História Um herói no multiverso - Capítulo 6


Escrita por: ~

Exibições 6
Palavras 1.448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Harem, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Self Inserction, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Um novo inimigo aparece


"Então, o homen tirou a espada da pedra e se tornou rei e protegeu seu reino com seus cavaleiros de confiança. Fim.  Nossa eolas, eu não sabia que você gostava tando de contos de fada. Não me diga que você quer ser um príncipe para  salvar a princesa. Ou ser um rei. "

" não mãe, principe, princesa e rei são chatos. O que eu quero ser é.... "

___________________________________________

" eolas, qual a próxima coisa que ira acontecer? "  Shirou pergunta ao seu irmão. 

" se não me engano, eramos para ir para a escola e ouvir um discurso de ozpin. " Eolas responde. 

" Então porquê estamos perdidos numa floresta? " Shirou questiona ao olhar para seus arredores e encontrar dezenas e dezenas de árvores. 

" porque eu tenho um senso de direção muito ruim, eu acho. " 

" sim, deve ser isso. " shirou fala ao inconscientemente colocar a mão no queixo. 

Eles continuam a andar sem rumo por um tempo indeterminado, matando algums grim que aparecem por ai, até que eles foram subitamente interrompidos por um certo velho de merda que acabou de se teletransportar para a frente deles. 

"temos um problema. " Zelretch fala para os garotos. 

" o que você quer diz-" eolas começa mais é interrompido por uma explosão gigantesca perto deles o que os faz ser abalados pela explosão. 

"tch, ele chegou. " Zelretch murmura

E depois da destruição parar, onde um caminho de destruição pode ser visto, sai um homen. Com uns vinte e poucos anos, cabelos brancos e olhos azuis. Mais não se deixe enganar pela aparência. Eles podem sentir  um poder nele. E não há limite nesse poder. 

"Então você já está aqui, vampiro de merda. " o homen desconhecido fala. 

" quem é esse cara?... "shirou murmura mais não pode falar mais nada pois o homem desconhecido ja está com a mão na cara dele e o bate no chão com força o suficiente para provocar uma cratera gigante e causar poeira subir. 

'rápido!" 

"merda, shirou!!! " eolas grita para seu irmão e logo após ativa seus olhos misticos e avança em direção ao homen.que por sua vez sorri como se tivesse ganhado o prêmio da loteria. 

" eolas, não avance assim!!-tch,merda." Zelretch tenta avisar mais eolas ja avançou. Então ele teleporta eolas para longe deles e olha para o homen ainda desconhecido. 

" você ousa roubar minha caça, vampiro de merda? " o homen fala. 

" sua caça? Hahahaha, então venha!!!!" Zelretch grita ao avançar para o homen que avança também. E logo ele os teletransporta para alguma dimensão aleatoria.

Com eolas

Tch,onde o velho de merda me mandou? Eu preciso encontrar shirou. 

Eu olho para os meus arredores e percebo que ainda estou na floresta. 

Boa, ainda estou na floresta. O que significa que Zelretch não me teleportou para algum universo aleatorio. Só preciso encontrar o caminho de volta para onde shirou está. 

Eu começo a andar para algum lugar aleatorio até que por causa do meu senso generico de protagonista de anime, eu sinto algo se aproximando pelas minhas costas. Eu rapidamente ativo meus olhos misticos e pego minha faca e me viro para meu inimigo apenas para encontrar uma dor alucinante no meu rosto e ser mandado varios metros voando para longe. 

Eu rapidamente me levanto e olho para meu atacante. Que por acaso é uma mulher de cabelos longos, loiros que descem pelas costas, olhos vermelhos.e tem uma katana preta na sua cintura.  E tem peitos considerávelmente grandes. Não que eu esteja olhando para eles ou algo assim ¬¬

"hm, então Roa realmente estava certo. Você é o atual portador dos 'olhos misticos da percepção da morte' .bem,isso realmente faz o nosso trabalho mais curto." 

"o que você quer dizer com is-" eu falo mais sou interrompido por ter a bainha da sua espada batida na parte de trás da minha cabeça. 

Aff, o que há com esses viloes e sua mania de nos interromper. 

Eu caio no chão,mais,rapidamente,rolo para o lado e assim se esquivando de seu pé que estava sendo mirado nas minhas costas. 

Eu me levanto e assumo uma posição e olho para as linhas no seu corpo. E me preparo para cortar elas. 

Eu avanço com minha faca para ela,que com um sorriso no rosto,Avança também,mesmo que ainda não havia retirado a espada da bainha.

Eu preparo para cortar as linhas na sua espada mais ela se esquiva para o lado.  E bate com a bainha nas minhas costelas. 

Porra!! Eu posso sentir que varios ossos foram quebrados.

Eu rapidamente me reconponho, ao deslizar por causa do impacto da bainha ao segurar minhas costelas esquerdas. 

Tch, eu posso ver isso. Ela está se segurando. E muito. Muito mesmo. 

"bem, é só isso? Eu esperava mais de você. Mais chega de brincar. "

Essa mulher fala e no final de sua sentença ela solta uma grande intenção de matar para min. O que me faz ficar de joelhos. 

Ela me soca no rosto com força o suficiente para  me desmaiar. Mais eu ainda estou consciente. 

" ora, ora. Você é bem resitente, não é? Então resista a isso!!"

Eu ouço a  vadia falar enquanto tira a espada da bainha e, com um sorriso sádico. Enfia na minha perna direita. 

"aaaaahhhhhhhh!!!! "

Eu grito pela dor insuportável que essa espada proporciona pra minha perna. Agora eu sei que essa espada não é norma. Porquê eu sinto muita dor. Muito mais dor do que deveria. 

... 

.... 

..... 

Bem.. Então é isso? 

.... 

Eu vou morrer para essa vadia?

...

Não

....

Por que  há dentro de mim, um sentimento ardente de desafio, como se eu não pudesse aceitar esse tipo de fim. 

parando para pensar sobre isso, este sentimento é muito familiar,  eu o sinto, há muito tempo.

Quando minha mãe me lê histórias sobre as lendas de heróis

Quando eu vejo um garoto da minha escola sendo intimidado

" Não mãe, o príncipe, princesa e o rei são chatos, o que eu quero ser é..." o herói da justiça "

Ah, sim, agora que me lembro, eu costumava pensar dessa forma. Eu queria ser um herói, eu ajudava qualquer um que de ajuda nessecitasse. 

Agora que penso nisso,  eram as únicas vezes em que me senti realmente feliz.

Mas por que? O que aconteceu? Por que eu parei?

Outro pedaço de memória que eu não me lembrava volta para mim.

Estou deitado na pista,  depois de apanhar junto com o cara que eu tentei salvar.

Eu recuperei a consciência no hospital um dia mais tarde para a minha mãe com lágrimas nos olhos.

" Você tem que parar de fazer coisas estúpidas como esta eolas, você não é um herói! "

É isso mesmo, quando você cresce, você percebe que o mundo não é tão bonito como você pensou. É um lugar escuro e frio, onde todos é para eles mesmos.

Não há herói, pelo menos eu não sou nenhum herói. Eles só existem em lendas e manga.

 

Gosto de ler sobre heróis, sua jornada épica, seus feitos poderosos, seus sacrifícios heróicos.

Mas isso não muda o fato de que eu sou apenas uma pessoa normal sem poder.

As pessoas diziam que o meu sonho é apenas uma fantasia infantil, e eles estão certos.

Quando eu era jovem, eu fingia que eu era o herói.

Quando vejo uma pessoa em apuros, tudo o que posso fazer é fingir que não viu nada e ir embora.

Mesmo agora, eu ainda não consigo superar aquela fantasia infantil, mesmo que eu fingir que eu coloquei aquilo no passado há muito tempo

"Não há como correr agora, aceite o seu destino, e morra. " a vadia fala. 

Correr? 

Isso nem sequer passou pela minha cabeça. 

Eu apenas me levanto mesmo com minha perna sangrando e falhando um pouco.  

Pois agora eu entendi. 

" Aqueles que levam a realidade em que estão, é limitado por isso. Por que eles acreditavam que eles trabalharam " duro "como todos os outros, mas não podem melhorar, foi algo como não seguir o seu caminho. E eles culpam as circunstâncias em vez de melhorar a si mesmos. "

Mais.. 

" Aqueles que vêem o mundo através de seus próprios olhos, continuar perseguindo seu sonho e ambição, mesmo que seja impossível, aqueles que negligenciam a regra dura e fria da realidade, sair dela, fazem a sua própria regra e segui-lo são aqueles que merecem respeito. o poder de mudar não é para ser ganho, mas para ser tomado por aqueles com coragem o suficiente. "

Não importa se meu sonho seja impossível. 

Não importa nada. 

Pois mesmo que seja impossível. 

Eu ainda quero ser... 

Um herói da justiça


Notas Finais


Desculpem pela demora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...