História Um Jeito de Amar (SasuNaru Mpreg) - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~keronekoi

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sasuke Uchiha
Tags Mpreg, Naruto, Sasuke
Visualizações 295
Palavras 2.810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse é um cap aguenta coração.

Desculpem os erros

Capítulo 11 - Capítulo 11 - Separação??


Uma semana se passou desde a descoberta da asma de Alexander, a rotina do pequeno tinha mudado agora ele não fazia mais educação física, trocou por aulas de natação em casa coisa que fez o pai arrumar mesmo a piscina, Naruto com isso entrou na agua também fazendo leves exercícios dado pelo professor do filho.

- O Nick ligou disse que o Lê vai voltar tarde e ele está trazendo alguém.

- Ligue para o Lê e avise para ele me ligar.

   Naruto não conseguiu retornar a ligação para seu filho, ele deveria ter entrado nas aulas da tarde, quando se deu por conta seu menino voltava com alguém ao seu enlaço. Nick apresentou seu namorado para a família, só faltou para seu irmão coisa que Naruto avisou que ele voltaria tarde.

   Nick levou o namorado ao quarto para que ele pudesse tomar um banho e trocar de roupas, quando desceram os pais esperavam para comer, por milagre Sasuke se encontrava em casa. Já eram três da tarde quando Alexander ligou para o Pai.

- Oi pai, sei que o senhor deve estar ocupado na empresa mais...

- Você já saiu?

- Sim.

- Fique dentro do colégio me esperando estou indo comeu algo?

- Não.

   Sasuke desligou e foi falar com o loiro mais antes fez três sanduiches para o menor comer, quando chegou ao quarto o loiro estava inquieto olhou para ele mais uma vez e então resolveu perguntar o que houve.

- O que foi anjo?

- Não sei to sentindo que algo vai acontecer cadê o Lê?

- Vou buscar ele quer ir?

   Naruto pegou sua bolsa e andou em direção ao marido que sorriu, ele pegou os sanduiches e disse que era para o filho e que na garrafa tinha Nescau gelado, Naruto segurou as coisas seu coração dizia que havia algo para acontecer, não sabia o que era mais não seria algo bom, quando chegou ao colégio só restava o seu menino que ficou no portão esperando o pai.

 

- Oi meu amor com você está?

- Tô bem mãe, eu tinha aulas de pintura hoje e queria assistir o pessoal da tarde fazer as deles, eles realmente desenham muito bem queria eu fazer desenhos como o deles.

- Um dia você conseguirá, agora coma um pouco você almoçou?

- Não pai, meu cartão ficou com o mano e não tinha dinheiro comigo, os sanduiches estão ótimos.

   Alexander comia os sanduiches com vontade deixando os pais felizes, Naruto alcançou ao filho o Nescau só que de tanta vontade o menor se engasgou, coisa que fez Naruto sorrir, o trajeto foi feito as novidades que o menor contava, ele realmente tinha só a aparência de Sasuke, pois o jeito era todo do loiro.

   Quando chegaram a casa Lê foi direto ao quarto, sem deixar os pais falarem ele queria ver o irmão, mais quando entrou na porta viu o que não queria assim como deixou o loiro constrangido. Lê saiu correndo do quarto e foi para perto dos pais.

- O que houve?

- O Nick está com alguém no quarto e...

   Não foi preciso o moreno dizer mais nada, Naruto subiu correndo e não notou nada no quarto claro o constrangimento do seu menino dizia tudo e o cheiro no quarto também, mais não iria brigar com o filho ele é um homem e precisa disso.

   Os namorados já tinham se arrumado, quando o loiro chegou eles estavam sentados na cama, Nick estava vermelho Naruto não soube definir se era raiva ou vergonha, mais iria conversar com o loirinho antes. O casal desceu, Nick levou o namorado até a porta e se despediu dele, quando voltou para dentro Naruto lhe esperava na sala, mais o loirinho ia passar reto quando foi levemente puxado pelo loiro mais velho.

- Mãe eu não quero falar sobre isso, isso é um problema meu e do usagui.

- Não você vai brigar com o Lê, ele não tinha como saber que você estaria transando com o seu namorado no quarto.

- Eu preciso de um quarto só para mim, eu acho que está na hora de termos quartos separados.

- Isso sim, ele é um docel e precisa da privacidade dele.

- Mais igual eu preciso conversar com ele.

- Não brigue com ele, por favor.

- Te amo mãe obrigado.

   Naruto saiu do quarto dos filhos, com um aperto em seu peito sabia que não tinha terminado ainda essa historia com seus dois meninos. Naruto foi ao quarto descasar um pouco seu bebe estava muito agitado, o engraçado era que era só um dos gêmeos que estava agitado o outro estava bem calmo.

- Anjo que houve?

- Sasu, eles vão se separar e não sei o que vai acontecer.

- Calma anjo não há de ser nada.

- Mas se for Sasu?

- Vamos apoia-los sempre né?

- Isso sim, mais eu não quero que nenhum deles saia magoado dessa historia.

   Quando Naruto deitou, Sasuke começou a fazer uma massagem nele, quando o pequeno docel entrou no quarto chorando, mais um fato que deixou os pais surpresos era que o menor sorria enquanto chorava.

- Lê anjo o que houve?

- Eu quero ficar no quarto da frente, nos decidimos nos separar então não quero mais ficar no quarto com ele.   

- Tudo bem vou arrumar o quarto para você.

   Sasuke saiu do quarto deixando o esposo e o filho sozinhos, quando viu que o marido saiu Naruto abraçou o filho, ele se acalmou um pouco e depois o pequeno começou a contar um pouco do que aconteceu com a conversa no quarto.

“-Alexander...

- Sim Fale. Sabia que o irmão iria conversar.

- Eu quero tentar viver a minha vida, digo não é que eu esteja o abandonando, agora temos um pai e uma mãe e quero ser dependentes deles assim como você é dependente de mim, mas eu quero que essa dependência que você tem por mim acabe, quero namorar, dormir fora, conversar com outras pessoas sem você ficar com ciúmes, sair e voltar tarde, mas para isso preciso que você se afaste de mim e deixe ser cuidado pelos nossos pais. Alexander está escutando?

- Sim, eu entendo isso já que é um homem é norma não é, então eu ficarei longe de você a partir de hoje não se preocupe mais comigo.”

- Foi isso mãe por isso eu quero o quarto da frente.

- Tudo bem anjinho, vai dormir hoje comigo e amanhã eu peço para os empregados limparem o quarto e fazer a sua mudança.

   Assim Naruto e Lê foram deitar, o pequeno pegou um pijama da mãe e foi tomar um banho, quando voltou Naruto o esperava no meio da cama com o seu travesseiro quando Lê deitou Naruto ficou fazendo carinhos, mais não esperava que os filhos fosse fazer também a risada ficou solta no quarto quando Lê bateu uma foto de duas mãozinhas na barriga da mãe.

 Sasuke chegou na hora a que Lê acariciava a barriga do loiro, ficou feliz e estranhou seu pequeno no quarto. Chegou perto e percebeu que ele havia chorado e muito nessa hora, então entendia que eles se separaram mesmo.

- Pai eu vou ficar com o quarto da frente.

- Tudo bem agora durma um pouco, amanha vemos isso.

Todos dormiram calmamente, tirando as duas vezes que Naruto trocou com Lê para ficar com o marido, quando o loirinho acordou mais uma vez Sasuke resolveu dormir no meio da cama, deixando os dois docel dormindo em si. Dado momento da noite sentiu um vento gelado em seu peito e estranhou tocou seu dorso e percebeu que estava sem a camisa do pijama, olhou para o esposo e viu que não foi ele e então olhou para o filho e notou que ele vestia a sua camisa.

- Deixa com ele Sasu.

- Não ia tirar anjo só tapar ele.

- Obrigado amor.

   Assim a família voltou a dormir, quando acordaram o cheiro de café da manha era presente no quarto, para variar Sasuke tinha acordado com frio tinha algo faltando na cama, quando percebeu era os dóceis que haviam dormido com ele.

- Bom dia Pai.

Sasuke ficou feliz que os dois filhos vieram lhe trazer o café da manha, realmente ele nunca trocaria isso pela calmaria e melancolia que era a sua vida depois do desaparecimento deles. Naruto também vinha logo atrás com o café que ele amava.

- O que vocês querem?

- Pai!

- Podem me dizer, para ter café na cama e o Naru também ajudando, ou colocaram fogo em algo ou querem ir ao shopping.

- Eu so queria agradecer por ficar comigo ontem, já o mano eu não sei e a mãe me ajudou a fazer o café. Lê disse inocente.

- Fale Naru.

- Eu quero comer algo diferente, mais não sei o que é sei que é feito por você e pelo Nick, então não é algo absurdo.

- Nick?

- Queria o seu carro para ir ao cinema.

- Tudo bem.

Sasuke aproveitou e levou seus pequenos para o colégio e depois voltou para casa para ficar com o esposo, Naruto estava deitado na cama so acariciando a barriga, quando o moreno chegou aproveitou e rasgou a roupa do esposo o mandando ficar quieto.

- Não por favor eu não quero isso.

- Você sabe que não tem querer, eu quero você todo exposto para mim, vou fazer como eu quero dessa vez.

   Sasuke amarrou o loirinho na cabeceira da cama, com a camisa que tinha rasgado e depois separou bem as pernas dele lambendo o vinculo entre elas, sabia que o esposo estava carente ele ficou se esfregando a noite toda, então resolveu fazer uma brincadeira, mais foi surpreendido com um plug anal em seu esposo.

- Alguém estava me esperando, que coisa pervertida loirinho isso é coisa que uma mãe de família faça?

 - Quando se está carente tudo é possível.

   Sasuke retirou o plug do esposo e o penetrou assim, pelo jeito ele já tinha se preparado, pois o pênis do moreno entrou com facilidade no canal apertado do loiro, Sasuke estocava forte e rápido Naruto não se lembrava como se chamava ou onde estava, quando tentou falar algo para o marido era tarde de mais já tinha gozado. Sasuke ainda estocou mais três vezes o esposo antes de gozar dento das paredes aveludadas.

- Naru você está bem?

- Com sono Sasu isso foi de mais para mim.

- Mais foi bom? E de onde você tirou esse plug?

- Eu amei e pedi para o Nick ir comigo comprar.

Sasuke ficou olhando o esposo ele tinha fechado os olhos e dormido, foi ao banheiro tomou um banho e molhou uma toalha na agua quente para limpar o esposo, ficou penalizado havia esquecendo-se de soltar o loirinho limpou ele e quando terminou soltou os pulsos vendo a marca vermelhe que logo ficaria roxa. Assim que soltou deitou ao seu lado e adormeceu, esquecendo-se de tudo ao redor que não fosse o esposo e seus filhos.

   Nick havia chego em casa, no horário normal, achou estranho a casa silenciosa então foi ao quarto dos pais e os viu dormindo abraços e nus, assim como o plug que comprou com a mãe no chão sorriu com isso. Foi ao quarto do irmão e ele não estava estranhou muito, pois sua turma foi a ultima a sair e tinha passado na classe do irmão e eles não tinha mais aula.

  Passou uma hora desde que tinha chego e Lê não tinha ligado para si, começou a ficar preocupado sabia que ele devia estar lhe evitando por causa da briga mais ainda sim eram irmãos e ele tinha a certeza que Lê estava com medo e algo lhe dizia isso. Foi ao quarto dos pais eles continuavam dormindo, chegou perto e acordou o pai, não ligou para o cheiro ou mesmo o estado de nudez deles o medo pelo irmão era maior.

- Pai o Lê não chegou ainda.

   Sasuke abriu os olhos em espanto e viu o relógio eram quase uma da tarde e seus filhos já estavam lá, rapidamente cobriu o loiro e saiu da cama foi ao banheiro e depois que vestiu algo desceu com seu menino para ver o que havia ocorrido.

- Como assim ele não chegou não tinha aula no turno da tarde.

- Eu sei minha turma foi a ultima a sair, mais não sei onde está o Lê.

- Ligou para ele?

- O celular está desligado.

    Sasuke começou a ficar preocupado quando ao sumiço de seu moreninho, mais ainda de como contaria a Naruto sobre o sumiço do filho, Nick foi para cima mais precisamente ao quarto do irmão ficou sentindo o seu cheiro, sabia que um pouco do desaparecimento dele se dava por sua separação.

  

   Enquanto isso no outro lado da cidade Lê estava com medo tinha ido a pé ate a empresa de seu pai e descobriu que ele não havia ido trabalhar, saindo da empresa um carro parou e o colocou para dentro, tudo tinha passado na cabeça dele novamente o sequestro os homens fazendo tudo para ele. Tentou chegar ao celular mais ele se encontrava com as mãos amarradas, fechou os olhos e ficou pensando em seu irmão em tudo que eles passaram na separação, ele simplesmente queria estar nos braços dele protegido novamente.

  Saindo de seus devaneios, ele ouviu uma voz conhecida não lembrava onde ela era mais simplesmente ele não gostava disso, quando seus olhos foram desvendados ele viu seu tio e seu esposo com uma singela barriga em sua frente.

- Eu o quero machucado Tachi, eles têm que pagar por que eles me fizeram. Sai falou.

- Sim meu amor, mais o que machucar esse garoto vai adiantar?

- Muito Naruto parece ser muito ligado a ele então se eu o machucar vou estar lhe machucando também.

- Certo vamos tomar um banho para que você possa descansar lembre-se que o medico lhe disse.

- Sim. E você traste cuide bem dele, não o deixe fugir.

- Sim mãe.

- Não me chame assim asqueroso.

- Desculpe.

Quando Sai saiu, o homem que estava de cabeça baixa me olhando e fiquei com medo não sabia o que ia acontecer, foi quando ele desatou as minhas mãos e mandou eu ficar quieto, quando ele abriu a porta novamente só para ouvir os barulhos ele mandou eu o seguir.

- Vou colocar você la fora mais terá que se virar sozinho eu não quero mais apanhar por sua causa.

- Vem comigo, meus pais podem te ajudar.

- Eles vão machucar os seus pais.

- Vem comigo, por favor...

- Julian, meu nome é Julian.

- Eu sou Alexander Uchiha, como pode ver sou seu primo.

- Não você é parente do Itachi eu somente sou filho do Sai, filho que ele não queria.

- Então Ju vem comigo.

   Julian pensou um pouco nunca ninguém o chamou carinhosamente, ele olhou para seu estado e depois para o moreno, voltou correndo para dentro e pegou a mochila de Lê e correu novamente para a entrada só para ver o brilho nos olhos ônix.

   Os dois jovens correram e do nada uma tempestade se deu no meio do trajeto nenhum dos dois conhecia onde estavam, até que ao atravessar a rua Lê perde o equilíbrio e cai, ele sentou no chão e quando viu um carro estava em cima dele.

-Você está bem?

   Quando Alexander olhou para cima viu um moreno de olhos perolados sair do carro, assim que ele chegou perto lembrou de Julian e tentou levantar, o moreno olhou para onde ele olhava e viu outra pessoa com ele, pegou o menor no colo e o colocou no banco de traz do carro, fez um aceno para que o outro entrasse no banco do carona.

- Vocês dois estão fugindo de casa? Para sair nessa chuva para ficarem doente e não irem na escola que não foi.

  Neji não esperou a resposta se dirigiu para casa para mantes os dois jovens aquecidos no meio do caminho ligou para a esposa avisando que estava levando os dois jovens com ele.

 

   Sasuke andava de carro procurando pelo filho, seu coração estava muito apertado por não encontrar ele e ainda mais por ter que dar a noticia do desaparecimento dele para o esposo. Quando chegou em casa os loiros estavam sentados na sala esperando que ele chegasse mais nada. Naruto se segurou no marido e começou a chorar, Nick havia dito sobre o sumiço do irmão e acalmou Naruto, mais não adiantou de nada, pois o desespero do loiro foi grande.

- Me traz ele Sasu eu quero o meu outro filho de volta.

- Calma anjo ele vai ligar, alguém vai ter que ligar para nos pedir algo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...