História Um gato de olhos de sangue- SOLANGELO - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Apollo, Nico di Angelo, Will Solace
Tags Gay, Neko, Solangelo, Wico
Exibições 386
Palavras 1.168
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi hoje eu fui no médico e descobri que eu estou com sinusite e faringite e inflamação nas cordas vocais ou seja não poço falar oque é um pesadelo para mim já que minha mãe diz que eu falo mais do que vitrola quebrada eu não aquento ficar sem falar!

Capítulo 21 - Foda-Se


Fanfic / Fanfiction Um gato de olhos de sangue- SOLANGELO - Capítulo 21 - Foda-Se

NICO ON

Estava, no terraço eu não conseguia, mais controlar minhas lágrimas,de caírem eu já estava soluçando eu chorava, por ser estuprado, pelo morte de Hades e por ter reencontrado, meu estuprador e por tudo de ruim que já aconteceu comigo, e que não foi pouco, e por eu ser um monstro, eu deveria estar morto!

Resolvo colocar o gorro,por precaução se alguém entrar, mas eu sei que ninguém veio atrás de, mim que iria vim atrás de um monstro como eu uma aberração, e volto a chorar uns cinco minutos depois, sinto alguém me abraçar, resolvo passar por cima do meu orgulho, e o abraço de volta enquanto a pessoa alisa, minhas costas, respiro fundo e sinto o cheiro que vem da pessoa que me abraça, o cheiro é de brisa de verão e eu sei quem tem e se cheiro. 

Olho para cima e vejo o Will que está me abraçando, olho todo seu rosto até que paro em seus lábios, não sei por que fiz isso mas fiz. Me ajoelhei em sua frente, ele me olha com seus lindos olhos, azuis e...

WILL ON 

Ao chegar, no terraço vejo o meu querido flor-de-morte aos prantos,e nem para isso ele tira o gorro mas deixa para lá isso, meu peito aperta em vê-lo assim parece tão abatido, ele foi estuprado, e quase morto pelo idiota do Perseu mas estava aqui, forte mas agora olhando para, ele está tão indefeso, e sozinho respiro fundo e me aproximo, devagar já que as vezes ele é um pouco, arisco ao chegar perto dele me sento ao seu lado, e não exito em abraça-lo e ele me abraça mais forte, enquanto aliso suas costas.

Até que ele se ajoelha, em minha frente olho para aqueles, lindos olhos negros, até que olho para sua boca, tão delicada e fina e ele se aproxima de mim penso que ele vai me beijar, mas ele para no meio do caminho, acho que ele quer que eu de o primeiro passo, penso será que devo, que saber FODA-SE não vou, sacrificar minha felicidade, por causa do preconceito da sociedade.

Quer saber, eu virei bissexual e gosto do Nico,então não exito em me aproximar, quando meus lábios tocam os seus percebo que seus lábios dessa vez, estão com um gosto diferente, eles tem gosto de Romã e são muito macios e delicados, é quando peço passagem com a linguá, ele exita talvez seja o primeiro beijo dele, até que ele cede.

Beijar o Nico, é como morrer e voltar de novo, nossas línguas não brigam por controle, estamos em perfeita sincronia puxo ele pela cintura e ele se senta em meu colo, exploro cada canto de sua boca minhas mãos, estão em sua cintura enquanto as dele se enroscam em meus cabelo, é quando o ar nos falta mordo seu lábio inferior e depois colo nossas testa, estamos ambos ofegantes, olho para ele que está corado e ele diz. 

- Will eu te amo! - Fico surpreso com suas palavras, ele se levanta mas o puxo fazendo ele cair novamente em meu colo e o beijo com calma e depois digo.

- Me diga minha flor-de-morte estamos juntos agora? - Ele me olha seus olhos estão, vermelhos por causa do choro e ele diz sorrindo pelo jeito está feliz.

- Sim mas primeiro me tira daqui mio-sole! 

Faço sim com a cabeça, e me alevanto e lhe estendo a mão como no dia que nos conhecemos mas dessa vez ele a pegou.

CLARISSE ON

Depois de mandar, o Will atrás do Nico já que eu sei, que o meu querido Nico se apaixonou pelo Will, então olho para o Perseu, os seus amigos ou ex-amigos também o olham, ele não devia ter machucado, o Nico anos atrás agora, está na hora de acertar, as contas mas antes que eu poça, fazer algo há Piper fica na frente do Percy, penso mas que para defende-lo mas não ela me surpreende, quando ela lhe da um tapa, e volta calmamente para o lado de Jason, e a vez de Calipso, ficar na frente do Perseu e lhe dá um outro tapa e volta para onde estava, e o Jason aparece e dá um belo soco no cabeça de alga e ele cai sentado, e depois o Leo lhe dá um chute no estômago e o Perseu se alevanta, e gospe sangue estou preste a fazer algo quando a Annabeth para na frente do Perseu e diz

- PAREM! Vocês vão ficar,do lado daquele viado, nanico de merda e mentiroso o culpado é ele não o Percy! 

Fico com mais, raiva do que antes, principalmente com suas palavras e lhe dou um forte, tapa e ela cai para o lado, não exito em passar por cima dela e fico frente a frente com Perseu que está guspindo sangue e com um olho roxo, primeiro lhe dou um soco no estômago, ele se curva para frente mas eu não acabei para fechar com chave de ouro dou lhe um chute nas partes, baixas e ele cai no chão em posição fetal gemendo é  quando vejo o Will ir para a saída com o Nico abraçado nele vou até lá e... 

NICO ON

Pelos Deuses que beijo,foi aquele foi perfeito no momento estou,abraçado nele indo para saída da escola seguro forte,nele por que ele me transmite, paz e proteção quando estou perto dele, sinto como se nada pudesse me machucar é quando o Leo, Calipso, Piper, Jason e a Clarisse param na nossa frente e o Leo diz 

- Desculpa não sabíamos, que ele era capaz de fazer algo tão ruim e horrível com alguém! - Sorrio com suas palavras pelo jeito eles não sabiam e digo

- Vocês não tinham como saber.- Eles parecem felizes e Jason diz

- Amigos então?- Não hesito em dizer 

- Sim! - É quando o Will olha para a Clarisse e diz 

- Clarisse leve ele para o carro deixei o meu celular no terraço

A Clarisse me leva até o carro e me bota no banco do carona e espera comigo até o Will chega.

WILL ON 

Depois que eles estão, a uma boa distancia olho para meus amigos eu resolvi desfazer a apostas eu gosto muito do Nico não quero que pensem que fiquei com ele por causa da aposta e digo 

- A aposta acabou!- O Leo me olha surpreso e nunca neguei um aposta é quando ele diz

- Por que Will!? - Respiro fundo por mais que eu queira os cem reais o Nico vale mais a pena do que qualquer grana então digo na maior sinceridade 

- Eu estou apaixonado por ele não sei por que mas estou! - Sorrio com essa afirmação esperava que eles me ofendessem mas eles dizem em coro 

- Parabéns! - E eles me abraçam depois digo animado

- Não contem a ninguém ok? 

Eles fazem sim com a cabeça vou até o meu carro e Clarisse volta para aula e....

CONTINUA............


Notas Finais


oi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...