História Um nerd e um "famosinho" (Vmin) - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 56
Palavras 962
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ESTAVA SEM CRIATIVIDADES E ENTÃO FIZ SÓ PARTE DE SEBAEK, SOOORRY!
EU SEI QUE NAO VÃO GOSTAR MAS..ME DESCULPEEEEM 💙🙁😢

Capítulo 23 - É VOCÊ MESMO?


Fanfic / Fanfiction Um nerd e um "famosinho" (Vmin) - Capítulo 23 - É VOCÊ MESMO?

UM DIA DEPOIS  

BAEK 

estava de boas, com meu novo amigo que agora não fico mais tão de vela (obrigado senhor). Estamos no shopping andando sem rumo. Literalmente, quando percebemos estávamos andando em um trenzinho de bichinhos. Tomamos  um sorvete e resolvemos  ficar sentados na lanchonete conversando. 

-ei, depois me dê seu número..não me deu ainda-digo fazendo carinha de coitado. 

Sehun-perdão, não sabia que iria o querer, afinal, nos conhecemos á 3 dias. -ele diz me olhando com um sorriso. 

-não importa, já é especial o bastante!-percebo no que falei que Ciro levemente escondendo  minha cara na mesa tapada pelos meus braços. 

Sehun- sinto um carinho muito bom pelo sinal em minha cabeça.-calma, não fique com vergonha-ele diz soltando um riso fraco. 

-levanto minha cabeça um pouco tímido ainda e assenti, comecei a mexer no celular procurando o contato daquela praga que eu amo tanto, até o achar .

MENSAGENS ON 

-oie, como está? Nossa, já visualizou- penso. 

-oi, eu estou bem. Só dando uma volta pelo shopping.. 

-sinto meu coração desparar- sério? Que coincidência! Também estou. 

-sério!?  Talvez nos encontramos.

-sim, eu gostaria. Onde você está? 

-ah..não quero falar. Por dois motivos:estou com vergonha e estou com uma pessoa.

-rsrsrsrs não fique com vergonha, e eu também estou com uma.-olho para o sehun que também estáva mexendo no celular com um sorriso bobo como eu. Volto para o meu celular.

-eu amo sorvetes! 

-mentira! Eu também estou! 

-sério? Hahahaha. O meu é de flocos! 

-o meu é de morango!-não sei porque, mas olhei para o sorvete do sehun que era a mesma coisa que o mesmo do anônimo.

-sehun, vou no banheiro-ele assenti, então eu vou pro banheiro fazer minhas coisas. Lavo minhas mãos e logo vendo a mensagem. 

-sério..? O..do meu amigo..também é-nessa hora meu coração despara e arregalo os olhos, quase gritando. Até uma hora que nao segurei de tanta felicidade e são gritando do banheiro, indo até o sehun que estava de pé me olhando com um grande sorriso-AAAAAAAAH-pulo encima dele fazendo-nos cair no chão, não liguei e continuei abraçado nele que nem um macaquinho, o vendo retribuir.

-eu não acredito que era você todo esse tempo! -digo feliz, o abraçando. 

Sehun-eu também não sabia, bem que eu senti algo diferente por você quando o vi.-o olho de perto, sentindo pessoas em nossa volta.-eu queria tanto te ver..-digo sorrindo encantado.

Sehun-eu te amo, meu pequeno..-ele diz sorrindo, logo selando nossos labios. Senti a quele lábio macio e gostoso..sinto sua língua em minha boca e não demoro e cedo a passagem. Ele explora cada canto da minha boca. Até começarmos a ouvir uns "OOOOIIIN" *aplausos* "SEJAM HOMENS".. bom, nos separamos por falta de ar, ele se levantou e me ajudou. 

-o abraço-eu nao quero nunca mais tá soltar

Sehun-nem eu, mas agora temos que ir para casa. Está ficando tarde e nao quero que niguém te roube e não faça nada com você-ele diz acariciando minha cabeça.

-Ok..-bufo- voc- - ele pega na minha cintura, fazendo um encontro com seu corpo de lado. 

Sehun-ia dizendo...? 

-a-áh! Você poderia..dormir na minha casa hoje, nao quero ficar longe de você..-digo com a cabeça baixa.

Sehun-ok, também não quero ficar longe de você. Quero dormir na mesma cama que vc, se me fizer dormir na sala...o pau vai comer..-ele diz sério me olhando, vira para frente naturalmente depois.

-o-ok..-digo um pouco assustado.

Sehun-você..-arrepio geral, ele..falou mesmo aquilo?

Chegamos em casa, depois de um tempo. Achei que ele ia me pegar no caminho, mas nao. Acho que ele percebeu que eu estava caindo de sono. Então me pegou nas costas e quando chegamos, me jogou na cama sem dó alguma, me fazendo acordar.

-aí! Seja mais educado-digo resmungando.

Sehun-ele pula encima de mim- desculpa moxinho-ele diz fofo.

-como resistir? Faço carinho em sua cara, passando por seu cabelo dando leves puxões junto com cafuné.

Sehun- ele deita sua cabeça em minha barriga, e começa a fazer carinho em minha cintura.-é tão bom..

-o que? 

Sehun-seu carinho..ele tem uma pegada diferente..

 -solto um riso fraco-não sou de dar carinho para as pessoas..pra mim eu não sei fazer carinho.

Sehun-então continue dando carinho apenas pra MIM-ele diz dando uma apertada na minha cintura.

-ah..!-dou um gemido de dor

Sehun- adoraria ouvir esses seus gemidos manhosos, de outra forma..-ele diz voltando a fazer carinho na minha cintura.

-fico um pouco corado-sério? Talvez com um tempo você os ouça..-digo me fingindo de distraído

- ele me olha sorrindo, e vem para cima me dando um beijo calmo mas quente, ele adentra sua língua e eu cedo, um tempo depois, ele coloca uma de suas mãos dentro da minha calça brincando com meu membro, o massageando. 

-ah..ah! S-sehun..ah..! M-mais..-digo e volto o beijar.

-sehun- ele começa o apertar de leve meu membro, junto com algumas puxadas. Me fazendo delirar.

-ele retira sua mão, parando de me beijar-por que parou?-digo fazendo um bico. 

Sehun-ele me beija- continuaremos isso quando seus pais não estarem em casa-ele diz baixo em meu ouvido.

-estava com vontade me mandar meus pais irem pra um lugar aleatório? Sim! É muito! 

Fomos dormir logo, já que estava tarde. Me agarrei nele que nem uma criancinha assustada com o bicho papão. 

E  assim dormimos.

NARRADORA ON 

CASA DO TAE 


Tae-ISSO, VAI PORRA, MAIS RÁPIDO, MAIS RÁPIDO! 

Jimin-CALMA, EU TÔ INDO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, SEU AFOBADO! DEPOIS FIQUEMOS TODOS DOLORIDOS NÃO  SABE O PORQUÊ

Eles ficavam dizendo enquanto jogavam jogo de dança. Até se jogarem na cama. 

Tae-ganhamos -bate  na mão do Jimin.

-isso ai, porque aqui é hard core mermão.

Eles tomaram seus banhos, e deitaram. E começaram com conversar aleatórias...

P.O.V JIMIN 

-ok, mas se falhar?-digo o olhando* 

Tae-chamamos o batman!-ele diz alegre 

-apenas ri-aí amor, você não presta!-digo desligando o abajur e me deitando novamente, sentindo uma mordida em meu pescoço.-ai Tae! 

Tae- o que!?-ele bota a mão no meu pescoço-um bichinho te mordeu, deixa eu sarar-ele me dá vários beijinhos e logo adormece.






Notas Finais


Acharam que só ia ter sebaek, né? Sjxjxjxj

Beijos com arco-íris 💙🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...