História Um jogo no amor Sans x Frisk. - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Alphys, Asgore, Chara, Frisk, Papyrus, Sans, Toriel, Undertale, Undyne
Exibições 44
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


*Olhando para todas as direções*
Ufa.Hoje a Temmie não aparece.
Fiquem com a fanfic.

Capítulo 17 - Se sentindo fraca.


Fanfic / Fanfiction Um jogo no amor Sans x Frisk. - Capítulo 17 - Se sentindo fraca.

POV Frisk

(Sonho)

Eu não conseguia me mexer.Estava num local totalmente branco.

-Onde estou?

-Já devia saber.-Chara apareceu.

-O que você quer falar?

-Bem Frisk.Eu só quero pedir para que traga seus amigos até mim.

-O que? Eu nunca faria isso.

-Na verdade eu nem tinha que pedir.Por que eles já vão com você.

-...

-Você está com medo?

-...

-Ei!! Estou falando com você.

-Chara...Eu não vou deixar você machuca-los

-Quem vai me impedir. Você? Não me faça rir.

-Chara... Por que você não muda?

-Frisk,você já está cansada de ouvir. Certo?

-Chara eu já sei a sua resposta. Mas por que você não tenta?

-Deixa disso. E eu tenho uma surpresinha pra você.

-Como assim?

-Você verá.

Eu acordei, estava um pouco cedo eu estava me sentindo um pouco estranha,estava me sentindo... fraca? Bem eu sai do quarto.

-Já de pé filha?

-Sim. Hoje acordei um pouco mais cedo.

-A mamãe está terminando a torta.

-Ok pai. Vou lá falar com ela.

-Ok filha.

Fui para a cozinha e a mamãe estava terminando a torta.

-Bom dia querida. Não pensei que fosse acordar tão cedo.

-É.

-Bem querida a tora está no forno.

-Eu percebi.

-Você poderia regar as flores pra mim?

-Claro mãe. Mas vou tomar meu banho.

-Ok querida.

Tomei meu banho,troquei de roupa e fui ao jardim,comecei a regar as flores.Não estava entendendo por que estava me sentindo fraca.Sim eu sei que Chara me deixou assim,mas por que? O que ela está planejando?  Depois de regar todas as plantas eu fui comer o meu café da manhã.Eu fiquei em casa o dia inteiro,não queria sair desse jeito.E se Chara me atacar enquanto estou assim.O melhor é esperar eu melhorar.Hoje o Sans não veio aqui.Ok,ele não é obrigados a vir aqui,entendo.O dia foi acabando aos poucos,até que anoiteceu e fui dormir.No dia seguinte eu acordei e parecia mais fraca.O que está acontecendo? Eu não estou entendendo.Alguns dias foram passando e me sentia cada vez mais fraca.E um dia Sans veio aqui,mamãe e papai saíram.Mamãe deve ter pedido para ele ficar aqui.

-Oi criança.

-Sans.Eu não sou mais uma criança.

-Eu sei.Mas sinto saudade daquela criancinha que caiu aqui no subsolo.-Eu dei uma risadinha .

-Frisk.Você está bem?-Falo ou não falo?

Sim.Só estou pensando quando vamos por o "plano' em prática.-Fiz aspas com as mãos.

-Bem.Já falei com nossos amigos.Menos com Toriel.

-Por que menos com a mamãe?

-Por que ela não ia deixar você encarar todo esse perigo.

-Ok

-Bem Frisk.Agora só falta conversar com as suas amigas.

-Ok Sans.

-Que tal amanhã irmos lá vê-las?

-Ok Frisk.-Ele passou a mão pela minha cabeça ele ficou no quarto.Que estranho cada minuto que se passava eu ficava mais e mais fraca.

-Eu vou na cozinha.

-Ok Frisk.

Eu peguei um doce de aranha.Comi e me senti um pouco melhor,eu tenho que proteger bastante eles.Não vou deixar que mais ninguém morra.Voltei ao quarto mas o efeito do doce da aranha passou e eu voltei a me sentir muito mais fraca.Eu abri a porta do quarto e já desmaiei.Só consegui escutar Sans falando gritando meu nome.

-Frisk? FRISK!

Algum tempo depois eu acordei.

-Frisk,o que aconteceu?

-Sans.Eu estou me sentindo cada vez mais fraca.O que devo fazer?

-Frisk...

Ele me deu um abraço.

-Frisk.Eu não sei o que você tem que fazer.Tem algum chá por aqui?

-Sim.O de flores e o Chá mar.

-Ok.Vou fazer o de flores pra você.-Ele me colocou no sofá.

-Sans.Não quer que eu ajude você?

-Não precisa Frisk.

-Tem certeza?-Eu estava me levantando quando Sans se teleporta e me coloca no sofá de novo.

-Não se esforce Frisk.

-Mas Sans eu quero.-Ele me interrompeu.

-Por favor Frisk.Não se esforce.Eu olhei para baixo.

-Ok Sans.

-Frisk.Eu só quero te ajudar.Não se esforce ou vai ser pior pra você.

-Entendo.

-Ok.Agora fique aqui que eu já trago seu chá.

-Ok Sans.

O Sans retorna para a cozinha e quando olho para o lado.

-Que cena emocionante.

-Chara...

-Não se preocupe logo logo eu tiro o feitiço de você.

-...

-Sorria.pelo menos eu não vou deixar você assim.

-... Você não vai machucá-los.

-Uh???

-Eu não vou deixar eles te atacarem.Eu mesma vou estar lá.

-Sozinha? Ha ha não me faça rir.Você tem uma alma forte,mas não sabe usá-la.Bem Frisk.Preciso ir,mas ainda vou te ver.Várias e várias vezes.

Ela sumiu.Depois de alguns minutos o Sans chegou com o chá.Eu tomei tudo e depois de um tempinho dormi no colo de Sans.


Notas Finais


Bom dia,tarde,noite.
Até o próximo capítulo da fic e
TeM Des EjA Um Boa Noi t
TEMMIE!!!
THaU PeSoA s bUNitS
Tchau gente.
TEMMIe AGORA VOCÊ NÃO ESCAPA!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...