História Um mundo destruido - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mirai Nikki
Personagens Personagens Originais
Tags Fragiu, Psicopata, Sádico, Yukiteru, Yuno
Exibições 28
Palavras 1.621
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E aí bom to a um bom tempo sem postar essa história, é que varias coisas aconteceram e daí não deu bo chega de enrolação e do mais... Boa leitura...

Capítulo 17 - Lenbranças perdidas


Fanfic / Fanfiction Um mundo destruido - Capítulo 17 - Lenbranças perdidas

Os garotos olhavam para as pessoas que possivelmente seriam as últimas que veriam, Yukki olhava ainda para aonde as duas garotas estava e por último, como homenagem, se ajoelha e fechando os olhos em sinal de respeito ora por as duas garotas em silêncio tendo Yuno a o seu lado.  Há rosada da um leve sorriso e senta no chão sendo seguida por Yukki, que logo Vando senta passa a mão na cabeça da garota que sorri em retribuição.
Os outros três estava estáticos e ainda assustados com tudo o que estava acontecendo, não sabiam ao certo, mas de estarem morrendo como se fossem moscas era algo humilhante. Tudo estava calmo e parecia que tudo estava resolvido mas...
Yukki: "Há morte e só uma passagem e que todos os humanos tem que passar sem exitar"(sorriu) Uma deusa "desgarrada" me disse isso uma vez e sinceramente eu não levei muito em conta mas...(ele sentiu ser beliscado) o que foi Yuno...?
Yuno: Não acha que é muito coragem sua falar de outra mulher na minha frente?( disse olhando direto para ele)
Yukki: Ciúmes?(sorriu) Você não precisa ter dela, já que ela não pertence ao nosso mundo Baka...(deu um leve beijo na boca dela) e também eu não sou o tipo de pessoa que gosta de trair quem eu gosto....
Há garota da um leve sorriso com a fala de e cora drasticamente, Yukki olha para os três que estavam a sua frente, logo depois caem de joelhos, cuspindo sangue e agonizado...
Yukki: "Há morte é só uma passagem que todas as almas precisam passar uma hora ou outra"... (sorriu) "Du pó ao pó, da terra a terra"... ou quase isso...
Os corpos que já não tinham mais vida, começaram a serem incinerados até que nem mesmo as cinzas se fizessem presentes, Yukki coloca a cabeça da rosada em seu peito e diz bem baixinho ao pé do ouvido dela, que todos os problemas tiveram um fim e que mais ninguém iria infernizar a vida dela, como reação, o puxa para um abraço e soluçando e com a mente bem confusa se deixa derramar as últimas lágrimas das quais ela  só derramava por tristeza mas essas eram de alegria.
Alguns minutos se passaram ali só abraçados, como se o tempo não importasse, como se as horas não passa-se e como se mais nada naquele mundo lhes fosse importante. Nesse meio tempo, toda a destruição casada pelas "lutas" era desfeita, como se nada tivesse acontecido ali, deixando toda a tristeza e remorso e quais quer sentimento ruim para trás.
Após aquele dia, ninguém mais se atreveu a mexer com a rosada e isso deu paz para o casal por um tempo e nisso um ano passou voando e no aniversário de um ano de namoro Yukki resolveu levar Yuno para a sua casa, para conhecer os seus  e com isso muitos problemas começarão a surgir até que veio o fatídico dia...
Rea: Yuno-chan vai chamar o preguiçoso do seu namorado ou não é hoje que a gente sai daqui...(sorriu) Ainda mais que o Kurou está em casa, isso é uma raridade que não podemos desperdiçar...
Yuno:Hai... (disse já subindo as escadas)
Rea: O que você acha desses dois ...?
Kurou: Eles são iguais gente quando começou a namorar...(sorriu a beijando) mas são diferentes por serem o que são, mas eu não sei o porque, mas estou com um mal pressentimento sobre hoje...
Rea: Vamos só tentar relaxa um pouco(sorriu o puxando para fora) alias hoje é o aniversário deles e o nosso também... Então vamos deixar o que tem que acontecer para o futuro porque nenhum de nós tem um Mirrai Nikki...
Kurou: E o que seria isso(sorriu colocando a mão no carro)
Rea: Sá... só deu vontade de dizer...
No andar de cima esparramado no meio da cama, estava dormido Yukki, mas os seus olhos mesmo fechados para o mundo vislumbrava um lugar da onde os humanos não deveriam nem mesmo passa perto, já que era um dos grandes tabus entre os deuses e a principal regra da causa e efeito. Diante de seus olhos ele via um trono com duas caveiras uma de cada lado do apoio e ao seu redor um grande salão inabitado, era mórbido, sombrio e solitário, mas ele pertencia mais aquele mundo do que ao seu próprio...
????: Então você veio aqui de novo...(sorriu)Mesmo eu tendo te expulsado da última vez... O quão idiota consegue ser Yukitero Amano...?
Yukki: O tanto para salvar uma deusa ingrata dando para ela os meus poderes mesmo isso significado a minha própria morte(caminhou até a garota) e mais esse lugar agora me pertence... Já que foi seu que matei todos os deuses daqui menos você né Ex Machinima...(sorriu) ou melhor dizendo Amaterasu a grande e infantil deusa do sol...
Ex: Como que você...
Yukki: Como se eu me lembrei..(sorriu) simples eu nunca esqueci, assim como tudo o que você se esforçou para que eu nem chegasse a conhecer, as suas lembranças, que foram compartilhadas comigo... Eu as conheço muito bem...
Ela ficou em silêncio por alguns instantes, estava tentado processar tudo o que lhe foi dito, mas por mais que ela tentasse nada fazia sentido até que lembra que desde o início ele já era mais forte que ela, então tudo ficou claro e ela sorriu chateada por o quanto que foi idiota...
Ex: Tá, mas se você veio aqui em um dia tão importante o que você quer que eu faça...?(disse apreensiva)
Yukki: Nada de mais(deu uma pausa) Só quero que você apague o fato que a Yuno foi sequestrada hoje é invés disso coloque nas minhas memória que ela morreu, eu sei que eu vou lembrar disso gradativamente, mas até que isso aconteça eu preciso ter fé que ela está morta...
Ex: Uma última pergunta...(sorriu ao ver que ele ti ele estava irritado com tantas perguntas) Se você a ama tanto porque não a salva junto dos seus pais...?
Yukki: Por que não dá...(sorriu) essa já é a segunda vez que eu passo por isso, e da primeira eu não pude salvar nenhum deles pela minha arrogância, por achar que só por ser forte será capaz, mas mesmo assim eles morreram bem na minha frente(sorriu enxugando as lágrimas que teimavam em cair) eu não posso salva-los, não a uma maneira de fazer isso então pelo menos eu vou deixa-los viver até o fim e a Yuno, ela não vai morrer... isso eu garanto...!!!
Ao dizer isso ele some da presença da garota e volta para o mundo real, abre os olhos lentamente e seu sorriso vem automático ao ver Yuno dormindo abraça a ele...
Yukki: Yuno...(sorriu cutucando o roto dela)Ei não era pra você vir aqui me acordar...?
Ela abre os olhos bem devagar, mas por algum motivo começa a chorar, não sabia o motivo, mas a única coisa que a deixava um pouco mais tranquila era esta abraçada com quem amava e ficar assim sem se importar com o tempo. Yukki sorriu passando a mãos no rosto dela, tirando um pouco da franja bagunçada que cobria o rosto da garota e dando um leve sorriso retribuiu ao abraço o mais forte que pode, seu sentimentos e temores eram passados por aquele simples abraço, que mesmo estando sendo para acalmar a garota a estava preparando para o que estava por vir e assim eles saíram para o que seria a primeira é uma vez que comemoraram o aniversário de namoro jutos.
E assim como alguém que acaba de sair de um grande Yuno olhando para os olhos de quem mais amava, só podia ver tristeza e ainda mais sabendo de tudo o que tinha acontecido, não sabia como se sentir, por um lado estava feliz por ter sido escolhida, ma por outro a tristeza era bem maior do que a alegria, já que ela sabia que quem causou a morte dos pais dele mesmo que indiretamente tinha sido ela é isso ela não poderia mudar de forma alguma.
Yukki continuava abraçado a ela, era como se a soltasse por um segundo ele fosse desaparecer no ar, sabia exatamente o que poderia estar sentido, alias ela tinha acabado de descobrir que a única a ser salva naquele dia tinha sido ela e que mesmo assim não poderia ficar com ele, aquilo era torturante para os dois, as palavras não se fazia presentes mas os sentimentos eram expressados de uma maneira muito forte e eles já não estavam ligando para nada, a única coisa que importava estava bem a frente um do outro, alias eles não tinham mais nada.
Do outro lado da ilha Ex observava o casal enquanto ouvia Minene agonizando no chão, não sabia exatamente o que sentir, mesmo sendo mais velha em idade, a sua mentalidade era compatível com o seu corpo, ela era como uma garota de apenas 16 anos, chateada e com raiva, mas como já sabia que aquilo iria acontecer sorriu trancando todos os seus sentimentos não correspondidos no seu peito e por fim terminou o que tinha que fazer...
Ex: Uriuo Minene, espere pelas explosões(sorriu) Quando a ilha inteira estiver em chamas e todos os corpos que aqui estão se decompondo receberem um enterro digno será a hora de você agir..(senta no chão) então descanse e... esquece quando tudo isso acabar ele resolve como esse mundo vai acabar...
Suas palavras saíram frias e a cada vez ela ficava mais nítida a garota que estava sentada no chão e como uma folha que vai para onde o vento leva, mais uma vez estaria ajudando um humano para uma vingança isso a irritava mais que tudo, já que ela sabia muito bem que quem orquestrou tudo aquilo estava em algum lugar só assistindo as suas "crianças" se matarem...


Notas Finais


E aí curtiram, bom eu lamento informar mais estamos no encaminhando para a reta final da história entao... Era isso te a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...