História Um Mundo Paralelo Bruxo-Semi-Deus - Capítulo 6


Escrita por: ~

Exibições 12
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Cross-dresser, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente, Paola e Draco ficaram até o dia nascer, depois eles saíram, da sala precisa, e foram para ala hospitalar, do colégio sim. Gente na minha história o Draco sofre por causa do pai sim, já á Narcisa não deixa que o Lucio bate, no Draco, mais ele bate nela sim.

Capítulo 6 - Um Destino Traçado Parte 4


Fanfic / Fanfiction Um Mundo Paralelo Bruxo-Semi-Deus - Capítulo 6 - Um Destino Traçado Parte 4

POV: Draco Malfoy.

Eu nunca pensei, que May iria ficar cuidando de mim, até o amanhecer sim, mais ficou trocando as toalhas, da minha testa, depois que ela viu que eu estava completamente, fora da fraqueza achou, melhor sair da sala precisa, e ir na ala hospitalar, do colégio, para a madame Promfrey, dar uma averiguada em mim. Paola foi com o Draco até á enfermaria num jeito que já estava, na dentro da enfermaria. Promfrey falo há querida o que ouve com o Malfoy em? Paola contou tudo para enfermeira que pediu que colocasse ele, na cama. Paola colocou o Draco na cama, na hora que iria embora, Draco segura o seu braço. Draco falo há por favor, não vá sim, fica aqui comigo, eu lhe imploro May sim, eu não aguento, mais ficar sozinho sim. Paola ficou com pena do Draco quando viu seus olhos, cheios, de lagrimas. Paola falo há Draco o que acontece na sua casa me diz em? Draco não disse, nada. Paola falo seu silêncio, já diz muita coisas sim, então seu pai ao invés, de bater em você, bate na sua mãe, estou certa em? Draco não aguentou começou á cair lagrimas, nos seus olhos, May estava sentada na cama, Draco só abraçou á cintura dela como proteção. May ficou impressionada com o que estava vendo. Percy e Harry aparecem na enfermaria, quando viram isso, Percy deve um TRECO, quase queria pular no Malfoy de raiva. May fez um jeito que Harry notou. Harry falo calma Percy ele, só dormiu sim, ele realmente está muito mal sim. Percy falo há como assim Potter em? Harry falo há venha aqui sim, pegou o braço do Percy, e foram para o jardim, o mais longe da enfermaria. Harry falo o Malfoy não é tão mal assim, ele está sofrendo, na casa dele sim, pelo que minha irmã, disse no sinal sim, o Lucio invés de bater nele, ele bate é na mãe dele sim, Narcisa não deixa que o Lucio encostar um dedo, no Draco então deixa que ele bate, nela sim. Percy falo então eu vou dizer uma coisa sim, ele se apaixonou-se pela sua irmã sim. Harry falo é eu devia ter imaginado sim. Nico aparece no lado deles. Nico falo há onde está minha narciso em? Percy falo está cuidando ainda, do Malfoy sim. Nico falo há como assim em? Harry falo Nico esqueceu que minha irmã, é á única que consegue, salvar as pessoas em? Nico falo é mais porque aquele ser em? Percy falo eu não gostei, mais á nossa menina, é cabeça dura sim. Harry riu do que o Percy disse isso. Percy e Nico falam há o que ouve Harry porque, está rindo em? Harry falo então realmente somos, irmãos gêmeos sim, porque eu também sou cabeça dura sim. Percy riu do Harry. Nico ficou calado.

 

POV: Percy Jackson.

Eu realmente acho, bom que o Draco, não fez nada contra minha tulipa, mais eu acho que não mesmo, porque May estava inteira, não tinha nada, e notei que o Malfoy estava muito pálido, por causa que tinha ficado, doente, o que será que ouve, naquela sala em? Estou ficando LOUCO, ou será que o Malfoy realmente se encantou pela May, e ainda consegue ser ele mesmo, estou preocupado demais, com á minha TULIPA. Percy voltou para o salão comunal com o Harry e o Nico. Percy e Harry ficaram, na casa, já Nico foi para sua casa. Dumbledore notou que May ainda não estava ali. Annabeth falo há onde está May em? Claro que quando eu contei tudo, eles quase queriam ir atras, de Malfoy, mais Harry fez, com que eles, não fossem, porque sabia, que Draco não estava mentindo.

 

POV: Paola Potter.

Eu nunca vi, o Percy, tão furioso, MEU DEUS, pensei que iria, ter uma TRAGÉDIA, senhor dai me paciência sim. May notou que Draco estava dormindo como um anjo. May fez um jeito que conseguiu sair do abraço, de Draco e ficou sentada na cadeira. Promfey falo há querida eu já pedi, ao diretor para mandar, uma comida, pra você sim. May sorriu para senhora. Minerva tinha chegado com um elfo, com um prato de comida, May comeu tudo, entregou o prato  ao elfo. Minerva falo há querida eu avisei á Narcisa sim, já que o Lucio está no ministério da magia sim, então Narcisa está para chegar á qualquer momento sim. Narcisa tinha chegado num segundo sequer. Narcisa foi correndo para á cama do filho, abraçou com um carinho, sem machuca-lo. May notou que o corpo de Narcisa, estava completamente machucado, de preocupação, foi para raiva, seus cabelos, ficaram rosas, seus olhos ficaram verdes. Draco acorda com alguém em cima dele. Draco olha para sua mãe em cima dele. Draco falo há mamãe o que faz aqui em? Narcisa falo ninguém sabe sim, nem seu pai, nem o Voldemort sim, não se preocupa sim, eu fugi por um minuto, mais terei que voltar sim, o que ouve para você ficar assim, meu filho em? Draco só olha para May e viu que ela ainda estava ali. Draco falo há Paola poderia por favor sair um minuto para eu conversar com minha mãe em? Paola saiu falo estou indo tomar um banho sim, depois mais tarde eu volto sim. Draco falo há está bom, sem problema algum sim, alias obrigado sim. Paola sorriu pro Draco foi nele, deu um beijo na testa dele, e saiu da enfermaria, indo para o salão comunal. Draco falo há mamãe, eu lhe juro que não sei sim, estou perdidamente apaixonado, pela Paola Maya Collins Morgan Potter sim, o que eu faço mãe, é claro que eu uso um feitiço, que o Voldemort, não entra mais na minha mente sim, mais mesmo assim, tenho muito medo, que algo aconteça, com ela sim. Narcisa viu que seu filho chorava ao dizer aquilo, só abraçou forte com carinho. Narcisa falo eu não seu meu bem, mais você realmente, acha que ela AMA você, meu bem. Draco falo eu não sei ela, me beijou, para me salvar sim, mais eu retribuiu o beijo, mãe essa menina, não me sai da minha cabeça, coração sim.     

 

 

      



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...