História Um grande amor ( V ) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hentai
Exibições 40
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem desse cap.

Capítulo 11 - Fui parar no hospital


Fanfic / Fanfiction Um grande amor ( V ) - Capítulo 11 - Fui parar no hospital

UM DIA DEPOIS/TERÇA-FEIRA

A aula tinha acabado e eu estava na quadra treinando, o Tae ficou me esperando no pátio para poder me levar pra casa quando acabasse meu treino, eu já estava cansada, a Sul He forçava muito a gente, faltava 8 dias para o campeonatos de basqyete dos meninos e eu tava super animada.

Sul He: Galera, eu tomei uma decisão,  vocês vão ter a terça-feira e a quinta-feira sem treino, e os outros 3 dias da semana vai ter treino, e antes que acabe essa aula, vamos praticar a nossa pirâmide,  e eu escolho a ____ pra ficar no topo, topa ____?

Eu estava achado aquilo muito estranho, ela nunca me tratou bem, ainda mais agora que eu to namorando com o Tae, mas resolvi aceitar.

- ta bom.

Sul He: Ótimo,  você vai ficar em cima de mim.

Tá, confesso que agora ficou muito mais estranho, depois todos ficaram em suas posições na pirâmide, so faltava eu, subi e logo depois sinto alguém me empurrando pelo pé,  caiu de lá de cima da pirâmide e dou de cara no chão,  depois eu só vi o escuro.

            ~ QUEBRA DE TEMPO~ 6:30 DA TARDE

Eu acordei em uma cama de hospital e meu braço estava doído,  quando olho meu braço esquerdo estava engessado, ainda bem que sou destra, eu vi o Tae do meu lado dormindo sentado no sofá,  o chamei e o mesmoacordou espantado e quando me viu acordada abriu um sorriso.

- A quanto tempo to apagada?

Tae: você apagou ontem e acordou hoje, pelo visto sua queda foi feia.

- Falando nisso eu acho que a Sul He me empurrou.

Tae: Oque? Como foi isso?

- Ela veio com um papo estranho dizendo que eu ia ser o topo da pirâmide, mas quando subi, senti alguém empurrar o meu pé,  então eu cai, e um detalhe, a Sul He tava de baixo de mim.

Tae: Eu mato essa garota.

- Mato com você.

Tae: ótimo. 

-Só você que veio me ver?

Tae: não, seus pais e os meninos acabaram de ir embora, e minha mãe disse que eu podia ficar dormindo na sua casa cuidando de você por 3 semanas e seus pais corcordatam com isso se a gente não cometer nenhuma gracinha.

- Ok, vai ser bom ter você por perto durante 3 semanas, agora me tira daqui porque eu odeio hospitais.

Tae: tá,  deixa só eu chamar a enfermeira. 

Elee chamou a enfermeira e a mesma veio.

Enfermeira: Então a mocinha acordou hein, bom, você vai ter que ficar com o braço engessado por 20 dias, você já pode ir pra casa.

- Ah não,  preciso torcer no campeonato.

Enfermeira: Infelizmente não será possível,  eu sinto muito.

Ela saiu do quarto e eu me levantei da cama, liguei pro meu motorista pra nos buscar, fomos até a portaria do hospital e depois de 10 minutos meu motorista chegou, entramos no carro e fomos pra minha casa, chegando lá a Maria me recebeu.

Maria: Querida, eu spube oque houve com você, quer que eu prepare algo a vocês dois?

- Sim, dois sucos de goiaba e dois pedaços de bolo.

Maria foi pra cozinha preparar nosso lanche e eu e o Tae fomos pro meu quarto, eu fechei a porta, ele ligou a tv e se jogou na minha cama.

- Ei Tae, me ajuda a tirar essa roupa?

Tae: Ta bom.

Ele me ajudou a tirar minha roupa de líder de torcida me deixando só de lingerie. 

Tae: Você fica melhor sem essa lingerie. 

- Ta engraçadinho,  agora tira meu sutiã. 

 Ele foi pra tras de mim e tirou meu sutiã, começou a dar apertadas e a massagear meus seios enquanto dava pequenos selares no meu pescoço,  arrancando de mim um gemido fraco e arrastado.

- Agora não Tae, hoje a noite a gente faz isso.

Tae: Tomare.

- Hoje a noite eu vou ser só sua- Cheguei perto de seu ouvido e comecei a sussurrar- deixarei que você fassa oque quiser comigo e com o meu corpo.

Mordi o lóbulo da orelha dele e senti algo enconsta no meu quadriu, quando olho pra baixo vejo sua ereção, como ele era mais alto que eu, encostava em minha cintura.

Tae: Ótimo porque tenho ótimos planos pra hoje a noite.

- Tá,  agora pega o meu casaco de  moletom que está na minha gaveta e me ajuda a coloca-lo, ele fica como se fosse um vestido em mim.

Tae: Tá. 

Ele me vestiu e ficamos assistindo tv e comendo o lanche que a Maria trouxe, depois de umas 3 hosras, todo mundo já estava dormindo menos eu e Tae, fomos banhar e eu estava enrolada em uma toalha, me sentei na cama e o mesmo saiu do banheiro.

- Ei Tae, me ajuda a botar me pijama.

Tae: Nananinanão, hoje a noite você não vai botar roupa.

CONTINUA...

 

 


Notas Finais


Não me matem por esse final, depois tem mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...