Quando Harry percebeu estar a sós com Mia, tudo o que ele queria evitar, se levantou depressa, mas Mia foi mais rápida.

- Não foge de mim. – disse a menina com a voz triste que Harry tanto odiava ouvir vindo de Mia. – Por favor.

Ele parou no meio do caminho para a porta.

- Harry, por que está com raiva de mim? – ela quis saber. – O que eu fiz de errado?

- Quer mesmo saber? – ele perguntou frio. – Que tal, nós encontramos você agarrada, com o garoto que sua melhor amiga gosta. Acha isso pouco?

- Por que isso incomoda tanto você? – ela quis saber. – E pra sua informação eu não estava agarrada a Draco. Estávamos nos abraçando. Momentos antes estivemos falando de nossas mães. Estávamos tristes e ele é meu melhor amigo, só estávamos nos consolando. Foi só um abraço.

- Que seja Mia. Agora me dê licença que preciso ver um negócio. – Ele saiu da cozinha e Mia ficou com o coração partido novamente. Agora ela não teria nenhuma chance com Harry, tinha certeza disso. A menina levantou a cabeça e saiu da sala de jantar em silêncio.  


Notas Finais


Beijinhos de luz!! 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...