História Um Mundo Escuro - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Mistério, Originais, Sobrenatural, Suspense, Yuri
Exibições 26
Palavras 481
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Dica: Os sonhos dela são importantes, lembrem deles.

Capítulo 2 - A casa - parte 1


No primeiro dia, organizamos quartos, cozinha e banheiro, no segundo dia Marta me levou para conhecer a "cidade". Mercados pequenos com um pouco de tudo, três escolas, um hospital, algumas lojas de roupas, casas velhas, mais casas velhas, pessoas com sotaque, gente estranha (muito estranha). Ela alugou um carro na cidade vizinha para que fizemos o "passeio".

  - QUE TÉDIO MARTA!! - Exclamei no banco de traz, do carro esportivo - ESTOU COM FOME!
  - Calma meu bem, estamos chegando no shopping. - Ela me pareceu tão calma.
  - Shopping? Esse lugar tem shopping? SERIO? Minha bateria esta acabando sabia? - Isso foi muito irritante.
  - "Esse lugar" é nossa casa agora! Nos mudamos "daquele lugar" pra você ter uma vida melhor ... - Me calei. Parabéns Marta u.u

*Praça de alimentação do shopping*

Encontrar uma lanchonete nunca foi tão satisfatório, coxinhas, sucos e tortas nos encheram facilmente. Adoro o fato da Marta não saber cozinhar.
 
  - Hey! Não fica triste, já conversamos sobre isso. Você estuda até os 18 e vive uma vida boa. - Fiz sim com a cabeça. Eu sei que ela só quer meu bem, e estou tentando não critica-la.
  - Está tudo bem... - Mudei de assunto rapidamente - Vou poder sair anoite? - Ela fez que sim com a cabeça. Fizemos algumas compras e saimos.

  Retornando para a nova casa não tão organizada, decorei a metade do caminho de casa. Algumas coisas me chamaram a atenção:

1- Não havia tanto gado/ fazenda/ criações de animais, como imaginei.
2- Havia mais jovens do que pensava
3- As ruas eram asfaltadas e com sinalização.
4- TEM SHOPPING (Que preconceito feio u.u)
5- Uma casa antiga...no final da rua em que moro agora.

  Uma casa azul bebê com janelas brancas, quintal com cerca branca, varanda com balanço também branca. (Bem composta rs) Imaginei como ela poderia ser quando era nova, SIM! Ela era abandonada, seus donos morreram e não sobrou nenhum parente passuir o terreno (pelo que Marta me disse), isso significa... Que encontrei um motivo para meus passeios noturnos, e vou poder ter algum lugar para mim...
  Chegando em casa, Marta subiu as escadas para um banho e eu guardei as compras. O dia não foi produtivo, mas a casa, aquela casa vai me proporcionar um tempo pra mim.
 
Sonho:

   Anjos caiam do céu enquanto eu me escondia de quem parecia ser Deus. Trombetas tocavam como alto-falantes, e assim meu julgamento começava.
  -Você foi condenada ao inferno por homossexualidade, blasfêmias contra mim e por aplicar falsas crenças ao meu povo. - Disse esse "alguém que aparentava ser Deus"
  -Vou para o inferno por conta disso? Obrigada. - Eu respondi.
            
           *Quinta - feira 8:30 *
  O despertador do celular toca no ultimo volume, acordo com pressa para o primeiro dia de aula, fiz a higiene matinal, não comi nada e fui de bicicleta.Fiquei tão cansada, que cheguei soando.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...