História Um gato de olhos de sangue- SOLANGELO - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Apollo, Nico di Angelo, Will Solace
Tags Gay, Neko, Solangelo, Wico
Exibições 387
Palavras 968
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá

Capítulo 22 - Alguns Segredos Revelados


Fanfic / Fanfiction Um gato de olhos de sangue- SOLANGELO - Capítulo 22 - Alguns Segredos Revelados

NICO ON

Ele entra, no carro eu encosto, minha cabeça, no vidro enquanto penso oque aquele beijo significou para ele, por que para mim significou, muito mas será que para ele eu sou, mais um pegue-te um brinquedinho, que você usa e joga fora, será que ele me ama e que eu sinto ou seja amor é reciproco,torço que seja mas se eu tiver, me iludindo pelo menos esse foi lado bom da minha manhã de certa, forma claro sem contar todas minhas desconfianças.

Mas o lado ruim, foi ter reencontrado o meu estuprador, queria poder denuncia-lo mas para meu azar aquele, maldito crime prescreveu crimes,assim não deviam prescrever e também seria a minha palavra contra dele, e para piorar ele sabia meu segredo, ele pode se juntar com o Luke e tentar expor meu segredo e eu não quero isso é quando sou tirado dos meus devaneios (N/A amo a palavra devaneios) pelo Will que diz.

- Nico! já chegamos! 

Percebo, que estamos na frente da casa, dele e ele sai do carro, e da a volta no carro e abrindo a porta para mim suspiro, ele  seu tão doce, cavalheirismo esse é um dos motivos por eu estar perdida mente, apaixonado e ama-lo mais que tudo, e é sempre educado e ele me ajuda a sair do carro.

WILL ON 

Ajudo ele, a se levantar e ele logo me abraça, acho que se senti seguro quando está perto de mim, e não resisto e o pego no colo no estilo noiva, e me pergunto será que o beijo foi bom para ele, tomara que sim por que para mim, foi ótimo. O Nico cora por ter sido pegado no colo no estilo noiva, abro um sorriso tenho vontade de saber todo mal que já fizeram, a esse doce ser humano e tentar ajuda-lo  a superar todo o mal que ele já sofreu, mas eu sei que ele é forte e já superou tudo, queria tê-lo conhecido antes para pode-lo ajuda-lo e protege-lo.

Ao chegar, na porta de minha casa aperto, a campainha já que minhas mãos estão ocupadas e não consigo, pegar a chave será que tem alguém em casa, ouço passos e logo abrem a porta vejo que é meu pai, e para variar ele está com calção amarelo, e sem camisa hoje deve ser o dia de folga dele o meu pai tem, um hospital chamado o Sol de Apolo nome estranho,o meu pai logo vê o Nico e pergunta.

- Will! meu filho oque você fez!?- Olho para meu pai não acreditando,em suas palavras o meu próprio pai acha que eu fiz,algo a esse doce ser humano é quando, vejo que meu querido Nico estar a dormir abro um pequeno sorriso ao ver ele dormir e digo olhando para meu pai.

- Pai! eu não fiz nada me espera,no escritório enquanto eu o levo até o meu quarto! 

Meu pai,confirma com a cabeça e dá espaço,para que eu passe, subo as escadas ao chegar no meu quarto, o deito com o máximo de cuidado na cama, ao deita-lo o gorro dele dá uma escorregada, e eu logo arrumo e sinto, algo embaixo do gorro, uma parte de mim diz que tenho que tirar o gorro e ver, e a outra parte de mim, diz que eu devo que não devo resolvo então só arrumar a toca na cabeça dele, e não vejo oque quer que ele esconde. Saio do quarto, e apago a luz e vou andando até o escritório de meu pai ao chegar, logo entro e vejo meu pai a andar, de um lado para o outro quando ele me vê ele logo pergunta.

- Vamos! meu filho me diga oque aconteceu com o meu primo! - Pera! primo essa eu não entendi, meu pai ao perceber oque falou cobre a boca e digo

- Como assim ele é seu primo!?- Ele suspira e se escora na mesa, do escritório e diz

- Meu filho,você se lembra quando eu lhe falei, sobre o seu tio Hades? - Sim meu pai já tinha, falado sobre ele o Tio Hades tinha fugido com um tal de Anúbis, quando era jovem só não me lembro o motivo e digo.

- Sim oque ele tem a ver com essa história? - Meu pai, meche no seu cabelo loiro, e ele só faz isso quando está nervoso, não sei se isso é um bom sinal e ele diz.

- Bom 10 anos depois, que Hades fugiu com o Anúbis eles sofreram, um grave acidente e Anúbis faleceu enquanto que Hades, ficou preso numa cadeira do rodas e se passaram mais dez anos, e o Hades virou, tutor do Nico que na época tinha, 13 anos e se passaram mais alguns anos, e Hades faleceu, e o Nico foi emancipado por ser muito inteligente já sabia se virar sozinho, mas agora me diga oque houve para vocês não estarem na escola? - E já estou chorando em lágrimas, pelos deuses o Nico passou por tanta coisa sozinho olho para o meu pai e digo

- Pai, lembra do Perseu o filho do Tio Poseidon? - O pai faz sim, com a cabeça e digo - Pelo jeito, quando o Nico tinha 10 anos ou seja a 6 anos, atrás o Nico foi estuprado e também tentaram, mata-lo e adivinha quem foi que fez isso o Perseu, ele estuprou e tentou matar um garoto de 10 anos de idade!

Meu pai, e eu já estamos em prantos eu juro que eu não sei como o Nico por tudo isso, e continua assim firme preciso fazer algo! 

NICO ON 

Pelo jeito, acabei dormindo é isso que dá passar, a noite inteira tocando violino, e acordo no quarto do Will me alevanto, e resolvo procura-lo, desso as escadas e....

CONTINUA.................

 

 


Notas Finais


pegue-te reciproco cavalheirismos desso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...