História Um História Langer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rafael "CellBit" Lange
Tags Aventura, Romance
Exibições 4
Palavras 498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem da história, vou escrevê-la sempre que puder.
Boa leitura!

Capítulo 1 - À chegada no novo colégio



-/-Rafael (Cellbit)

Acabei de acordar pelo meu despertador, hoje é meu primeiro dia de aula no terceirão, não estou muito animado porque vou para uma nova escola, ou seja não vou conhecer ninguém.
Tomo um banho e coloco meu uniforme.
Vou a pé até a escola.
Chegando na escola, eu tento perguntar as pessoas onde é a sala do terceiro ano mas ninguém me diz. Até que...
-Eu: Oi, sabe me dizer onde é a sala do terceiro ano?
-Garota: É ali (ela aponta para uma porta), também vou para lá.
-Eu: A.. Obrigado. Sou o Rafael, prazer (digo estendendo a mão)
-Garota: Sou a Luna, o prazer é meu (ela diz apertando minha mão)
-Eu: Bom então.. Vamos para a sala?
-Luna:A.. Claro!
Andamos até a sala.
Quando entro na sala vejo a última pessoa que desejaria ver no mundo!
A Júlia, minha ex (e única) namorada.
Sem saber o que fazer, sento o mais longe possível dela. Ela é um monstro! Me traiu e espalhou para todo mundo que eu que tinha a traído. 
A Luna se senta ao meu lado e a aula de matemática começa.
Um tempo depois a aula acaba, o próximo tempo era de História de acordo com o papel no meu caderno. Quando olho para o lado vejo Júlia..
-Júlia: Não acredito! Você por aqui...
Não digo uma palavra.
-Júlia: O que foi querido? Perdeu a língua?
Ela volta até sua cadeira rindo.
Que menina mais idiota.
-Luna: Você conhece aquela retardada?
-Eu: Infelizmente conheço. Mas deixa pra lá.
-Professor: Pessoal vamos prestar atenção por favor! Eu quero que vocês fação como os primeiros pontos do primeiro bimestre um trabalho sobre os principais artistas plásticos de 1850 á 1855. Quero que falem quando nasceram e quando morreram e fação uma breve biografia sobre cada artista. O trabalho é em folha separa e em dupla. Quero que me entreguem segunda que vem. Podem tirar o resto da aula para escolherem suas duplas EM SILÊNCIO!
-Luna: Quer fazer a dupla comigo? Se não quiser tudo bem.
-Eu: Claro! 
-Luna: Pode ser na minha casa?
-Eu: Pode.
Quando dá a hora do recreio eu pego meu dinheiro na mochila e desço.
Não sabia muito bem onde era o refeitório até que..
-Luna: Oi, vamos descer?
-Eu: É.. Vamos. Sabe onde é?
-Luna: Claro! Vamos.
Ela pegou minha mão e me levou até o refeitório. comprei meu lanche e sentei na mesa junto com Luna. Até que a Júlia chega..
-Júlia: Oi Rafael! Ainda está tímido como estava mais cedo?
-Eu: Me deixa em paz Júlia!
-Júlia: Por que docinho? 
-Eu: Me deixa em paz por gentileza!
-Luna: Júlia vai procurar suas amiguinhas vai.
-Júlia: Cala a boca porca a conversa não chegou no chiqueiro.
-Luna: Acho melhor nem falar o bicho que você é.
Júlia pega meu refrigerante e joga em cima da Luna.
-Júlia: Você não sabe com quem está falando sua idiota!
-Eu: Júlia! Sai daqui!
-Júlia: Vou sair porque eu quero! 
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado da minha história. Vou continuar. Se gostarem favoritem Please. Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...