História Um Gângster Em Minha Vida - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouchou Akimichi, Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karui, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Drama, Revelaçoes, Romance, Sakura
Exibições 329
Palavras 1.200
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLHA O CAPÍTULO EXTRA AÍ GENTE!!!
Boa Leitura...

Capítulo 66 - Como Vou Terminar O Que Não Começou?


Fanfic / Fanfiction Um Gângster Em Minha Vida - Capítulo 66 - Como Vou Terminar O Que Não Começou?

                                                           Como Vou Terminar O Que Não Começou?

Impossível não rir diante da festa de casamento de Ino. Tudo ocorreu conforme o planejado, um casamento na igreja somente para os mais próximos. No entanto, os mais próximos de Ino foram 500 pessoas.  Sasuke e eu somos os padrinhos de casamento, juntamente com Temari e Shikamaru, Hinata e Naruto, Karui e Chouji e TenTen e Lee.

__Você está tensa. Foi o que escutei de Sasuke. Foi o que disse ao passar a mão pela minha cintura, indicando posse como sempre.__ O que foi desta vez?

__Nada, só estou um pouco agitada. Minto na cara de pau, o motivo por minha agitação é simples, e tem um nome: enjoo.

Sorrio ao encarar Sasori acenando para mim, o que me faz retribuir com um sorriso. No entanto encaro Sasuke de relance e ele permanece indecifrável. Sasuke nunca foi com a cara de Sasori, e talvez bem no fundo, ele saiba o porquê.

__O que há dessa vez? Sasuke aperta-me com mais força, e logo posso percebe-lo engolindo seco. Eu nunca contei a Sasuke que o cara com quem eu transei foi Sasori. Eu tenho medo, tenho medo de dizer para ele que há seis anos, eu transei com meu chefe. E agora depois de todo esse tempo, ele dá em cima de mim. No entanto, não quero perder a amizade de Sasori, ele é o único amigo homem que eu tenho. 

__Só não estou me sentindo bem.  Admito meu mal estar. Sasuke encara-me arqueando uma das sobrancelhas, completamente incrédulo.

__Claro que você não estaria bem, depois de comer uma pizza inteira sozinha antes de sairmos de casa, me fazendo parar o carro em uma lanchonete, porque você queria um hambúrguer. Sem falar que em menos de 40 minutos você tomou  quase um litro de Coca-Cola. Parece que tem dois mendigos morando dentro do seu estomago, Sakura.

__Vai me atacar aqui logo aqui, Sasuke? Reviro meus olhos e me desprendo das mãos de Sasuke, o que me faz encara-lo. __ Eu vou atrás das meninas. Sei que você está aqui comigo não porque quer, Sasuke, pode ir atrás deles.

Sasuke rir, e logo me dá um beijo. Consigo sentir o gosto do Whiskey, e isso me faz delirar. Discretamente Sasuke aperta minha bunda, e morde meu lábio inferior.

__Você é a melhor mulher de todas. Foi o que disse ao tirar a gravata borboleta e coloca-la em minha mão sorrindo. Sasuke fica tão lindo de Smoke preto, e conforme ele me dava ás costas para se juntar aos amigos para jogar bilhar, eu encaro sua bunda. Que bunda

__Sakura, sua louca, estava te procurando. Ino grita ao se aproximar, o que me faz rir quando ela acaba tropeçando, mas não cai no chão. Sem duvidas, ela já estava bêbada, e o vestido pomposo de um estilista famoso piorava a situação.__ Vem beber com a gente.

__Com certeza eu vou. Brinco com Ino ao segurar sua cintura. Discretamente Ino aperta minha bunda e logo rir quando coloca sua mão em minha cintura. Uma bêbada apoiando a outra!

__Você vai ser a madrinha do meu filho.

__Eu? Você está gravida Ino.

__Estou, por isso me casei. Você acha que eu, Ino Yamanaka, me casaria se não estivesse gravida? Arregalo meus olhos e começo a rir com a cara de pau dela. __ Sai, ainda não sabe. Você é a primeira pessoa a qual estou contando, descobri hoje de manhã.

__Então você casou com ele por amor. Digo enquanto levo aos meus lábios o copo de Whiskey de Ino, e ela rir como uma porca ao me encarar extremamente alegre.

__É mesmo, quem sabe.

                                                                               &&&

Nunca pensei que pudesse me divertir tanto em um casamento. Eu já passei por cinco casamentos em menos de dois anos. Cinco casamentos! Sasuke permanece dirigindo de volta pra casa, e permanecemos em silencio enquanto escutamos Iron Maiden - For The Greater Good for God.

__O que você pretende? Sasuke encara-me, e eu, permaneço em silencio ao refletir sobre sua pergunta, a qual eu não entendo.__Sakura, você esteve avoada o casamento inteiro, o que está acontecendo com você?

__Quer mesmo saber? Então eu digo: você é um Idiota, Sasuke. Quanto tempo mais você vai ficar me enrolando? Eu não estou suportando mais essa situação, está difícil a convivência com você. Extravaso e falo o que permanecia entalado em minha garganta durante anos, Sasuke para o carro bruscamente, o que faz meu corpo ir para frente e voltar, provavelmente eu teria me machucado se não estivesse usando o cinto de segurança.

__Então é isso? Você está brava por que não nos casamos ainda? Quanta infantilidade. Sasuke bufa, no entanto eu ignoro suas palavras.

__Não estou me referindo a casamento, estou me referindo a nosso relacionamento.  Ele caiu na rotina, não tem nada de novo, diferente. É sempre a mesma coisa...   

__Eu não posso adivinhar seus pensamentos, Sakura. Sasuke encara-me com raiva, no entanto dou de ombro ao perceber meu celular tocando.

__Alô. Digo secamente enquanto Sasuke permanece esperando o sinal abrir. No entanto, a pessoa nada disse o que me faz desligar. Encaro o relógio do meu celular e percebo que são quase seis da manhã.

__Quem era?

__Não sei, não falou nada.  

__Vamos fazer alguma coisa então, Sakura. Por exemplo, discuti sobre sua atitude para com aquele drogado. Por que você não começa pedindo demissão daquele hospital? Se você quiser, eu mesmo compro um pra você. Sasuke ironiza mais uma vez o fato de eu ter dito há dois anos: “A vida é um longo caminho de buracos e  pedras, caso eu busque por um atalho a fim de fazer tudo mais rápido, eu nunca de fato atingirei meu real objetivo”.

__Não estou brincando, Sakura. Eu não gosto nem um pouco dele, e ele não gosta de mim. Podemos unir o útil ao agradável. Você se afasta dele, pedindo demissão daquele hospital, e eu te compro um e deixo em suas mãos.  Ele é um drogado, Sakura, e em muito em breve, ele irá falir aquele hospital centenário. Ele é  um monstro pior que eu.

__O monstro drogado tem nome, é Sasori. O drogadinho é meu amigo, e eu não me importo se ele usa drogas. Ele tem um bom coração, Sasuke.

__Ele é só um drogadinho filho do chefe. Não acredito que você vai defender ele...

__Quer saber, eu vou defender ele, sim! O drogadinho me valoriza mais que você.

__Como é?

__É isso mesmo, Sasuke, ele reconhece o meu valor como pessoa, como mulher.  Não pense que ninguém consegue enxergar beleza em mim, ele enxerga e me pediu para ser a mãe de seus filhos. Ele me pediu em casamento, e disse que é sério quando diz que me ama. Ele me amou por uma noite, enquanto você amava outra.

Levo minhas mãos à boca ao perceber que falei demais. Sinto minha cabeça começar a latejar, eu não deveria ter falado isso. Perco a noção da razão e só então começo a perceber que essa madrugada seria realmente longa.

Os olhos de Sasuke faíscam de raiva, ódio, malicia. Todo aquele sentimento rancoroso do passado parece renascer novamente dentro de seu ser.

“Os infelizes são ingratos; isso faz parte da infelicidade deles.”


Notas Finais


#Continua_Em_Breve

Beijos Doces Com Açúcar *--*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...