História Um Irritadinho Em Minha Vida - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki
Exibições 95
Palavras 1.591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooooi povoo, fiz postar mais um episódio, espero que gostem e boa leitura

Capítulo 22 - O acidente!


Fanfic / Fanfiction Um Irritadinho Em Minha Vida - Capítulo 22 - O acidente!

ฯฯ HARUNA ฯฯ

Depois de eu ter chorado a litros pelo Subaru ter comido meu açai, voltamos ao lar, o que eu desajava nunca pisar novamente, o albino fez questão de dormimos no mesmo quarto, só por causa que estou grávida? - não chega perto de mim. - digo ainda bolada com ele, o mesmo começou a rir fazendo cócegas na minha barriga. - p..ara! - tentendo falar em meio as risadas.

- Quero fazer nosso filho dar gargalhadas! - ele parou e me fitou por um longo tempo, comecei a corar, por mais que sejamos íntimos agora, um olhar dele me desmorona por completo. - voce continua linda. - ele fez carinho na minha cabeça e sorriu - como pude deixar voce?

- nem eu sei, sou perfeita demais. - brinco - também senti saudades albino.

- quer falar o que cereja? - ele deu peteleco na minha testa - como pode ser tão cabeça de vento? - ele suspirou-  como pôde me deixar aqui?

- do que você ta falando?  Eu deveria dizer Eu te amo depois que vi voce de maos dadas com outra? - me levantei , me sentando na cama. - Demorou muito, pra mim cair em sí, fiquei imóvel por longos e dolorosos 15 mintutos, demorou pra me recuperar.

- Eu sei meu amor, desculpa.- ele me abraçou por trás. - seremos agora uma família, e felizes

§§ NARU §§

- Parece que nosso plano de tentar separar eles não deu certo. - Diz Shan inquieta na cadeira do meu escritório. - ERA PRA VOCÊ TER DORMIDO COM ELA.

- Haruna é muito certinha, demoraria um bom tempo pra acontecer isso. - bati na mesa, merda , não aguentei a Shan esse tempo todo pra agora, ter que perder a Haruna. - maldita hora que esse bebe apareceu.

- Agora vou perder o Susu pra sempre? - ela começou a choramingar.-  eu quero ele pra mim Naru.

- E eu a Haruna, banquei de amigo por muito tempo, temos que arrumar um plano ainda hoje. - comecei a pensar, sabia que Haruna foi pra mansão, entao ficava mais fácil de pensar. - Shan você transou com o Subaru?

- Sim. - ela sorriu de lado - melhor noite

- Usaram camisinha? - perguntei ainda mais esperançoso.

- Teve uma noite que não porque estávamos muito longe do carro e ta- ela sorriu pra mim. - Ja sei o que voce ta pensado.

- Exatamente, ja temos nosso contra ataque, agora temos que pensar o que fazer com a Haruna.

ΩΩ SUBARU ΩΩ

Depois de consegui fazer a cereja dormi, me levantei e fui ao escritório da mansão, iria procurar um emprego, por mais que eu seja milionário e não precise trabalhar, eu queria me afastar da minha família e construir uma longe com meu filho e com a irritadinha, com o suor do meu trabalho, uma família normal.
Olhei os jornais, entrei em sites, até que achei um para o corpo de bombeiros, ganha bem, 7.880$ mil por mês, da pra bancar uma vida a três, a manhã tem uma audiência e pretendo fazer.
Olhei pro relógio e vejo que são 02h da manhã,  melhor tomar banho e dormi.

ฯฯ HARUNA ฯฯ

Olhei para o lado e não vejo o Subaru, olho no relógio e sao 1h45 da madrugada, desço as escadas da mansão devagar, indo tomar água,  vejo a luz do escritório ligada dou uns passos e abro a porta do escritório, me fiquei paralisada ao ver Subaru procurando empregos - pra que ele quer isso?  - pergunto a mim mesmo, fiquei um bom tempo o observando, até que ele se levante e rapidamente eu corro, deixando a porta aberta, vou até a cozinha e pego minha água, bebo devagar tentando recompor minha respiração e as batidas do coração, sorri ao lembrar da cena do nosso primeiro beijo, e aqui agora eu grávida dele, inacreditável mesmo.
Fui subindo as escadas com passos curtos e lentos, lembro de todos os momentos que tivemos nessa casa.
Entrei no quarto, e vi Subaru sentado na cama, parecia estar nervoso. - Nunca mais faça isso. - ele veio correndo na minha direção e me abraçou , sua voz parecia estar tremula.

- O que aconteceu? - eu o abracei de volta, sua respiração estava acelerada, ele pegou nos meus ombros e me olhos

- Pensei que estava sonhando. - lágrimas começaram a ser formar nos seus olhos, ele tremia tanto que eu pensei que a qualquer momento ele poderia cair. - pensei que, eu nunca mais te viria, eu est- eu o cortei.

- albino para de drama, sempre vou estar aqui. - dei um sorriso e fui ate a cama, o puxando junto comigo - ta na hora de dormir não é?

- Tem razão -  ele se deitou, tirando a toalha que ainda estava envolta do seu pescoço, ele vestia uma calça azul marinha larga, sem usar blusa, ele realmente estava sensual desse Jeito.  - pode deitar já.

- O..k - corei um pouco e me deitei ao seu lado.

- parece que somos casados.- ele riu - falta Pouco pra mim te pedir em casamento.

- S..uba..ru.- comecei a ficar rubra mais que o normal, ele me puxou e entrelaçou minha cintura com suas maos

- boa noite amor.- ele beijou a minha testa e dormiu, mais rápido que o normal.
Eu me aconcheguei no seu abraço, e dormi respirando o perfume amadeirado dele.

§§ NARU §§

Fui trabalhar com dor de cabeça, ninguem merece ficar ouvindo sobre hotéis 10h da manha, enquanto eu estava na reunião sobre os acionistas, mandei uma mensagem para Haruna.

@@ Mensagem @@

[ 10h02 AM ] Naru : Esta fazendo o que? To numa reunião chata, me salva.

                                            - Visto

[ 10h05 AM ] Haruna : To indo fazer meu pré-natal, quer vim junto comigo?

[ 10h05 AM ] Naru : O Subaru sempre foi ciumento, ele vai deixar?

                                          - Visto

[ 10h10 AM ] Haruna: To sozinha, e ele esta numa entrevista de emprego, voce é meu melhor amigo, não há problemas, vem logo.

Eu sorri com a mensagem dela, olhei para o meu secretário e mandei ele cuidar de tudo, que eu tinha no hospital urgente, mandei um SMS para Shan, avisando que não poderia ir se encontrar com ela, porque iria junto a Haruna no Pré-Natal.
Cheguei no hospital uns 5 minutos atrasado, ela provavelmente já deve ter entrado na sala, perguntei a recepcionista de lá e ela falou que a ruiva tinha acabado de subir a sala.

- O que voce ta fazendo aqui? - a voz do Subaru se sobressaltou na recepção eu virei lentamente para o encarar.

- Vim fazer companhia a minha melhor amiga - dei um sorriso - por que algum problema?

ΩΩ SUBARU ΩΩ

Eu olhei fixo para Naru, tentando me controlar.
Perguntei o que ele fazia, mas eu já sabia, esta atras da MINHA Haruna.

- Problema nenhum. - menti. - Vamos logo, ela deve estar nos esperando.

- Na verdade me esperando. - Naru disse sarcasticamente.

- Me esperando, eu sou o pai da criança, fui gentil com voce e espero que me retribua também - na hora que eu ia terminar a frase uma mulher chegou ofegante até a recepção.

- D...uas m..ulheres estão brigando no quarto andar. - a mulher comentava com a recepcionista. - u..ma delas está grávida!

- Nossa, vamos la ver. - a recepcionista saiu correndo junto com a mulher.
Eu e Naru nos entreolhamos e saimos correndo também, ha uma grande probabilidade de ser a Haruna e Shan, e exatamente era elas duas, eu e Naru ficamos parados no inicio da escada, ouvindo a discussão.

ฯฯ HARUNA ฯฯ

- Voce pode dizer quantas vezes quiser que ama o Subaru, mas agora ele esta comigo aceita. - repito mais uma vez para ver se Shan - desiste logo.

- ELE ME AMA GAROTA, VOCE QUE ROUBOU ELE DE MIM, COM ESSE DEMONIO QUE VOCE TA CARREGANDO. - Ela gritou alto.

- Lava sua boca antes de falar do meu filho. - eu dei um tapa forte no seu rosto. - ele não é você pra ser um demonio.

- PIROU?  - ela parecia estar mais irritada, mas eu realmente não ligava.

- Nao vou perder o meu tempo com voce. - eu virei minhas costas para descer as escadas, ate que senti duas maos me empurrando, e eu fui jogada na escada, tudo estava girando rápido demais pude ouvir a voz de Subaru gritar antes que eu pudesse bater minha cabeça, até que fiquei inconsciente.

ΩΩ SUBARU ΩΩ

Eu comecei ficar preocupado ao ver a briga, Haruna virou para descer as escadas, e ao me ver sorriu, foi um dos mais belos sorrisos que ela já deu, eu dei um passo pra frente, ate que vi a Shan chegando perto dela, e a empurrou da escada. - HARUNA! - eu gritei desperado, com todo fôlego que eu consegui, até que ela parou, inconsciente aos meus pés, sua cabeça estava sangrando e meu coração agora batia mais rápido, eu estou quebrado, a peguei no colo, tentando a acordar mas cada vez que um minuto  se passava, seu corpo ficava ainda mais frio - amor, acorda nao me deixa novamente. - a abracei forte. - AJUDEM! - as pessoas que antes nos olhava começaram a procurar ajuda, tudo estava acontecendo rápido demais.
O médicos a pegaram e botou na maca, levando para o quarto pra fazer os exames, eu ainda estava ajoelhado no chão, imóvel.


Notas Finais


Subaru : Sei que você ficará bem, sei que é só uma fase, é horrivel te ver deitada, e não poder ouvir sua voz, só quero poder te ouvindo brigar comigo, por favor, resista.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...