História Um Mundo Escuro - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Mistério, Originais, Sobrenatural, Suspense, Yuri
Exibições 6
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 8 - Talita


Naquela manhã, Maggie, uma amiga, me ligou. Pediu para acompanha-la nas compras, queria minhas opiniões. Não pensei nem duas vezes e aceitei, porque amo fazer compras. Mas ai... Surpresaaa, Maggie levou sua namorada. Lilith, o nome da infeliz. Vou admitir,ela se igualava a um anjo, por ser muito bonita, mas não perdoei, tive vontade de esganar as duas ali mesmo. Me senti extremamente traida. Porque desde o momento que a vi, pela primeira vez, senti que iria ser minha. Sei que o ciume pode levar a loucura, mas, Maggie devia ter ido sozinha.

  Comemos alguns sanduiches, sucos e tortas. Quando satisfeitas começamos a procurar roupas para Maggie e a infeliz da Lilith. Elas vestiam quase o mesmo tamanho, Lilith só é mais baixa.


  - Você está séria. O que houve? - Perguntou Maggie rindo. - Está brava?


  - Sim estou. - Respondi - Ficarei bem, preciso me acostumar com a ideia de você ter uma namorada.


  - Ciume? - Perguntou Maggie - Que boba.


  - Não tenho ciume. Sou neutra. Pode continuar a esperimentar as roupas.

  

  Me controlei ao maximo para o clima não ficar chato. Elas acabaram comprando vestidos, calças e blusas de banda. Comemos e seguimos para o estacionamento. Colocamos as compras no porta-malas e as levei para casa. Quando chegamos Maggie havia dormido no banco de tras, e Lilith ficou no banco do passageiro.


  - Eu sei como você olha para ela. Mas cheguei primeiro! A conheço desde pequena. Não estrague. - Lilith me surpreendeu! Ela disse baixo para Maggie continuar dormindo.


  - Está louca? Eu sou AMIGA dela. A-Mi-Ga! - Respondi a altura. - Maggie. - Tentei chama-la. E ela acordou. - Chegamos! Não esqueça as compras. - A "anjo" foi a primeira a sair do automóvel. Maggie pegou as compras e agachou na janela para agradecer.


  - Obrigada por nos acompanhar... Me liga.


  - Vou ligar. - Pisei fundo. Nunca estive tão nervosa. Mesmo conhecendo Lilith tão pouco... Já sinto que não vamos nos dar bem.


             *22:00*


  Mais tarde, Liguei para um amigo, Lucas.


  - Você não está exagerando um pouco? Tipo... É a namorada da sua amiga, tem de aceitar isso Talita.


  - Mas Lucas... Você tem que entender. Eu tinha que ficar com ela. - Comecei a chorar.


  - Oh Talita. Chorar não vale. Lembra do... - O cortei.


  - Não me lembre daquela coisa. Nunca mais toque no assunto, por favor...


        *23/04/13 - 13:00*


  Na manhã de 23 de abril de 2012, Gabriel havia tido alta do hospital, onde foi diagnosticado com leucêmia. O visitei durante 1 ano ao decorrer de sua melhora. Sim, eu era apaixonada por ele, acompanhei mais 3 meses o seu cabelo crescer e enrolar. Até que um dia ele cançou.


  - Pare de ser criança! Nunca disse que lhe amava! - Ele exclamou sentado no sofá. - Avisei desde o começo Talita! Deixei claro.


  - Por favor não diga isso! Me esforcei demais! 


  - Vá embora. Será melhor para os dois lados Talita.


  Uma semana após esta discussão, Gabriel morreu. Seu cancer voltou, mas não havia mais esperança. Fiz questão de me ausentar em seu funeral. Dizem que agora ele é o anjo Gabriel. Eu acredito. Tomara que esteja melhor... E tentando me abençoar com Maggie.


Atualmente, tento não me afogar em depressão como meu pai, ou ficar alcoólatra como minha mãe. Beber gin durante 70 anos seria uma boa opção para mulheres que abortam sonhos. Não quero ser mais uma dessas.


Notas Finais


^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...